PLACAR

Alcaraz confirma melhor campanha no AO e enfrenta Zverev

Foto: Paul Zimmer/ITF

Melbourne (Austrália) – Pela primeira vez em sua carreira profissional, Carlos Alcaraz disputará as quartas de final do Australian Open. O jovem espanhol de 20 anos e número 2 do mundo superou nesta segunda-feira o sérvio Miomir Kecmanovic, 60º do ranking, por 6/4, 6/4 e 6/0 em 1h48 de partida.

Campeão do US Open em 2022 e de Wimbledon no ano passado, Alcaraz também tem no currículo a semi de Roland Garros na última temporada. Mas em Melbourne, nunca havia superado da terceira fase. Ano passado, sequer jogou o Grand Slam australiano, por lesão muscular na perna direita.

Como não tem pontos a defender nessas duas semanas em Melbourne, o espanhol tem a chance de disputar a liderança do ranking com Novak Djokovic, decacampeão do torneio e vencedor da edição passada em Melbourne. Uma eventual final entre eles seria um confronto direto pelo número 1. Apesar da pouca idade, Alcaraz já tem 36 semanas no topo do ranking, sendo o 16º jogador com mais tempo na liderança.

O adversário de Alcaraz nas quartas de final em Melbourne será o alemão Alexander Zverev, que mais cedo havia vencido um duelo de cinco sets contra o britânico Cameron Norrie por 7/5, 3/6, 6/3, 4/6 e 7/6 (10-3) em 4h05 de partida. O histórico de confrontos é melhor para Zverev, que lidera por 4 a 3 e venceu o duelo mais recente no ATP Finals. Já a última vitória do espanhol foi no US Open do ano passado.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

Com ótimo desempenho no saque, Alcaraz não enfrentou nenhum break-point na partida e cedeu apenas 15 pontos em seus games de saque, sendo só três no terceiro set. O primeiro set da partida teve apenas uma quebra, conquistada por Alcaraz logo no início. O espanhol abriu 3/1 e sustentou a vantagem. O roteiro da parcial seguinte foi parecido, exceto pelo fato de que a quebra só foi conquistada no oitavo game.

Cada vez mais à vontade em quadra, Alcaraz passou a pressionar o rival desde as devoluções com mais frequência e tinha mais segurança para executar suas curtinhas e comandar os pontos. Ele conseguiu três novas quebras para aplicar um ‘pneu’ e chegar à vitória em sets diretos.

9 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Adriano Veiga
Adriano Veiga
5 meses atrás

Sasha está com 14 horas em quadra contra 9 horas de Alcaraz…
Pra jogar contra um atleta do nível do Alcaraz vc tem que estar 101% bem fisicamente, por isso creio que Sasha não vai ter pernas pra esse jogo.
Infelizmente.

Christiano
Christiano
5 meses atrás

Vencendo o Zverev na próxima rodada, irá igualar sua “pior” campanha em GrandSlam, que é a semis de RG do ano passado. Torcendo para que ele chegue à final e leve o caneco, trilhando o mesmo caminho de conquistas de um certo espanhol de Mallorca, ao menos em Grand Slams ….

Joselito
Joselito
5 meses atrás
Responder para  Christiano

Não entendi ou é ironia. Alcaraz teve muitas campanhas em Grand Slam que foram piores que a semi de RG do ano passado.

rubens
rubens
5 meses atrás
Responder para  Joselito

deixa pra la…o cara deve ter algum problema.

Última edição 5 meses atrás by rubens
Guilherme ES Ribeiro
Guilherme ES Ribeiro
5 meses atrás

7 TOP 10 nas quartas. Único fora do TOP10 é o Fritz, 12 do mundo. Quartas fantásticas e de grandes jogos. E o Alcaraz atinge todas as quartas de um Grand Slam com apenas 20 anos. Fantástico

Leonardo
Leonardo
5 meses atrás
Responder para  Guilherme ES Ribeiro

Exato, todos os que chegaram na semi são cabeças de chave. Do 1 ao 6 estão nas quartas, mais o 9 Hurkacz e o 12 Fritz. Que contraste com o tenis feminino, que é uma loteria, das top 10 só ficaram as cabeças 2 – Sabalenka, 4 – Gauff e 9 – Krejcikova, metade das que chegaram nas quartas não é cabeça de chave, e tem uma do qualifying.

Luis Vanderley Santana
Luis Vanderley Santana
5 meses atrás

Na torcida pelo terceiro gran slan

José Afonso
José Afonso
5 meses atrás

Ex-número 1 fake.

Quero ver quando topar com Sinner ou Djokovic.

Luis
Luis
5 meses atrás
Responder para  José Afonso

Vai dormir, o menino de apenas 20 anos é fenômeno

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE