PLACAR

Zverev vence mais um duelo de cinco sets e volta às quartas

Foto: Peter Staples/ATP Tour

Melbourne (Austrália) – Pela segunda vez neste Australian Open, Alexander Zverev sobreviveu a um duelo de cinco sets, e assim garantiu seu lugar nas quartas de final do primeiro Grand Slam da temporada. Assim como já havia acontecido na segunda rodada, diante do eslovaco Lukas Klein, a vitória sobre o britânico Cameron Norrie veio apenas no tiebreak decisivo. O atual número 6 do mundo venceu o rival 22º colocado, por 7/5, 3/6, 6/3, 4/6 e 7/6 (10-3) em 4h05.

Zverev mantém a escrita de nunca ter perdido para Norrie em nível ATP e agora tem cinco vitórias contra o britânico no circuito. Aos 26 anos, ele chega pela terceira vez às quartas de final em Melbourne e tenta repetir a semifinal de 2021. Seu próximo adversário pode ser o espanhol Carlos Alcaraz, número 2 do mundo, ou o sérvio Miomir Kecmanovic. O alemão tem 4 a 3 no histórico contra Alcaraz e 2 a 1 diante de Kecmanovic.

Por sua vez, Norrie fez a melhor campanha da carreira em um Australian Open, superando as terceiras rodadas de 2021 e 2023. O canhoto de 28 anos tem como grande resultado em Grand Slam a semifinal de Wimbledon de 2022. Ele deverá voltar ao top 20 do ranking na semana que vem.

Como já havia feito na partida contra Casper Ruud pela terceira rodada, Norrie apostou em um jogo agressivo e com muitas subidas à rede. Ele venceu 39 pontos em 59 tentativas. O próprio Zverev, que treinou ao lado do britânico na pré-temporada em Monte Carlo, já havia notado esse estilo de jogo do britânico. O alemão contou com seu ótimo saque, disparando 15 aces (contra 10 do rival) e com a potência de seus golpes de fundo para fazer 54 winners. Norrie fez 56 bolas vencedoras, mas cometeu 63 erros contra 41 de Zverev.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

O primeiro set teve apenas uma quebra, conquistada por Zverev já no penúltimo game da parcial. O alemão fez 6/5 e escapou de um break-point quando sacava para fechar logo depois. Norrie reagiu no segundo set. Depois de estar perdendo por 3/2, o britânico conseguiu duas primeiras quebras na partida, vencendo os quatro últimos games da parcial.

Partida interrompida por protesto no terceiro set

Zverev retomou a vantagem no terceiro set, conseguindo a única quebra da parcial logo cedo. Quando o alemão liderava o placar por 4/1, a partida teve uma breve interrupção, depois que dois espectadores no estádio realizaram um protesto em apoio à causa Palestina, espalhando folhetos pela quadra. O casal foi retirado da Margaret Court Arena após a ação. Na volta, o alemão manteve a vantagem até o fim do set.

Mais uma vez, Norrie reagiu na partida. Ele escapou de um 15-40 em seu primeiro game de serviço no quarto set e aproveitou a única chance de quebra no último game da parcial. O quinto set começou com uma quebra para cada lado, e depois os sacadores prevaleceram, ainda que o britânico tenha escapado de mais três break-points.

Durante o tiebreak decisivo, Norrie errou duas curtinhas seguidas, que possibilitaram a Zverev abrir 4-2 na primeira virada de lado. O alemão manteve o domínio das açoes e chegou a vencer seis pontos seguidos para fazer 8-2. Só então, o britânico voltaria a pontuar na partida, mas não evitou a derrota pouco depois.

6 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Gustavo Luis
Gustavo Luis
1 mês atrás

Ae chega contra o Alcaraz cansado e perde de 3×0 igual no Usopen

Adriano Veiga
Adriano Veiga
1 mês atrás

Foi um jogaço!
Os dois tenistas extremamente sólidos no fundo e nenhum dos dois largou o osso até o final…
Dois guerreiros!
O grande problema do Sasha em Slam é exatamente esse: SE DESGASTA DEMAIS NO INÍCIO E CHEGA MORTO NO FIM DO TORNEIO!
Sasha tem jogo pra bater Alcaraz, Sinner, Djokovic ou qualquer outro jogador do circuito, no entanto os outros jogadores chegam com muito menos desgaste nas finais…
Sasha vai entrar muito cansado contra Alcaraz, e só um milagre pra vencer o espanhol se não estiver inteiro fisicamente.
Infelizmente….

Ideon Carvalho
Ideon Carvalho
1 mês atrás

Parabéns ao jovem alemão pelo brilhante triunfo…vitória importante diante de um jogador que tinha sede em vencer o Zverev pela primeira vez. 5×0 Zverev no confronto direto. Agora é tentar se recuperar e encarar a altura o mais forte fisicamente tenista atualmente do circuito, (Alcaraz) . Será um jogo difícil para o Zverev, dado o desgaste muito maior em quadra durante seus jogos. Porém tem totais chances de vencer o jovem espanhol e número 2 do mundo. Afinal, tem retrospecto positivo (4×3). Será um jogaço.

Sérgio Ribeiro
Sérgio Ribeiro
1 mês atrás
Responder para  Ideon Carvalho

h2h não serve pra coisa alguma , meu caro . Vence quem está melhor no momento. Quem acompanha o Esporte sem fanatismos , sabe disso. Alcaraz está bem mais completo no momento. Sasha consegue no máximo endurecer devido ao Serviço poderoso. Abs!

Vinicius Chaves
Vinicius Chaves
1 mês atrás
Responder para  Sérgio Ribeiro

Não faz diferença? Vence quem está no melhor momento? Rapaz quantas vezes vi o Federer em melhor momento e tomar peia do Nadal. Exemplo mais claro, WB 2008, AO 2009 e AO 2012. Esse AO de 2012 o Federer tava jogando um absurdo contra o Nadal.

Fernando Venezian
Fernando Venezian
1 mês atrás

É isso que é complicado! O cara vem de maratonas e agora pega o tourinho bem descansado! Tinha tudo pra ser um jogaço, porém pode ser um passeio do Carlitos

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE