PLACAR

Pliskova cede só três games e faz quartas na Transilvânia

Foto: Transylvania Open

Cluj-Napoca (Romênia) – Disposta a recuperar o protagonismo no circuito e voltar a lutar por títulos importantes, a ex-número 1 do mundo Karolina Pliskova segue confirmando o favoritismo em seus primeiros jogos no WTA 250 de Cluj-Napoca e chega sem perder sets às quartas de final do torneio em quadras duras e cobertas. A tcheca superou nesta quinta-feira a colombiana Camila Osorio, 101ª do ranking, por 6/2 e 6/1 em apenas 56 minutos.

Durante a rápida partida das oitavas, Pliskova conseguiu seis quebras e perdeu apenas um game de serviço. Ela fez o dobro de winners de Osorio, 16 a 8, e cometeu 18 erros contra 25 da jovem colombiana de 22 anos.

“É sempre bom conhecer um pouco mais sobre suas adversárias, então fiz uma pesquisa antes do jogo, gosto de ver as estatísticas, especialmente de onde elas sacam”, disse Pliskova na entrevista em quadra. “Mas é claro, tinha que focar no meu próprio jogo e no saque e tudo correu muito bem. Eu precisava disputar algumas partidas seguidas e espero continuar até o fim da semana”.

Aos 31 anos, Pliskova ocupa atualmente apenas o 78º lugar no ranking da WTA. Ela enfrenta nas quartas a italiana Sara Errani, 98ª colocada, que derrotou a alemã Tatjana Maria, cabeça 2 do torneio e 49ª do mundo, por 6/0 e 6/1. O histórico entre Pliskova e Errani está empatado por 1 a 1.

Destaque também para a ex-número 11 do mundo Anastasija Sevastova, que está voltando à elite do circuito nesta semana depois de se tornar mãe no fim de 2022. A letã de 33 anos avançou às quartas de final após a desistência da russa Elina Avanesyan por lesão na região lombar. Sevastova liderava por 6/2, 6/7 (5-7) e 2/0.

A adversária da letã nas quartas de final será a romena Jaqueline Cristian, 81ª do ranking, que derrotou a dinamarquesa Clara Tauson por 6/4 e 6/0. Além de Cristian, outra romena nas quartas é a 65ª colocada Ana Bogdan, que enfrenta a holandesa Arantxa Rus, principal cabeça de chave. Ainda nesta quinta-feira, a britânica Harriet Dart derrotou a italiana Elisabetta Cocciaretto por 7/5, 5/7 e 6/3. Ela enfrenta a espanhola Nuria Parrizas Diaz nas quartas.

Leia mais:

Jogando em casa, Bogdan desafia a favorita Rus nas quartas

Ex-número 11, Sevastova retorna após ser mãe e vence na Transilvânia

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE