PLACAR

Pliskova bate Jabeur e faz semi, Raducanu desafia Boulter

Foto: Jimmie48/WTA

Atualizado às 17h00, após o adiamento das semifinais para o domingo

Nottingham (Reino Unido) – A agitada rodada deste sábado definiu as semifinalistas do WTA 250 de Nottingham. Devido ao mau tempo na cidade inglesa na útima sexta-feira, três partidas de quartas de final foram adiadas para o dia seguinte. No mais emocioante desses duelos, a tcheca Karolina Pliskova derrotou a tunisiana Ons Jabeur numa batalha de 2h33, marcando as equilibradíssimas parcais de 7/6 (10-8), 6/7 (3-7) e 7/5.

Campeã do torneio em 2016, a ex-número 1 do mundo agora enfrenta a francesa Diane Perry, que bateu a australiana Kimberly Birrell por 6/3 e 7/6 (7-4). Pliskova venceu no único encontro anterior, na primeira rodada do Australian Open também há oito temporadas.

Na outra semifinal haverá um duelo da casa. Beneficiada pela desistência da compatriota Francesca Jones, a britânica Emma Raducanu medirá forças com Katie Boulter, única jogadora que conseguiu definir sua classificação ainda na sexta-feira, ao bater a polonesa Magdalena Frech por 6/2 e 6/4.

Atual detentora do título na grama de Nottingham, Boulter também levantou a taça do WTA 500 de San Diego nesta temporada. Ela venceu Raducanu nas oitavas de final do ITF W25 de Solapur em 2019, na única vez que se enfrentaram no circuito profissional.

Semifinais adiadas para o domingo

Devido à falta de luz natural, as duas finalistas do WTA 250 de Nottingham serão conhecidas apenas no domingo, precisando ainda disputar a decisão no mesmo dia. Na primeira semi, Emma Raducanu chegou a vencer o primeiro set de Katie Boulter em um incrível tiebreak com 28 pontos, marcando 7/6 (15-13) em 1h22 de jogo. Já o duelo entre Karolina Pliskova e Diane Perry sequer foi iniciado.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE