PLACAR

Médico não crê que Djokovic possa jogar em Wimbledon

Foto: Reprodução/X (Twitter)

Londres (Reino Unido) – Antes já considerada remota, a chance de Novak Djokovic jogar em Wimbledon se tornou ainda mais difícil depois que o médico responsável por realizar a artroscopia no menisco direito do tenista sérvio se pronunciou sobre o assunto. Em entrevista para o jornal francês L’Équipe, o cirurgião ortopedista e traumatologista Antoine Gerometta afirmou que dificilmente o jogador de 37 anos se recuperará a tempo de ir ao All England Club.

Segundo o especialista, Nole deve começar a fazer exercícios físicos nesta terça-feira, exatamente seis dias após a realização do procedimento cirúrgico, respeitando assim o chamado período de repouso pós-operatório “inflamatório”. Mesmo diante da intenção do atual número 3 do mundo de regressar às quadras o mais rápido possível, o tempo é considerado bastante apertado para ir a Londres. “É muito improvável que ele esteja 100% dentro de três semanas”, frisou o médico.

Djokovic já vinha sentindo um incômodo no joelho direito há algum tempo e agravou de vez o problema após uma queda em Roland Garros, durante o segundo set da partida de oitavas de final contra o argentino Francisco Cerúndolo. Apesar das dores, Nole continuou no jogo e saiu com a vitória, mas acabou anunciando sua desistência do torneio no dia seguinte depois realizar exames de imagem que apontaram uma lesão no menisco.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Visando a participação nos Jogos Olímpicos, que começam no final de julho e são a grande prioridade do sérvio na temporada, ele optou por agir rápido e fazer uma artroscopia ainda em Paris. O tempo de recuperação estimado inicialmente foi de três a quatro semanas, tornando sua participação em Wimbledon uma incógnita, mas com grandes chances de não acontecer.

Djokovic fala após operação: “Tive que tomar decisões difíceis”

28 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
o realista
o realista
7 dias atrás

Triste. Djokovic já era….
Se estava decaindo com joelho bom, vai ser ainda pior quando tentar voltar e muitos tenistas estarão com grande ritmo.

Anderson ayres
Anderson ayres
7 dias atrás
Responder para  o realista

Sai.pra azarao q tu sabe sai fora loko kkk

CRAS
CRAS
7 dias atrás

Respeito que pense o contrario. Mas apesar da idade, quando se trata de Djoko e Nadal, só acredito no fim quando eles mesmos decretarem o fim!! Os 2 maiores tenistas de todos os tempos são foda!!!! Força Djoko!!

Flávio
Flávio
6 dias atrás
Responder para  CRAS

Faltou o maestro, Federer, aí na sua lista.

CRAS
CRAS
4 dias atrás
Responder para  Flávio

Sorry Flavio. Na minha opiniao, nao esqueci

Gesse
Gesse
7 dias atrás

A inveja mata camarada.

Federer eterno GOAT
Federer eterno GOAT
7 dias atrás

kkkkkkkkkkkkkkkkk ACABOU

Rafael
Rafael
7 dias atrás

O sérvio ainda vai calar a boca de muita gente. Ele vai retornar ainda mais forte.

Vera Barcelos
Vera Barcelos
7 dias atrás
Responder para  Rafael

Rafael, não vale a pena querer provar o óbvio e ficar se desgastando. . Nole não tem que provar nada a ninguém. O que vier pra ele, é lucro.

Última edição 7 dias atrás by Vera Barcelos
Flávio
Flávio
6 dias atrás
Responder para  Vera Barcelos

Assino em baixo viu Vera.

Flávio
Flávio
6 dias atrás
Responder para  Rafael

Tomara.

Bernou
Bernou
7 dias atrás

Já é incrível a elasticidade corporal que Djocovid tem. Dessa vez, o joelho sentiu firme. Acredito que ele estará bem para as Olimpíadas.

Paulo Almeida
Paulo Almeida
7 dias atrás

Infelizmente o rei dos esportes não terá tempo hábil para ganhar o octa em Wimbledon. Fica para 2025.

Ricardo
Ricardo
7 dias atrás

Ele volta bom nunca ganhou as olimpíadas, agora então, vai voltar bem e vai perder de novo.

Andre Lima
Andre Lima
7 dias atrás

Acho difícil o Djokovic voltar e ganhar a medalha de ouro. Caso isso aconteça mesmo(dele não ganhar), vai faltar motivação pra continuar, 37 anos, nós números é o maior de todos os tempos. Vai voltar pra tentar ganhar mais um GS ? Tirando a grama, nas outras superfícies está muito equilibrado tem muita gente boa. vai ter q se esforçar muito… pra ganhar…. enfim… vamos ver como as coisas vão acotnecer.

André Aguiar
André Aguiar
7 dias atrás
Responder para  Andre Lima

Talvez reste a motivação para o octa em Wimbledon, a fim de empatar com o Federer e de quebra ultrapassar os 24 Slams da Margareth Court.

Fernando Venezian
Fernando Venezian
7 dias atrás

Já começou a se exercitar após uma semana? A recuperação de uma artroscopia é semelhante à da tatuagem! Quer dizer que o procedimento é tranquilo

Luciano
Luciano
7 dias atrás

Joelho é uma parte muito solicitada no tênis e talvez o tempo seja curto pra ele voltar 100% em Wimbledon. Mas quem sabe né!? Agora dizer que ele está acabado, como alguns dizem, isso é bobagem! Ainda vejo o Djokovic faturando 3 Grand Slans ainda. Só não ganhou esse Roland Garros por esse problema mesmo, pois estava acima dos demais, na minha opinião.

Lee
Lee
7 dias atrás

Wimbledon sem Djokovic perde todo o brilho. Alcaraz e Sinner bem superior a maioria e qualquer resultado que não seja um dos dois o vencedor será uma surpresa.

Oscar
Oscar
6 dias atrás
Responder para  Lee

Na verdade Wb começou a perder o brilho sem o Federer. O alcaraz até é um bom substituto para o suíço.

Flávio
Flávio
6 dias atrás
Responder para  Lee

Sim, mas sacadores como Hurcakz que é melhor do mundo pode surpreender em Wimbledon e lembro que ano passado ele fez um jogo duríssimo com Djokovic, então ele pode sim chegar lá que vai depender do sorteio e na grama quem é bom sacador e sabe volear bem são boas armas.

Paulo A.
Paulo A.
7 dias atrás

Que infelicidade aconteceu ao Djoko! Mas ainda penso que voltará mais forte.

jose carlos
jose carlos
7 dias atrás

Com contusão ou sem contusão, o fato é que a temporada 2024 do iugoslavo é deprimente. Ponto.

Marcos
Marcos
6 dias atrás

Queria que ele disputasse sua última olimpíada! Um esportista do quilate do Djoko merecia o Ouro Olímpico!!!!

João Silva
João Silva
6 dias atrás

Se ele quiser continuar no esporte, deve mirar apenas o US Open para se isolar em GS e tentar passar o Federer em títulos ATP… se forçar ele poderá encerrar a carreira nas Olimpíadas agravando a lesão, os GSs (incluindo Olimpíadas) a partir de agora ficarão nas mãos de Alcaraz e Sinner. Alcaraz antes dos 30 estará bem perto de muitos recordes do Big 3, salvo alguma lesão séria. Sinner não parece ter físico para aguentar anos de vitórias.

Última edição 6 dias atrás by João Silva
Joselito
Joselito
6 dias atrás
Responder para  João Silva

Eu acho o contrário. Jogo do Sinner é mais cadenciado, semelhante ao do Djokovic. Acho que faz menos esforço para jogar.
Já o do Alcaraz é mais na base da força. Acho que ele tende a quebrar primeiro. Mas isso só o tempo dirá.

Rafael Lucena
Rafael Lucena
6 dias atrás
Responder para  João Silva

Olha, eu discordo veementemente e vou com o Joselito. Alcaraz já se lesionou bastante pra idade que tem, fruto do seu jogo com excesso de intensidade. A tendência é desgastar muito mais rápido que o Sinner. Que ele aproveite enquanto é novo e se recupera rápido, pq com 30+ ele não vai conseguir se impor tanto fisicamente. Além das lesões (que inevitavelmente vão acontecer, pois todos passam por isso), o problema dessa especulação de chegar próximo do Big 3 é enxergar o futuro de 1 decáda e meia como se o cenário atual não fosse mudar em absolutamente nada. Novos grandes talentos podem surgir pra fazer frente e disputar títulos, problemas extra quadra podem estragar temporadas, coisas das mais aleatórias podem acontecer. O difícil não é ter um pico de dominância como os caras do Big 3, o difícil é manter isso por 15 anos.

Flávio
Flávio
6 dias atrás
Responder para  Rafael Lucena

Por isso que eu disse que é precipitado sabem onde vão chegar, seja tênis feminino ou masculino porque ninguém sabe o dia de amanhã.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Alcaraz e Murray: treino entre campeões em Queen's

Os melhores lances da campeã Boulter na grama de Nottingham

PUBLICIDADE