PLACAR

Bia sente dor nas costas e desiste da semi de duplas

Foto: Mubadala Abu Dhabi Open

Abu Dhabi (Emirados Árabes) – Depois de enfrentar uma dura batalha de três horas contra a russa Daria Kasatkina e cair na semifinal do WTA 500 de Abu Dhabi, a paulista Beatriz Haddad Maia acabou sentindo dores nas costas e optou por desistir da disputa de duplas ao lado da conterrânea Luisa Stefani. Cabeças de chave 2, as brasileiras enfrentariam neste sábado o dueto norte-americana formado por Sofia Kenin e Bethanie Mattek também pela semifinal do torneio.

“Infelizmente a Bia sentiu um desconforto nas costas e não conseguimos entrar em quadra para a dupla. Foi uma ótima semana juntas aqui e é uma pena terminar dessa maneira. Desejando uma pronta recuperação a ela e sempre as melhores energias para seguir firme e forte na temporada”, afirmou Stefani após a retirada da dupla.

Bia e Luisa voltaram a jogar juntas após cinco anos e disputaram seu primeiro WTA vencendo duas partidas. A parceria soma 12 vitórias em 13 jogos, contabilizando a Billie Jean King Cup e torneios profissionais da ITF, nos quais fizeram uma final e conquistaram um título em 2019.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Atual número 14 do ranking da especialista, Stefani segue agora para Doha, onde voltará a jogar com sua parceira fixa, a holandesa Demi Schuurs. Quadrifinalistas no último Australian Open, elas estreiam no WTA 500 catari, que começa já neste domingo, contra a ucraniana Nadiia Kichenok e a cazaque Anna Danilina.

Bia, por sua vez, também deve ir ao Qatar para tentar defender as quartas do ano passado, mas terá uma chave dura pela frente. A número 1 do Brasil e 13ª do mundo é a cabeça 10 do torneio e estreia contra a chinesa Xinyu Wang, de 22 anos e 41ª do ranking. No mesmo quadrante estão quatro campeãs de Grand Slam: Iga Swiatek, Victoria Azarenka, Jelena Ostapenko e Emma Raducanu.

23 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Albert
Albert
17 dias atrás

So tenho uma palavra: “Aff”.

andré
andré
17 dias atrás

Pois é, depois não entendem por que a Stefani não joga com a Bia de parceira fixa…

Hater pé de chinelo
Hater pé de chinelo
17 dias atrás

Duplas è isso aí
Uma lama

Paulo Lara
Paulo Lara
17 dias atrás
Responder para  Hater pé de chinelo

Ah nega te conheço de longe …

Carlos Alberto Ribeiro da Silva
Carlos Alberto Ribeiro da Silva
17 dias atrás

Lamentável isso. Deve ter sido uma grande frustração pra Stefani. Desistir na semifinal sabendo que teria boas chances deve ser bem complicado, sem contar o dinheiro que deixará de ganhar. Boa recuperação pra Bia e boa sorte pra Stefani.

Rogério Falco
Rogério Falco
17 dias atrás

Uma pena. A dupla obteve 12 vitórias em 13 jogos disputados, é preciso seguir em frente com isto.

Marcelo
Marcelo
17 dias atrás

Dor nas costas, çei

Vanderlei Haupt
Vanderlei Haupt
17 dias atrás

Bia más uma vez jogo como Bia, sem palavras para descrever tamanha froxice, e bem feito para Stefany não vai aprender nunca.

Jorge Luiz
17 dias atrás

Já era esperado

Leo, o realista
Leo, o realista
17 dias atrás

Não custa lembrar: ela precisa focar em um circuito. Simples ou duplas… quem faz tudo, não faz nada direito.

Helton
Helton
17 dias atrás
Responder para  Leo, o realista

A Pegula era n° 3 do mundo e joga simples e duplas. E não faz por dinheiro ou hospedagem, pois é filha de bilionários. E sua parceira é a Coco Gauff. Por fim, acho que no tênis feminino dá pra jogar os dois.

Leo, o realista
Leo, o realista
17 dias atrás
Responder para  Helton

Ok, tem a Pegula e a Gauff, mas são exceções. A maioria da elite não joga, inclusive as mais vitoriosas como Swiatek, Sabalenka e Rybakina.
E no circuito masculino que é mais exigente, há menos espaço ainda para jogar duplas pq sabem que um detalhe, por menor que seja, atrapalha e dá vantagem a outro.

Davi Poiani
Davi Poiani
17 dias atrás
Responder para  Leo, o realista

Exatamente.

Eduardo
Eduardo
17 dias atrás

W.O. em semi de atp 500… molezinha hein…
Foi o que o cara aí falou. A inimiga do jogo rápido quando chega nessas fases tá morta já. Stefani tem que firmar dupla com quem priorize duplas. Boa jogadora que por algum motivo não se acerta com ninguém.

Xandeco
Xandeco
17 dias atrás
Responder para  Eduardo

A Stefani é treta. Arrum a treta com todas as parceiras. De frente as cameras é uma flor, mas na parceria fora das quadras, arruma treta. Porque acham que ela nunca jogou com a Matek Sands? A última parceira a canadense q me fugiu o nome agora, não quer ver a Luiza nem pintada de ouro.

Alexandre de Magalhães
Alexandre de Magalhães
17 dias atrás

A Luísa precisa resolver a parceira permanente. Era claro que a Bia não teria condições.

Alemão no Carnaval
Alemão no Carnaval
17 dias atrás
Responder para  Alexandre de Magalhães

Ué mas ele já tem parceira fixa, ela só jogou esse torneio com a Bia .

Alexandre De Souza
Alexandre De Souza
17 dias atrás

Esse é o problema de uma 100% duplista ,fazer parceria com uma jogadora de simples que eventualmente joga duplas.

Ari
Ari
17 dias atrás

Cara gosto da Bia, mas que atitude lamentável, mesmo que não jogasse tudo, mas deixar a companheira na mão é triste, eu que não faria dupla com alguém que nao priorize duplas, já que sabe que o foco não é esse, não deveria ter entrado nesse barco.

NFdS
NFdS
17 dias atrás

Está certa a Bia, Doha já começa pra ela segunda-feira e é óbvio que é prioridade!
Quanto à Luísa, ela já tem parceria fixa, com quem volta a jogar em Doha.
A parceria com a Bia foi de ocasião. Talvez pra não irem sem treino pros jogos olímpicos elas façam alguns torneios.
Vqv!

Ubiratan (Black)
17 dias atrás
Responder para  NFdS

Nossa! parece que pelo menos alguém não esqueceu subitamente, ou por conveniência para poder repetir uma lengalenga, o que foi dito pelas próprias tenistas e visto faz pouco tempo.

Luiz Afonso
Luiz Afonso
17 dias atrás

É um risco. Quando o jogo da Bia acabou, ficou claro que ela não teria condições de jogar a semifinal de duplas.
Infelizmente para a Luísa sua parceira sucumbiu ao enorme esforço físico da semifinal de simples.
Mas foi muito bom vê-las atuando juntas.
E, convenhamos: o jogo da Bia com a Kasatkina, que o locutor insistia em chamar de Kasakistina, foi um JOGAÇO!!

Xandeco
Xandeco
17 dias atrás

A Bia cansou. Ficou chateada e desistiu das duplas pra preservar o físico, claro, nítido, transparente. Se jogar o que jogou contra a Kasatkina e não titubear em pontos grandes tem chances de ir longe em Doha. A maior pedra no caminho dela é a Ostapenko.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE