PLACAR

Kasatkina supera Bia em batalha de 3 horas

Foto: Mubadala Abu Dhabi Open

Abu Dhabi (EAU) – Chegou ao fim a campanha da paulista Beatriz Haddad Maia no WTA 500 de Abu Dhabi. Em mais uma grande batalha, a número 1 do Brasil e 13ª do mundo mostrou poder de reação e um alto nível de tênis, mas acabou superada pela russa Daria Kasatkina na semifinal deste sábado, caindo pelo placar 6/3, 4/6 e 7/6 (7-2), em 3h02.

Esta será a 13ª final de Kasatkina no circuito, com seis títulos conquistados, o mais recente no WTA 500 de San Jose em 2022. Quadrifinalista em Abu Dhabi na temporada passada a russa de 26 anos já faz sua melhor campanha no torneio e ultrapassará a própria brasileira no ranking, assumindo a 13ª colocação. Em caso de título, poderá subir mais uma posição, deixando para trás também a tcheca Barbora Krejcikova. Para isso, precisará superar no domingo a vencedora do duelo entre a cazaque Elena Rybakina e a compatriota Liudmila Samsonova.

O triunfo de Kasatkina neste sábado foi também o primeiro em três jogos contra Bia. Antes, a brasileira havia levado a melhor na segunda rodada do WTA 1000 de Doha e na estreia do WTA Elite, ambos em 2023 e sobre piso sintético. A canhota paulista, que repete o resultado do ano passado em Abu Dhabi, disputou a décima semifinal da carreira e sofreu a quinta derrota.

O início da partida deste sábado ficou marcado pela irregularidade das sacadoras, com uma quebra para cada lado logo nos dois primeiros games. Depois de salvar três break-points no quarto game, Kasatkina voltou a superar o serviço de Bia no quinto e no sétimo, abrindo vantagem de 5/2. Após mais uma troca de quebras, a russa acabou fechando o primeiro set em 6/3. Ao todo, foram seis quebras de saque em nove games em toda a parcial.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

À frente no placar, Kasatkina começou o segundo set mais solta e ganhou oito dos nove primeiros pontos para abrir 2/0. Precisando reagir para sobreviver, Bia finalmente aumentou o nível e venceu quatro games seguidos, conseguindo administrar a vantagem até o fim da parcial e fechar por 6/4 no terceiro set-point que teve a seu favor.

A reação trouxe confiança para a brasileira, que começou o set decisivo abrindo 2/0 e desperdiçando uma nova chance de quebra no terceiro game, após um belo winner de direita da russa, que ganhou moral e empatou o jogo. Sacando com 3/4, a número 1 do Brasil enfrentou três break-points e se defendeu de maneira incrível em dois grandes ralis. O jogo seguiu equilibrado e só foi definido no tiebreak, vencido por Kasatkina após ceder apenas dois pontos.

Bia terminou a partida com três aces, uma dupla falta, 79% de aproveitamento no primeiro serviço e um baixíssimo nível de 24% dos pontos ganhos quando acertou o segundo saque, além de 58% no primeiro. Eliminada na chave de simples, ela segue no torneio para a disputa da semifinal de duplas ao lado da paulista Luisa Stefani. Ainda neste sábado, elas enfrentam as norte-americanas Sofia Kenin e Bethanie Mattek-Sands.

 

53 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Thiago
Thiago
15 dias atrás

Terceiro set de arrancar os cabelos. Kasatikina teve suas chances, claro, mas Bia desperdiçou um caminhão de break points, sobretudo na reta final. Assim fica difícil…

E como bate fácil na bola a russa, hein… muito habilidosa.

Bukele
Bukele
15 dias atrás
Responder para  Thiago

Jogo monstrouso das duas. Terminaram ambas com o rosto vermelho e em pura exaustão, quase morreram em quadra. A russa teve que jogar em nível muito alto pra vencer a Bia por muito pouco, é aquele jogo onde nenhuma merecia ter perdido. Bia vai ter outras oportunidades esse ano, mandou muito bem nesse torneio.

Rdson
Rdson
15 dias atrás

Está ótimo semi em um wta 500, não tem jogo para ser campeã, fica o consolo de ter ganho da jabeur ,parabéns…

Cláudio
Cláudio
15 dias atrás
Responder para  Rdson

Quem sabe você é que tem né???

Rdson
Rdson
15 dias atrás
Responder para  Cláudio

Sou torcedor lúcido e realista, se fosse tenista não estaria aqui comentando, todos torneios é a mesma coisa, se falar a verdade sobre bia o povo cai em cima, mas nada muda . .. questão de opinião….

Andrade
Andrade
15 dias atrás
Responder para  Rdson

Bia venceu WTA Elite, torneio maior do que esse WTA 500. No elite, derrotou, inclusive, a Kasatkina na semi. Mas, de acordo com a sua análise, Bia não tem jogo pra ser campeã, tá certo…kkkkkk

Rdson
Rdson
15 dias atrás
Responder para  Andrade

Pelo q sei, não tinha nenhuma top 10, mas TD bem, força bia, a próxima tem mais..

NFdS
NFdS
15 dias atrás
Responder para  Andrade

Sim, e na final venceu a chinesa, na casa dela, que hoje é top 7!

Sérgio Santos
Sérgio Santos
13 dias atrás
Responder para  Rdson

Interessante. A Bia ganhou jogo de biriba ou WTA Elite Trophy inclusive ganhando dessa mesma jogadora? Deixo para você responder. Kkkkkk.

Paulo A.
Paulo A.
15 dias atrás

Tremenda lutadora a Bia! Deixou tudo em quadra, como sempre, mas hoje era o dia da Daria.

Paulo A.
Paulo A.
15 dias atrás
Responder para  Paulo A.

E ela, sabiamente, desistiu de jogar as duplas. Tomara que não tenha sido alguma lesão mas apenas cansaço extremo e precaução. Bia, gigante, como sempre.

Dennis Silva
Dennis Silva
15 dias atrás

Jogo emocionante. Grande batalha. O jogo poderia ir p qualquer lado. A Bia perdeu mas mostrou muita resiliência. Subiu de nível.

Fernando Venezian
Fernando Venezian
15 dias atrás

Só vi o finzinho e tava na cara que a Beatriz teria poucas chances no tiebreak. Espancar a bolinha sem angular não leva a lugar nenhum. A Daria dominou os pontos, pois quase não precisou mexer as pernas.

Joseph ww
Joseph ww
15 dias atrás
Responder para  Fernando Venezian

Exato. Angular e aprofundar são mais importantes do que simplesmente colocar potência na batida, algo que ela precisa melhorar no seu modo de jogar. Além disso, ela não aproveita bem o fato de ser canhota, nem as oportunidades de atacar o segundo serviço das adversárias. Mas nos últimos games ela percebeu que precisava tomar mais a iniciativa nos ralis e nanter a intensidade, mostrando que pode evoluir nos próximos torneios.

Cláudio
Cláudio
15 dias atrás
Responder para  Fernando Venezian

Grande técnico. Você treina algum tenista ? Seu comentário foi fantástico, até pensei que fosse o técnico do Djokovic!!!!

Fernando Venezian
Fernando Venezian
15 dias atrás
Responder para  Cláudio

Não, mas tenho o mesmo direito que vc de expressar minha opinião! Vc é da galerinha que defende a liberdade de expressão?…ou melhor, só a sua liberdade? Comece respeitando a opinião dos outros, aí a gente pode conversar.

Vitor
Vitor
15 dias atrás
Responder para  Cláudio

Toda crítica em torno da Bia tem que ser positiva, nunca negativa.
É devido a retardados igual você, que responde um a um cada comentário que não seja lambendo os pés da Bia, que acaba criando em muitas pessoas antipatia por ela.

Paulo Lara
Paulo Lara
15 dias atrás
Responder para  Fernando Venezian

Tem razão, Fernando !
Espancar a bola não a levará a lugar algum … só a levou para as 10 melhores do mundo.

TorcedorBr
TorcedorBr
15 dias atrás
Responder para  Paulo Lara

Cabelo de boneca, tu voltasse?

NFdS
NFdS
15 dias atrás
Responder para  Fernando Venezian

Ocorre que no jogo aconteceu exatamente o contrário. O Sr. só viu o finzinho mesmo.
No primeiro set, Bia estava angulando e isso estava facilitando o back da russa, que pegava na subida e matava os pontos.
A coisa mudou no segundo set quando Bia ficou mais no meio com a bola reta. Aí ela começou a ganhar. Fechou o segundo set e levou o terceiro pro tie.

Fernando Venezian
Fernando Venezian
15 dias atrás
Responder para  NFdS

Nem fiz uma crítica e a galera pega pilha! Que delícia! kkkkkkkkkkk….gosto demais de como a Beatriz vem evoluindo, mas quando o jogo enrosca com trocas de fundo, ela dificilmente sai vencedora. Falta variação de jogo e a galera se recusa a enxergar isso! Enfim…

Luiz Afonso
Luiz Afonso
14 dias atrás
Responder para  Fernando Venezian

Mas os outros jogos não foram enroscados? Inclusive aquele que durou mais de três horas? Falta variação de jogo? Acho que vi um jogo diferente então! Bia bateu reto, bateu angulado, buscou cruzadas, buscou paralelas, buscou curtas (perdendo 95% delas por mérito da Kasatkina), variou o saque, subiu a rede, arriscou devoluções, em outras apenas devolveu em quadra… Se isso não é buscar variação…

Paolo Cretto
Paolo Cretto
15 dias atrás
Responder para  NFdS

Batia no meio mas não conseguia aprofundar bem, aí a russa não precisava correr tanto e jogava a brasileira de um lado pro outro. Tanto que morreu antes de começar o tiebreak.

Paulo Lara
Paulo Lara
15 dias atrás

Uma pena, podia ter ido pros dois lados e foi pra russa.
Mas o saque das duas foi um show de horrores, muitas quebras.
A Bia fez entrar quase 80% dos primeiros saques e ganhou apenas 58% dos pontos.
Isso mostra que o saque não tá machucando, precisa melhorar pra dar aquele saltinho final pro top 10 e permanecer.
Mas está de ótimo tamanho. Semifinal num torneio dessa magnitude são para poucas.
Agora partir pras duplas com nossa Steffy.
Vamos Bia, orgulho do Brasil.

Anônima
Anônima
15 dias atrás
Responder para  Paulo Lara

Cabelo de boneca, é vc?

Leo, o realista
Leo, o realista
15 dias atrás
Responder para  Anônima

Não é. Ele escrevia bem estranho, com pontos fora do lugar, gírias toscas, palavras maiusculas dora de lugar, etc.
Provavelmente foi banido por xingar muito os outros.

Hater pé de chinelo
Hater pé de chinelo
15 dias atrás
Responder para  Leo, o realista

Kkkkkkkkkk

Jorge Luiz
15 dias atrás

Uma pena,bora se recuperar para as duplas

Former Topten
Former Topten
15 dias atrás

Infelizmente, Bia não conseguiu aproveitar as quebras que teve no terceiro set e acabou precisando subir o nível de jogo para levar ao tiebreak, mas já estava exausta.

andré
andré
15 dias atrás

Jogo muito duro e com de chances para os dois lados. Kasatkina é muito habilidosa e sabe fazer a adversária correr, mesmo assim se saiu muito bem. Nada mal para alguém que se mexe tão mal, como alguns dizem. A definição do jogo veio da precisão das bolas da russa, que abusou das bolas na linha e da velocidade da moça, que chegava em todas. Vitória merecida e a brasileira só tem motivos para comemorar pois venceu três jogos e defendeu um caminhão de pontos…

Adriano
Adriano
15 dias atrás

Que jogaço de tenis.
Algumas displicências da Bia no 3° set se explica pelo nervosismo.
São pontos a melhorar, nunca contar com golpe de vista.
Mas não foi isso que fez ela perder o jogo, mas sim porque alguem sempre tem que ganhar e hoje poderia ter ido pra qualquer lado que não seria nada injusto.
Parabéns Bia !!!

Ubiratan (Black)
15 dias atrás

Que jogaço, jogaram muito.
Bia está de parabéns por ter feito novamente uma SF no torneio.
Infelizmente Bia não segurou as quebras que conseguiu no 3S.
E dos serviços que as duas confirmaram nesse último set Bia não aproveitou os BP em 3 serviços da Kasatkina, sobretudo nos 2 últimos, pois era quebrar e sacar pro jogo. Nesse caso Bia teve apenas um serviço confirmado que foi ameaçado com BP. Então, Kasatkina precisou lutar e jogar muito para não perder o 3S. Aquelas paralelas dela resolveram muito, além de ter conseguido colocar de volta na quadra várias bolas impressionantes.
É isso, Bia jogou muito, teve suas oportunidades para definir alguns desses BP e ficar mais uma vez na frente mas Kasatkina fechou todas essas portas com muita qualidade.
Ótimo ver Bia jogando muito. É manter essa pegada em boa parte dos torneios que o resultado será subir.
Próxima semana tem mais. Vamos pra cima, Bia!!
Antes, um pequeno descanso, manter a confiança e vamos pra final com Luísa.

Henrique
Henrique
15 dias atrás

Grande jogo. As duas deram um show

Alexandre De Souza
Alexandre De Souza
15 dias atrás

Defendeu seus pontos e chegou a uma semi de W500 , jogando contra as melhores do mundo , parabéns Bia , é manter o nível, dá pra pensar em grandes conquistas em breve…

Luiz Fernandes
Luiz Fernandes
15 dias atrás

Jogo parelho, chance pros dois lados. Jogou bem a Bia, porém a Russa está em grande fase. Bia melhorou muito na devolução, mas o saque muito instável, se ela conseguir melhorar o saque e as deixadinhas ,vai ajudar e muito. Precisa variar mais o jogo e arriscar algumas paralelas que até que ela vai bem.

Antônio Gabriel
Antônio Gabriel
15 dias atrás

E aquela derrota que pode acontecer, como também poderia ter vindo a vitória, o mais importante é manter o foco procurar sempre chegar longe nos torneios disputados, os títulos certamente serão uma consequência. Parabéns pra Bia!

NFdS
NFdS
15 dias atrás

A irregularidade do primeiro set custou caro.
Como a russa não é a Linette, a reação ficou mais difícil.
No fim, poderia ter ido pra qualquer lado. Bia perdeu breaks incríveis no terceiro set e entrou mal no tie (como no segundo tie do jogo com a polonesa), depois de ter feito um game exemplar de zero.
A russa é muito habilidosa, tem uma mão impressionante, por isso esteve no top 10 por muito tempo. E pode voltar pra lá, se melhorar o mental e o físico.
Agora, Bia vai com tudo pras duplas ajudar a Luísa!!!
Vqv!

André
André
15 dias atrás
Responder para  NFdS

Bia e Luísa? SQN, Haddad Maia resolveu vazar e deixou a Stephani na mão.

Hater pé de chinelo
Hater pé de chinelo
15 dias atrás
Responder para  NFdS

Ajudou bastante
Deu out

Thiago Silva
Thiago Silva
15 dias atrás

Que fiasco

Hater pé de chinelo
Hater pé de chinelo
15 dias atrás
Responder para  Thiago Silva

Concordo

Hater pé de chinelo
Hater pé de chinelo
15 dias atrás

Esse espaço de comentários è um celeiro de técnicos
Alô você tenista que não evolui, basta garimpar aqui

NFdS
NFdS
15 dias atrás

Bia desistiu da dupla!
É que amanhã já começa a chave principal de Doha e ela deve jogar na segunda.
Vai descansar um pouco, está certa!
Vqv!

Gustavo M.
Gustavo M.
15 dias atrás

Vamo, Bia! Jogou bem, lutou até o fim, mas dessa vez não deu, a russa estava numa ótima jornada, com o forehand sólido, diferentemente do usual. Bora pra Doha porque lá vamos por mais.

Rafael Guimaraens
Rafael Guimaraens
15 dias atrás

Jogo parelho, qualquer uma poderia ter vencido. Parecia que estava mais para a Bia, mas a Kasatkina segurou a onda e esperou a hora boa. Só achei ruim a Bia ter desistido da dupla. Mesmo cansada, deveria prestigiar a Stefani.

TorcedorBr
TorcedorBr
15 dias atrás

Não dá pra confiar nela! Na hora do vamos ver, ela entrega !

Renato
Renato
14 dias atrás
Responder para  TorcedorBr

É questão de opinião. Respeito a sua mas…Eu confio!! Na hora do vamo ver, tem mais cabeça e coração. Mas ninguém ganha todas

Leo, o realista
Leo, o realista
15 dias atrás

Ganha da Jabeur e perde da Kasatkina… assim fica difícil torcer.
A russa lgtv não tem nenhum grande golpe, mas é bastante regular. A Bia teria de sacar melhor e ir pro ponto pra quebrar essa barreira.

Carlos Alberto Ribeiro da Silva
Carlos Alberto Ribeiro da Silva
15 dias atrás

Eu, particularmente, gostei do jogo da Bia hoje. Achei que ela mostrou evolução. Fez até alguns pontos de saque e voleio que eu não tinha visto anteriormente. A Kasatkina elevou bastante o nível dela em relação aos jogos anteriores que fez contra a Bia, tanto na parte técnica como na mental, e, no final, acabou merecendo a vitória pelo que jogou no tiebreak. Mas a vitória foi nos detalhes e não há nenhum motivo para a Bia se lamentar.A final do WTA 500 de Abu Dhabi será disputada por duas jogadoras que quebraram tabus nas semifinais. A Kasatkina nunca tinha ganhado da Bia, tendo perdido os dois primeiros jogos entre elas, e a Rybakina perdeu os quatro primeiros jogos contra Samsonova e só hoje no quinto jogo conseguiu a vitória.

Márcio
Márcio
15 dias atrás

Semi de W500 é um ótimo resultado, até porque defendeu os pontos do ano passado. Jogando assim vai ficar entre as top por um bom tempo!

Carlos Alberto Ribeiro da Silva
Carlos Alberto Ribeiro da Silva
15 dias atrás

O que eu vi de entrega da Bia hoje foi no sentido de empenho e dedicação. Além disso, enfrentou a Kasatkina que vem em boa fase e jogou muito tênis. E o jogo foi decidido no tiebreak do terceiro set depois de três horas de confronto.

Nivaldo
15 dias atrás

Fogo de palha essa bia…

Elias
Elias
15 dias atrás

Fiquei bravo com as risadinhas da Bia quando ela cometia erros grotescos, briguei e xinguei. Depois que passou a euforia eu vi a grandeza do jogo haha parabéns para as duas.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE