PLACAR

Alcaraz vence de novo em três sets e fica perto de manter o nº 1

Foto: Western & Southern Open

Cincinnati (EUA) – A semana de Carlos Alcaraz no Masters 1000 de Cincinnati segue marcada por jogos longos. Depois de ter vencido duas batalhas de 3h contra Jordan Thompson e Tommy Paul, o espanhol precisou buscar uma virada contra o australiano vindo do quali Max Purcell, 70º do ranking, com parrciais de 4/6, 6/3 e 6/4 em 2h10 de partida nesta sexta-feira.

Com a vaga na semifinal, Alcaraz fica mais perto de manter a liderança do ranking. Agora, a única chance de o espanhol perder a liderança do ranking é se ele for eliminado no sábado e Novak Djokovic conquistar o título. Qualquer outra combinação de resultados nesta semana fará dele o principal cabeça de chave do US Open, que começa em 10 dias. Alcaraz é o atual campeão em Nova York.

Com apenas 20 anos, Alcaraz já tem 12 títulos no circuito da ATP, sendo seis deles na atual temporada. O ainda jovem espanhol já acumula quatro Masters 1000 e busca uma conquista inédita em Cincinnati. Ele enfrenta na semifinal o polonês Hubert Hurkacz, 20º do ranking. Alcaraz venceu os dois duelos anteriores entre eles.

Eliminado nas quartas de final, Purcell fez grande campanha em Cincinnati. Em seu segundo Mastrers 1000 da carreira aos 25 anos, o australiano conseguiu sua primeira vitória contra top 10 diante do número 7 do mundo Casper Ruud e também eliminou o suíço Stan Wawrinka nas oitavas. A boa campanha o levará ao top 50 do ranking mundial.

O primeiro set da partida teve apenas uma quebra. Alcaraz chegou a criar um break-point ainda no início do jogo e não aproveitou. E depois disso, Purcell não teve o serviço ameaçado até o fim da parcial, confirmando seus games de forma bastante tranquila. O australiano conseguiu quebrar no sétimo game para fazer 4/3 e soube administrar a vantagem. Ele fez 11 a 7 nos winners e cometeu 14 erros contra 9 de Alcaraz.

A desvantagem no placar não abalou a confiança do número 1 do mundo, que começou o segundo set em ritmo arrasador. Ele venceu 12 dos primeiros 17 pontos da parcial para sair vencendo por 3/0. Alcaraz não enfrentou break-points e cedeu apenas cinco pontos em seus games de serviço para igualar a partida. Desta vez, o espanhol liderou a contagem de winners, 11 a 6.

Logo no início do terceiro set, Alcaraz contou com duas duplas faltas de Purcell para já sair com quebra acima. Mas o espanhol voltou a ter momentos de oscilação na partida. Ele perdeu cinco chances de quebra e permitiu a virada para 3/2. Mas já no penúltimo game da partida, quando o placar estava empatado por 4/4, o líder do ranking colocou muita pressão nas devoluções de saque e quebrou de zero o serviço do australiano. Com a vantagem restabelecida, ele sacou para o jogo e consolidou a virada. Alcaraz fez só dois winners a mais, 29 a 27, mas cometeu 29 erros contra 47 de Purcell. O espanhol conseguiu três quebras em nove break-points e só perdeu um game de saque.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Alcaraz e Murray: treino entre campeões em Queen's

Os melhores lances da campeã Boulter na grama de Nottingham

PUBLICIDADE