PLACAR

Victória sobe no ranking juvenil e entra no top 100

Victória Barros (Foto: Luiz Candido/CBT)

A atualização do ranking mundial juvenil após a disputa do Banana Bowl trouxe uma boa notícia para Victória Barros. A potiguar de apenas 14 anos subiu cinco posições após ter vencido um jogo de simples e alcançado a semi de duplas, e entrou no top 100 pela primeira vez. Ela assumiu o 97º lugar. Além da brasileira, apenas outras cinco jogadoras nascidas em 2009 estão entre as cem melhores.

Victória já tem quatro títulos no circuito mundial de 18 anos da Federação Internacional. A atual número 2 do Brasil disputou três torneios na temporada, chegando a uma final em Lima e às quartas em Porto Alegre, antes do Banana Bowl. Já nesta semana, ela disputa o ITF J300 de Medellín, torneio Sul-Americano Individual.

A outra brasileira no top 100 é a paulista Olívia Carneiro, de 17 anos, que foi campeã de duplas do Banana Bowl, ao lado da belga Jeline Vandromme. Olívia defendia 250 pontos da semifinal de simples na edição passada e teve uma leve queda do 33º para o 37º lugar. O ranking considera os seis melhores resultados em simples e mais 25% da soma das seis melhores pontuações nas duplas. Assim como Victória, ela também joga em Medellín.

A gaúcha de 15 anos Pietra Rívoli é a terceira melhor brasileira, no 160º lugar, seguida pela paulista Sthefany de Lima no 181º lugar e a paranaense Paola Dalmônico no 253º lugar. A pernambucana Cecília Costa ganhou dez posições e está no 279º lugar, enquanto a carioca Gabriela Félix saltou 43 posições e está no 304º lugar. A paulista de apenas 13 anos Nauhany Silva é agora a 345ª do ranking.

Top 100 do masculino tem Fonseca, Kohlmann, Rodrigues e Almeida
Quatro brasileiros estão no top 100 do ranking masculino, numa lista que inclui o carioca de 17 anos João Fonseca, que já está inteiramente dedicado ao tênis profissional, mas ainda ocupa o 3º lugar no juvenil. O paulista Enzo Kohlmann ganhou 10 posições após as oitavas do Banana Bowl e chegou ao 55º lugar, seguido pelo mineiro Pedro Rodrigues na 59ª posição e pelo paranaense Gustavo Almeida na 65ª colocação.

O também paranaense João Bonini, que fez oitavas no Banana Bowl, saltou 135 posições e aparece no 234º lugar. Já o goiano Luis Augusto Miguel, o Guto, ultrapassou 83 concorrentes e está na 240ª colocação. O carioca Nicolas Oliveira perdeu 15 posições e caiu para o 110º lugar. O top 200 ainda tem o paranaense João Lago no 156º lugar e Stephan Noale na 192ª posição. Já o brasiliense Pedro Chabalgoity é 228º colocado.

Leia mais:

Olívia Carneiro é campeã de duplas no Banana Bowl

 

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Marcio
1 mês atrás

Showw!!

Jornalista de TenisBrasil e frequentador dee Challengers e Futures. Já trabalhou para CBT, Revista Tênis e redações do Terra Magazine e Gazeta Esportiva. Neste blog, fala sobre o circuito juvenil e promessas do tênis nacional e internacional.
Jornalista de TenisBrasil e frequentador dee Challengers e Futures. Já trabalhou para CBT, Revista Tênis e redações do Terra Magazine e Gazeta Esportiva. Neste blog, fala sobre o circuito juvenil e promessas do tênis nacional e internacional.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Quando os tenistas se machucam, mas ainda vencem

ATP seleciona as 10 melhores jogadas do ATP FInals