PLACAR

Brasil tem quatro semifinalistas de duplas no Banana Bowl

Victória Barros e a italiana Angelica Sara estão na semi de duplas (Foto: Luiz Candido/CBT)

Blumenau (SC) – Os três juvenis brasileiros que alcançaram as oitavas de final de simples do Banana Bowl se despediram nesta quinta-feira do ITF J500 disputado nas quadras de saibro do Tabajara Tênis Clube, em Blumenau. As melhores campanhas do país na disputa individual foram do paulista Enzo Kohlmann e dos paranaenses Gustavo Almeida e João Pedro Bonini.

Bonini, de 16 anos e 369º do ranking, aproveitou bem o convite recebido e venceu dois jogos, um deles contra o cabeça 1 cazaque Amir Omarkhanov. Nesta quinta-feira, foi superado pelo japonês Naoya Honda, 81º do mundo, por 6/3 e 6/1. Do mesmo lado da chave, Kohlmann, de 17 anos e 65º do ranking, caiu diante do romeno de 16 anos Stefan Horia Haita, 120º colocado, por 7/6 (7-4), 3/6 e 6/2.

Por sua vez, Gustavo Almeida precisou abandonar o jogo contra o marroquino Reda Bennani, cabeça de chave 2 e 22º do ranking. O paranaense de 16 anos e 61º do ranking sentiu cãimbras nas duas pernas e se retirou de quadra quando perdia por 4/6, 7/6 (7-4) e 3/0.

Nas duplas, o Brasil garantiu quatro tenistas nas semifinais. Pela chave masculina Enzo Kohlmann e o mineiro Pedro Rodrigues venceram um duelo nacional contra o brasiliense Pedro Chabalgoity e o goiano Luis Augusto Miguel por 6/4, 4/6 e 12-10 e garantiram o duelo da semi contra o colombiano Miguel Tobon e o argentino Maximo Zeitune.

Entre as meninas, serão duas brasileiras nas semis de duplas. A paulista Olívia Carneiro e sua parceira belga Jeline Vandromme venceram Cecília Costa e Sthefany de Lima para enfrentar a búlgara Yoana Konstantinova e a austríaca Ekaterina Perelygina. Já a potiguar Victória Barros e a italiana Angelica Sara bateram a israelense Mika Buchnik e a japonesa Wakana Sonobe, cabeças 2, por 4/6, 7/6 (7-5) e 10-4. Elas enfrentam a norte-americana Kaitlyn Rolls e a norueguesa Emily Sartz-Lunde

Semifinais dos 14 e 16 anos em São Paulo
As categorias de 14 e 16 anos estão sendo disputadas no Esporte Clube Pinheiros, na capital paulista e terão as semifinais nesta sexta-feira, com finais previstas para o próximo sábado.

Nos 16 anos masculino, Thomas Miranda enfrenta Guilherme Barbieri, enquanto Leonardo Storck joga contra o equatoriano Angel Veliz. Pela chave feminina, Laura Pedrotti encara a peruana Leticia Bazán, enquanto Giulia Gomes Ferreira desafia a cabeça 1 argentina Camila Markus.

É certo que um brasileiro ganhará o título dos 14 anos. Em uma semifinal, o cabeça 1 Livas Damázio joga contra Thiago Veronezi Ribeiro, enquanto Henrique Vialle e Bernardo Carvalho se enfrentam. Na chave feminina, Nathalia Tourinho joga conta a colombiana Sara Avellaneda. Já Maria Eduarda Carbone desafia a peruana Luciana Luna.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da rápida final masculina de Miami

Collins segura os nervos e bate Rybakina: veja o melhor da final

PUBLICIDADE