PLACAR

Monteiro desafia Monfils em Roma, Wild estreia contra francês

Foto: Corinne Dubreuil/ATP Tour

Roma (Itália) – Depois de furar o quali do Masters 1000 de Roma, o cearense Thiago Monteiro conheceu seu caminho na chave principal do torneio e logo de cara terá um páreo duríssimo pela frente. Na primeira rodada, ele medirá forças com o francês Gael Monfils.

Embora Monfils seja um ex-top 10 e tenha uma carreira muito vitoriosa, ele leva a pior no retrospecto com Monteiro. Até então foram três os duelos entre os dois, o francês venceu o primeiro (Roland Garros 2017), mas perdeu os dois últimos (Quito 2018 e Adelaide 2022).

O vencedor desta partida enfrentará na segunda rodada o australiano Jordan Thompson, cabeça de chave 32, que entra avançado na disputa. Monteiro já cruzou com Thompson duas vezes, venceu em Melbourne, três anos atrás, e perdeu em duelo pela Copa Davis em 2020.

Wild conhece rival de estreia

Já garantido na chave principal, o paranaense Thiago Wild conheceu seu adversário de estreia, uma vez que medirá forças com um tenista vindo do quali. Ele inicia sua campanha em Roma contra o francês Gregoire Barrere, algoz do paulista Felipe Meligeni na última rodada da fase classificatória.

Será a primeira vez que o brasileiro e o francês duelam no circuito e o vencedor vai desafiar o argentino Tomas Etcheverry, 25º pré-classificado, contra quem Wild já jogou três vezes em torneios menores, perdeu duas em Antalya e venceu uma em Tallahassee.

Wawrinka dá lugar a lucky-loser

Derrotado por Monteiro na última rodada do quali, o francês Corentin Moutet acabou conseguindo um lugar na chave como lucky-loser. Ele se aproveitou da desistência do suíço Stan Wawrinka e será o adversário de estreia do russo Roman Safiullin, cruzando com o sérvio Novak Djokovic se vencer.

Com a aposentadoria marcada para o ano que vem, o argentino Diego Schwartzman conseguiu furar o quali e terá pela frente na estreia o australiano Aleksandar Vukic, que vem de cinco derrotas seguidas. Quem passar vai encarar na segunda rodada o alemão Alexander Zverev, terceiro favorito.

Schwartzman vence na chuva e vai poder se despedir de Roma

11 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
João Sawao ando
João Sawao ando
12 dias atrás

Jogo duro para os dois mas acho que dá para passar .vamos brazucas

Refaelov
Refaelov
12 dias atrás

Achei o sorteio bom para os 2, Barrere é um cara sem nenhum golpe, curriculo ou momento atual espetaculares, é jogo pro Wild ganhar sem sustos se jogar 70% doq pode, tinham adversários beeem mais espinhosos nesse Qualy pra cairem..

Pro Monteiro achei excelente sobretudo vislumbrando o Thompson num eventual R2, com zero cagoete pro saibro.. Monfins demostrou até desinteresseem quadra na ultima atuação em Madri.. não será nenhum absurdo o Monteiro repetir a campanha de Madri..

Guilherme Alcantara
Guilherme Alcantara
12 dias atrás

Jogo do Wild eh muito acessível. Já o Monteiro vai depender do dia dele kkk mas sou mais ele contra o Monfils em.

Paulo Mala
Paulo Mala
12 dias atrás
Responder para  Guilherme Alcantara

Monfils já era. Não sei o que está fazendo ainda no circuito… ótima opção de estreia

Adalberto
Adalberto
12 dias atrás

Monteiro é um trabalhador e não vai se distrair com as peripécias do bom Monfils.
O veterano francês ndia que não está disposto a se divertir, como foi em Madrid, é muito batível! É
O saque tem sido um ponto forte do cearense. Se repetir, leva.
O Wild é muito amigo do Felipinho e não vai deixar escapar essa oportunidade de vingá-lo, kk…
Mas claro, tem que mostrar que tá com vontade, pois tênis têm para ganhar!
VQV Brazucas!

O realista
O realista
12 dias atrás
Responder para  Adalberto

É engraçado esse adjetivo “trabalhador”
Como se o Monfils ou outros tenistas do top 200 não o sejam.
Apesar que tem ums que vivem pulando torneios bons de jogar…

Guilherme Ribeiro
Guilherme Ribeiro
12 dias atrás

Acho o jogo do Monteiro aberto e sem favoritos. Monteiro vem em boa fase, já ganhou do Monfils duas vezes, uma no saibro. Se manter o padrão de atuação das últimas semanas, terá chances. Mas nunca podemos descartar o Monfils. Experiente, habilidoso, sabe jogar no saibro, atualmente um TOP40. Se estiver afim de jogo, será páreo duro. Jogo sem favoritos para mim. Acho o Wild com mais chances. Barrere fez semi em ATP no saibro este, mas não é tanto a praia dele. Wild melhor rankeado e em melhor momento. Não pode vacilar. Se jogar concentrado e firme, passa. E ambos, Monteiro e Wild, com segundo round que dá para sonhar, principalmente o Monteiro com o Thompson.

Ricardo
Ricardo
12 dias atrás

Que pena cair contra o Monflls, não porque não seja acessível mas porque sou muito fã do francês. Nesse caso torcerei pelo Monteiro mas em outra situação sou sempre Monfils, o show man !

O realista
O realista
11 dias atrás
Responder para  Ricardo

Torça para o tenista que vc gosta, ué… Torça para o brasileiro nas olimpíadas, mas torneio profissional, não precisa ser patriota.
Até pq o Monfils que vai se aposentar primeiro.

Caseh
Caseh
12 dias atrás

A chance do Monteiro varia basicamente de acordo com o interesse ou não do Monfils no jogo. Vamos torcer, ainda mais pela segunda rodada bem acessível também

André Borges
André Borges
11 dias atrás

Duas estreias acessíveis

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Nadal leva público italiano ao delírio com incrível reação

Conheça o que aconteceu nos bastidores do WTA 100 de Madri

PUBLICIDADE