PLACAR

Gauff despacha Yastremska e enfrenta algoz de Bia nas oitavas

Foto: Julien Crosnier / FFT

Paris (França) – Cabeça de chave número 3, a norte-americana Coco Gauff segue sem perder sets na disputa de Roland Garros e já está nas oitavas de final. Nesta sexta-feira, ela teve pela frente a ucraniana Dayana Yastremska, 30ª pré-classificada, e precisou de 1h34 para derrotar sua terceira rival no torneio, marcando parciais de 6/2 e 6/4.

Em busca de um lugar nas quartas de final em Paris pelo quarto ano consecutivo, Gauff terá pela frente a italiana Elisabetta Cocciaretto, de 23 anos e atual 51 do mundo, que na estreia surpreendeu a paulista Beatriz Haddad Maia e depois continuou vencendo. Sua última vítima foi a Liudmila Samsonova, que perdeu 7/6 (7-4) e 6/2, após 1h39 de jogo.

Gauff não demorou muito para largar na frente no placar e já no terceiro game conquistou sua primeira quebra da partida. Depois de perder mais um break-point no quinto, no sétimo ela ampliou a vantagem ao bater o saque de Yastremksa pela segunda vez. A ucraniana até tentou reagir e teve um break-point em seguida, mas viu a norte-americana confirmar.

A segunda parcial começou com uma quebra para cada lado. Gauff praticamente resolveu o jogo com dois breaks seguidos, um no quinto e outro no sétimo, sacando em 5/2 para fechar. Veio então um game duro, com Yastremska salvando um match-point e devolvendo uma das quebras no sexto break-point que teve. Dois games depois, a norte-americana salvou mais três break-points e selou a vitória.

Danilovic vira de novo e faz oitavas inéditas

Responsável pela eliminação da norte-americana Danielle Collins, a sérvia Olga Danilovic manteve o embalo e venceu mais uma. Assim como fez com a cabeça de chave 11, ela também saiu atrás e buscou a virada nesta sexta contra a croata Donna Vekic, marcando parciais de 0/6, 7/5 e 7/6 (10-8), para alcançar as oitavas de final pela primeira vez em um Grand Slam.

Vinda do quali, a sérvia de 23 anos e atual 125 do mundo, Danilovic está ganhando 18 posições com a campanha até então no torneio e precisa de mais uma vitória para voltar ao top 100. Sua próxima adversária sai do duelo entre a tenista da casa Chloé Paquet e a tcheca Marketa Vondrousova, quinta favorita.

Gauff incentiva jovens americanos a se manifestarem pelo voto

3 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Adalberto
Adalberto
18 dias atrás

Cabe anotar que não é a primeira vez que algozes da Bia avançam nos torneios.
Aconteceu com Jasmine e Katie, que roubaram a vitória e a energia da Bia e foram campeãs!
Estranho… kkk…

Carlos Alberto Ribeiro da Silva
Carlos Alberto Ribeiro da Silva
17 dias atrás
Responder para  Adalberto

E a Bia foi a única que ganhou set da Cocciaretto até agora. As outras duas perderam em sets diretos.

Fernando Romero
Fernando Romero
17 dias atrás

Nesse grupo aí de Jasmine, Cocciaretto, Boulter, Haddad Maia, etc “é tudo japonês”. Jogadoras de segundo pelotão como se diz no ciclismo. Qualquer uma pode ganhar de qualquer outra. Boas atletas mas não se comparam as top de linha.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Alcaraz e Murray: treino entre campeões em Queen's

Os melhores lances da campeã Boulter na grama de Nottingham

PUBLICIDADE