PLACAR

Franceses e tchecos perto da fase de grupos, Canadá avança

Foto: Getty Images for ITF

Taipei (Taiwan) – Favorita no confronto com Taiwan, mesmo jogando fora de casa, a França fez o que se esperava no primeiro dia de confronto e venceu os dois primeiros jogos, ficando mais perto da classificação para a fase de grupos da Copa Davis.

Luca van Assche abriu a série para o time visitante, gastando 1h35 para derrotar o tenista da casa Yu Hsiou Hsu em sets diretos, com duplo 6/4. O francês levou a pior nas bolas vencedoras (11 a 17), mas deu o troco nos erros não forçados (21 a 32).

Em seguida foi a vez de Adrian Mannarino ampliar o placar ao bater o taiwanês Tung-Lin Wu também por 2 sets a 0, marcando placar final de 6/3 e 7/5, depois de 1h42 de jogo, em que venceu 64% dos pontos de saque, anotou quatro quebras e perdeu o serviço duas vezes.

“Sabia que ele iria se esforçar bastante. Ouvi de diversas pessoas que seus golpes de fundo eram bem pesados, então esperava que fosse muito agressivo. Fiquei um pouco surpreso no começo, ele largou com força total o tempo todo, então demorei um pouco para me acostumar”, disse o francês.

Tchecos abrem 2 a 0; argentinos e croatas empatam em casa

Jogando em casa, os tchecos também venceram os dois primeiros jogos da série. Enfrentando o time israelense, eles começaram com o triunfo de Jakub Mensik, que marcou parciais de 6/1 e 7/6 (7-4) para cima de Yshai Oliel. Em seguida, Jiri Lehecka ampliou a vantagem ao derrotar Daniel Cukierman com um placar similar, anotando 6/1 e 7/6 (7-2).

Os argentinos não tiveram a mesma sorte dos tchecos, mesmo recebendo o confronto com os cazaques no saibro de Rosário. Os anfitriões largaram na frente com Francisco Cerúndolo derrotando Dmitry Popko com o placar final de 7/5 e 6/2, mas no segundo jogo Tomofei Skatov buscou o empate ao vencer Tomas Etcheverry com parciais de 6/4 e 7/5.

Também não aproveitaram tão bem o fator casa os croatas, que viram Marin Cilic ser surpreendido no primeiro jogo da série com a Bélgica, perdendo por 2 a 1 para Zizou Bergs, com placar de 6/4, 4/6 e 6/4. Duje Ajdukovic salvou o dia derrotando Joris de Loore em sets diretos, com parciais de 6/1 e 6/4.

Canadá confirma em casa

Gabriel Diallo marcou dois dos três pontos que colocaram o Canadá, campeão de 2022, na fase de grupos desta edição. Na sexta-feira, ele abriu o duelo contra a Coreia do Sul em Montréal com duplo 6/4 em cima do experiente Soonwoo Kwon e logo depois Vasek Pospisil ampliou, ao bater Seongchan Hong, por 6/4 e 6/3.

Neste sábado, os coreanos causaram certa surpresa ao vencer o jogo de duplas, em que Ji Sung Nam e Min-Kyu Song superaram Pospisil e Alexis Galarneau, por 6/4, 6/7 (7-4) e 6/3. Em seguida, Diallo completou sua importante participação e bateu Hong, por 7/5, 4/6 e 6/1.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Toda a comemoração de Alcaraz na conquista de Roland Garros

Jannik Sinner é o 29º homem a liderar o ranking profissional

PUBLICIDADE