PLACAR

Fonseca e Zormann garantem vaga nas duplas no Rio Open

João Fonseca e Marcelo Zormann (Foto: Fotojump)

Rio de Janeiro (RJ) – O torneio de duplas do Rio Open, que já contava com seis brasileiros ganhou mais dois atletas nacionais. A inédita parceria de Marcelo Zormann e João Fonseca conseguiu passar por um quali com duas rodadas para entrar na chave principal do ATP 500 disputado nas quadras de saibro do Jockey Club Brasileiro.

Fonseca e Zormann venceram neste domingo o alemão Yannick Hanfmann e o peruano Juan Pablo Varillas por 6/3, 4/6 e 10-1. Eles vinham de vitória na estreia contra os franceses Theo Arribage e Luca Sanchez. A estreia na chave principal será contra os alemães Kevin Krawietz e Tim Puetz.

Paulista de 27 anos, Marcelo Zormann disputará seu segundo ATP nas duplas. Há duas semanas, o atual 127º do ranking havia jogado em Córdoba, ao lado de Fernando Romboli. Já o jovem João Fonseca, carioca de apenas 17 anos, já havia disputado a edição passada do Rio Open como lucky-loser, ao lado de Mateus Alves.

Em caso de vitória na estreia, Fonseca e Zormann certamente enfrentarão um brasileiro nas quartas. Isso porque Marcelo Melo e o holandês Matwe Middelkoop estreiam contra Rafael Matos e o colombiano Nicolas Barrientos. O torneio tem mais duas parcerias locais convidadas, Thiago Wild e Fernando Romboli estreiam contra os argentinos Maximo Gonzalez e Andres Molteni, enquanto Marcelo Demoliner e Felipe Meligeni encaram os franceses Sadio Doumbia e Fabien Reboul.

Leia mais:

Meligeni fura o quali e garante vaga no Rio Open

4 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Matheus Ferreira
Matheus Ferreira
1 mês atrás

Excelente resultado principalmente pro Zorman, agora ficou um pouco mais difícil contra os alemães,mas vamos que vamo!

Márcio
Márcio
1 mês atrás

Muito bom!! Zormann beirando o top 100!!

Marcelo Ikeda
Marcelo Ikeda
1 mês atrás

Pq Zormann não jogou com o Romboli nesse torneio??

Bernardo Oliveira
Bernardo Oliveira
1 mês atrás
Responder para  Marcelo Ikeda

se ele teve algum poder de escolha, certamente então escolheu a melhor opção

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da rápida final masculina de Miami

Collins segura os nervos e bate Rybakina: veja o melhor da final

PUBLICIDADE