PLACAR

Djokovic também é ultrapassado por Alcaraz e será o número 3

Foto: Nicolas Gouhier / FFT

Paris (França) – A edição de 2024 de Roland Garros não será de boas recordações para o sérvio Novak Djokovic, que além de sair do torneio com uma lesão um pouco mais séria no joelho, forçando uma intervenção cirúrgica, também vai amargar uma queda no ranking, caindo da primeira para a terceira colocação na próxima segunda-feira.

O abandono sem sequer entrar em quadra nas quartas de final contra o norueguês Casper Ruud já custou a perda da liderança, ultrapassado pelo italiano Jannik Sinner, que será o novo número 1 do mundo. Com o título conquistado por Carlos Alcaraz neste domingo, Djokovic também será superado pelo espanhol, que assumirá o número 2 e vai derrubar ‘Nole’ para o terceiro lugar.

Djokovic não aparecia tão “mal” no ranking há mais de um ano. A última vez que ele não figurava nas duas primeiras posições da ATP foi na lista divulgada em 29 de maio do ano passado, quando também era o número 3 do mundo, atrás de Alcaraz, que estava na liderança, e do russo Daniil Medvedev, o então segundo colocado.

Recordista de semanas na liderança, com 428 semanas até então, Djokovic é o segundo que mais tempo passou no top 2. Ele tem 564 semanas nas duas primeiras colocações, ficando atrás neste quesito apenas do espanhol Rafael Nadal, que soma 596 semanas entre os dois melhores do ranking.

Subscribe
Notificar
guest
41 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Paulo Justos
Paulo Justos
3 dias atrás

Acontece!

Sandra
Sandra
3 dias atrás
Responder para  Paulo Justos

Alcaraz também vai defender 2500 pontos na grama. Gente, está começando uma nova era e o Big 3 tem que aplaudir pq são gênios. E que venham os novos tempos no tênis…só que Nadal e Djokovic ainda estão na ativa, nunca duvide desses dois.

Fernando Romero
Fernando Romero
2 dias atrás
Responder para  Sandra

Tanto o Djokovic quanto o Nadal deveriam respeitar suas históricas carreiras e se aposentar com dignidade como fez o Federer. Ambos estão se arrastando em quadra para provar o que? Se insistirem em continuar serão novos constrangedores sofrimentos desnecessários. Ambos são ex-tenistas profissionais.

Thiago Pereira
Thiago Pereira
2 dias atrás
Responder para  Fernando Romero

Dignidade? kkkkk,Federer estendeu a sua carreira até demais. Deveria ter parado uns dois anos antes. Em seu último GS, tomou pneu em pleno Wimbledon, além da melancólica eliminação. Seu último torneio, foi a hopman cup,que não passa de um torneio de exibição e entretenimento, onde jogou apenas uma partida de duplas ,nem de simples foi. Pois seu joelho mal o deixava entrar em quadra e estava se arrastando. Federer não é exemplo pra ninguém na hora de parar. Djokovic é Nadal vão saber a hora de parar,e ainda é cedo pra dizer se já são ex jogadores. Depois que trocaram o o sistema de comentários, apareceu cada figura digitando mercado nesse site,kkkk.

Cauã
Cauã
2 dias atrás
Responder para  Fernando Romero

Nadal, concordo. Mas eu li que Djokovic estar se arrastando em quadra? Federer se arrastou por uns 3 anos, realmente. Djokovic ainda vai ganhar grand slams na carreira. Ele e alcaraz são os dois melhores do mundo ainda.

Luiz Fabriciano
Luiz Fabriciano
1 dia atrás
Responder para  Fernando Romero

Ex-profissional, um cara que bate dois garotões 12 anos mais jovens em 5 sets e só deixa o torneio por uma cirurgia?
Ahh, sei, os meninos Alcaraz e Sinner nunca ficaram fora de grandes eventos por contusões porque são meninos…

Vagner Paiva
3 dias atrás

Nem é preciso lembrar do maior número 2 da história..

Maurício
Maurício
3 dias atrás

Das ist nicht einfach

Luis Ricardo
Luis Ricardo
3 dias atrás

normal…..37 anos pesam…

André Borges
André Borges
3 dias atrás

Agora é ladeira abaixo…… o ultimo dos Big4 também se vai….

Luiz Fabriciano
Luiz Fabriciano
1 dia atrás
Responder para  André Borges

Matemática inversa é matéria escolar?
O último é o que tem mais?

José Alexandre
José Alexandre
3 dias atrás

O Goat de todos os esportes vai ter que suar pra terminar o ano no top 10.

José Afonso
José Afonso
3 dias atrás

Se Nadal tem 596 nas duas primeiras colocações, significa que tem 387 semanas como número 2 (e 209 como n° 1). Está aí o verdadeiro vice, hehe.

Djoko, por sua vez, tem 136 semanas como n° 2 e 428 semanas como número 1!

Atilio
Atilio
3 dias atrás
Responder para  José Afonso

A maior parte das 387 semanas de Nadal como número 2 ocorreram quando Federer era o número 1, o que mostra a força do suíço. Não é qualquer um que conseguiria deixar o grande Rafa Nadal como segundo.

Alessandro Siqueira
Alessandro Siqueira
3 dias atrás

Djokovic tem 428 semanas na liderança.

Nei Costa
Nei Costa
3 dias atrás

Isso não é uma ultrapassagem que se preze. Para fazer as ultrapassagem que fiquem na história ainda terá que conseguir jogar por muitos anos em altíssimo nível.

Luiz Fabriciano
Luiz Fabriciano
1 dia atrás
Responder para  Nei Costa

Tens razão, ele tem apenas 12 anos de dominância…

Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
3 dias atrás

Djoko é tão goat que dão ele como aposentado sendo número 3 do mundo.

Federer eterno GOAT
Federer eterno GOAT
3 dias atrás

kkkkkkkkkkk… ultrapassagem dupla… kkkkk… melhor do que a encomenda

Belarmino Jr
Belarmino Jr
3 dias atrás

O terceirão! Kkkkkk

Rodri
Rodri
3 dias atrás
Responder para  Belarmino Jr

Kkkkk então o Federer não está nem no top 5

Marcelo
Marcelo
3 dias atrás

Engraçado demais esses fãs do Djokovic torcendo contra o Alcaraz hahahahahahaahaha e tb ficam torcendo contra o Sinner. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Rafael Lucena
Rafael Lucena
2 dias atrás
Responder para  Marcelo

Se você torce pra um tenista e ele pode ser ultrapassado por outro após uma temporada ruim, é natural que torça contra quem está ameaçando. Engraçado mesmo são os fãs dos 2 aposentados torcendo a favor de qualquer um que apareça e ameace o posto do Djoko. Isso só mostra que a torcida nem é a favor do Alcaraz ou do Sinner, mas sim anti Djokovic. É um desespero pra vê-lo acabado e não deixar esticar ainda mais a distância pros outros que já não jogam. Uma pena que nada disso apague os números dele, então mesmo que se aposente hoje, já era pros outros 2.

Neto
Neto
3 dias atrás

Djokovic voltando ao seu lugar, que é ser o número 3. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

jose carlos
jose carlos
3 dias atrás

nunca mais o iugoslavo será sequer #2 e com os pontos do vice de wimbledon ´23 caindo a tendencia é despencar no ranking… que ao menos ele faça uma temporada digna de despedida em 2025, porque competir em alto nível ele já não tem mais condições físicas nem técnicas.

Haroldo Guimarães
Haroldo Guimarães
2 dias atrás
Responder para  jose carlos

me desculpe , técnica ele terá sempre … até de cadeira de rodas se fosse o caso. Ele Nadal, E Federer , assim como tantos outros nunca perdem a técnica, a idade avança para o fisico.

Wilson
Wilson
3 dias atrás

Ele deve ta muito preocupado com isso.
Só rindo.

Haroldo Guimarães
Haroldo Guimarães
2 dias atrás
Responder para  Wilson

boa…..kkkkkkkk

Sergio
Sergio
3 dias atrás

Acabou a era Djokovic. Agora inicia a era Alcaraz!!!!!!
Novo fenômeno do tênis mundial!!!!!!
Nadal bem que previu a ascensão do Alcaraz!!!!!!!!

Kario
Kario
3 dias atrás

Está em terceiro, mas deveria ir pro quinto.

helio
helio
3 dias atrás

Nenhum passa o Federer em semanas seguidas como numero 1. Salve o Fenômeno Federer

helio
helio
3 dias atrás

Federer imbativel 237 semanas seguidas como numero 1

Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
3 dias atrás
Responder para  helio

Não adiantou acumular e perder no total (428 >>>> 310)

Kika
Kika
3 dias atrás

Pelo Amor de Deus, os comentaristas falam demais. Por favor tomem aulas com os colegas estrangeiros. Falam durante o jogo. É insuportável, além de um pedir opinião ao outro sobre assuntos alheios aos jogos. Éuito desagradável. Desculpa. As vezes desligo o dom. Sei que muitos falam isso.

Gilvan
Gilvan
3 dias atrás

O sérvio segue com o ranking inflado. No fim do ano terá um ranking mais adequado ao seu tênis atual: fora do top-10.

Alessandro Siqueira
Alessandro Siqueira
2 dias atrás
Responder para  Gilvan

Inflado pela competência dele? Só se for, já que ganhou tudo no segundo semestre do ano passado e o ranking é de 52 semanas.

Felipe
Felipe
3 dias atrás

Djokovic agora é só ladeira abaixo.
Além de não ter títulos na temporada, dificilmente terá gás para alcançar o pique de Sinner e Alcaraz.

Gilvan
Gilvan
2 dias atrás
Responder para  Felipe

Ele não tem nenhum final no ano. Deve ser o único jogador do top-10 nessa condição. Zero vitórias contra jogadores do top-10, zero títulos, zero finais. Não tem mais nível.

Vera
Vera
3 dias atrás

Djokovic sem títulos no ano e se manteve número um até essa semana. Só esse gênio mesmo.!

Souza Oliveira
Souza Oliveira
2 dias atrás

E já falei pra vocês babadjkos, o sérvio e um grande jogador é só…. Nunca será e tá tudo certo…. Paz

Jeferson rodrigo
Jeferson rodrigo
2 dias atrás
Responder para  Souza Oliveira

Volta pra terra

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Toda a comemoração de Alcaraz na conquista de Roland Garros

Jannik Sinner é o 29º homem a liderar o ranking profissional

PUBLICIDADE