PLACAR

Demoliner estreia bem nas duplas no challenger de Roma

Marcelo Demoliner (Foto: Fotojump)

Roma (Itália) – Os duplistas brasileiros tiveram rumos opostos na rodada desta quarta-feira pelo challenger de Roma. Marcelo Demoliner estreou com vitória ao lado do sueco Andre Goransson, enquanto a parceira nacional de Fernando Romboli e Marcelo Zormann se despediu da competição, diante dos principais cabeças de chave.

Demoliner e Goransson venceram na estreia o espanhol Sergio Martos Gornes e o grego Petros Tsitsipas por duplo 6/3. Eles conseguiram três quebras na partida, duas no primeiro set e uma no segundo e escaparam dos dois break-points que enfrentaram em todo o jogo.

Gaúcho de 35 anos e vencedor de cinco títulos de ATP nas duplas, Demoliner é o atual 121º do ranking e tem como melhor marca da carreira o 34º lugar, alcançado em 2017. Os próximos adversários serão o francês Jonathan Eysseric e o italiano Andrea Pellegrino, que venceram os alemães Constantin Frantzen e Hendrik Jebens, cabeças de chave 2, por 7/6 (11-9) e 6/4.

Já Romboli e Zormann foram superados pelo britânico Julian Cash e o norte-americano Robert Galloway, principais cabeças de chave em Roma e campeões do ATP de Delray Beach, que marcaram um duplo 6/4. Romboli é o atual 89º do ranking aos 35 anos e está uma posição abaixo da melhor marca da carreira, enquanto Zormann, de 27 anos, entrou recentemente no top 100 e ocupa o 97º lugar.

Vindo de título, Luis Britto estreia com vitória no Chile

Campeões do challenger de Tucuman, na semana passada, Luis Britto e o parceiro argentino Gonzalo Villanueva estrearam com vitória no challenger de Concepción, no Chile. Eles haviam vencido o primeiro set contra José Pereira e o japonês Kaichi Uchida por 6/0, quando os rivais se retiraram. O torneio ainda não informou o motivo da desistência.

Paulista de 30 anos, Britto é agora o 278º do ranking, ocupando a melhor marca da carreira. Os próximos rivais podem ser os japoneses Seita Watanabe e Takeru Yuzuki ou os argentinos Franco Ribero e Juan Bautista Torres.

A parceria brasileira de Daniel Dutra da Silva e Wilson Leite estreou com vitória sobre os irmãos argentinos Leonardo e Valerio Aboian por 6/1, 4/6 e 10-8. Eles enfrentam o dominicano Roberto Cid Subervi e o turco Ergi Kirkin. Já o catarinense Pedro Boscardin e o equatoriano Alvaro Guillen Meza perderam para o israelense Roy Stepanov e o colombiano Andres Urrea por 6/2 e 6/3.

Orlando Luz cai na estreia de duplas em Ostrava

Único brasileiro na disputa do challenger de Ostrava, Orlando Luz foi eliminado na estreia de duplas do torneio tcheco em quadras de saibro. Em jogo iniciado na última terça-feira e retomado apenas na manhã desta quarta, por motivo de falta de luz natural, o gaúcho e seu parceiro norte-americano Evan King sofreram a virada do tcheco Patrik Rikl e do ucraniano Vitaliy Sachko por 5/7, 6/4 e 10-6. Aos 26 anos, Orlando Luz é o atual 109º do ranking de duplas.

3 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Lucas Miranda Faria
Lucas Miranda Faria
1 mês atrás

Valeu, Marcelo D. !!!!!

João Sawao ando
João Sawao ando
1 mês atrás

Dalcim. O que fez o Marcelo demoliner cair tanto no ranking de duplas?

José Nilton Dalcim
Admin
1 mês atrás
Responder para  João Sawao ando

Contusões e falta de um parceiro fixo, Ando.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE