PLACAR

Chave principal do Pure Beach começa nesta quinta na Praia do Francês

BT 400 Pure Beach em Marechal Deodoro (AL). (Foto: Gabriel Stewart/GsMidia.br)

Marechal Deodoro (AL) – Começa nesta quinta-feira, a partir de 10h30, a chave principal da terceira edição do Pure Beach, torneio realizado na Praia do Francês, em Marechal Deodoro, Alagoas. O BT 400, dos maiores do mundo, oferece 470 pontos no ranking e premiação total de US$ 35 mil (R$ 175 mil).  A primeira rodada tem 32 jogos, sendo 16 no masculino e 16 no feminino. As oitavas e quartas de finais serão disputadas na sexta-feira e as semifinais e decisões, no sábado.

Todas as top 10 do feminino estarão em ação e oito dos dez melhores do masculino irão jogar a competição nas mais de trinta quadras montadas no local. Entre os homens, os atuais campeões mundiais e do torneio, o francês Nicolas Gianotti e o italiano Mattia Spoto, vão buscar defender o título da temporada passada, que foi a arrancada rumo ao topo do ranking. A dupla vem de títulos em Foz do Iguaçu (PR) e Balneário Camboriú (SC) nas últimas semanas. Eles terão as fortes concorrências da dupla do italiano Michele Cappelletti, pentacampeão mundial, e do número 1 do Brasil, André Baran, respectivos terceiro e quarto do mundo, campeões do Macena Open no final do ano passado.

Finalista do Macena Open em dezembro, o bicampeão mundial, o espanhol Antomi Ramos, quinto do mundo, joga com seu novo parceiro, o campineiro Hugo Russo, nono colocado, e vai buscar uma nova decisão. Hugo foi finalista do Pure Beach em abril do ano passado ao lado de Gabriel Santos. “Minha expectativa é jogar a final com o Hugo. Ele defende a final do ano passado e quem sabe a gente possa ter um resultado ainda melhor”, disse Ramos, natural de Gran Canaria e que vive há mais de dois anos em Campinas. Ramos chegou na terça-feira e começou mais cedo sua preparação no local.

No feminino, Rafaella Miiller e a venezuelana Patrícia Diaz, campeãs mundiais, vêm em busca da defesa do título do ano passado e para manter a hegemonia em solo alagoano. Elas venceram os dez últimos jogos na Praia do Francês, ficando com o título também do Macena Open. A dupla começou a temporada na semana passada com tudo, com o título no litoral catarinense. Elas terão a concorrência das brasileiras Sophia Chow, quinta do mundo e bicampeã em Alagoas em 2021 e 2022 do Macena Open, e Vitória Marchezini, de 18 anos, quarta do ranking. Outras fortes duplas são as italianas Ninny Valentini e Giulia Gasparri, bicampeãs mundiais, e as também italianas Flaminia Daina e Nicole Nobile.

“Chegamos ontem à noite, treinamos hoje de manhã e de tarde. Está muito mais quente e abafado, um pouco diferente as condições de jogo, mas teremos mais um ou dois treinos. Com certeza, estaremos preparadas para a estreia”, disse Miiller.

A dupla vem confiante pelo retrospecto no torneio e recente, mas com os pés no chão. “Claro que ajuda vir com o título, mas uma das coisas mais importantes é fazer um reset rápido, seja de uma vitória ou de uma derrota. O torneio está muito duro, todo mundo pode ganhar. Você pode curtir uma vitória e chorar uma derrota, mas precisa passar rápido. Aqui estamos zero a zero com todo mundo. Vai começar a batalha. Estamos motivadas e positivas.”

A chave principal será sorteada na noite desta quarta-feira, quando também termina o qualifying, definindo as últimas vagas. O Pure Beach conta com 1.200 atletas de dez países (Brasil, Espanha, Itália, França, Rússia, Porto Rico, Equador, Venezuela, Lituânia e Portugal).

O torneio amador também já está rolando até o domingo nas categorias A, B, C e D em Duplas Masculina, Feminina, Mista além dos Masters e Juvenis.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Wimbledon seleciona os melhores backhands de 1 mão

Os históricos duelos entre Serena e Venus em Wimbledon

PUBLICIDADE