PLACAR

Brasil vence o Uruguai e fica mais perto da vaga na Davis Junior

O mineiro Victor Winheski conseguiu uma boa vitória em sets diretos (Foto: Associação Paraguaia de Tênis)

Lambare (Paraguai) – A equipe masculina do Brasil venceu mais uma no Sul-Americano de 16 anos e está a um passo de garantir vaga para a Copa Davis Junior. Nesta quinta-feira, os brasileiros venceram o Uruguai por 3 a 0 e seguem na liderança do Grupo B da competição, disputada em quadras de saibro no Paraguai.

A série começou com o brasiliense Pedro Chabalgoity vencendo Valentino Aliano por 3/6, 6/1 e 6/1. Na sequência, o mineiro Victor Winheski derrotou Francisco d’Anatro por duplo 6/2. Já na partida de duplas, Luiz Felipe Silva e Pedro Chabalgoity derrotaram Felipe Vazquez e Francisco d’Anatro por 6/3 e 6/1.

Os meninos voltam às quadras nesta sexta-feira contra o Paraguai. Em caso de vitória, eles avançam à final do Sul-Americano e também confirmam a vaga na Davis Junior, competição vencida pelo Brasil no ano passado. A próxima edição do Mundial da categoria será no mês de novembro, em Córdoba, na Espanha.

Já a equipe feminina do Brasil está na segunda posição do Grupo B e disputa a liderança contra a seleção peruana, valendo também a vaga na Billie Jean King Cup Junior. O trio brasileiro conta com a gaúcha Pietra Rivoli, a catarinense Carolina Bohrer Martins e a paulista Helena Bueno. Os sul-americanos de 16 anos dão três vagas ao Mundial.

Ettore Danesi joga mais uma final na América Central
O juvenil paulista Ettore Danesi, de 17 anos, disputará mais uma final de ITF na América Central e busca o segundo título seguido no J30 de Villa, em São Vicente e Granadinas. Ele venceu na semifinal o norte-americano Maxim Zlobinsky por 6/2 e 6/1 e enfrenta outro tenista dos Estados Unidos, Nikolas Kumria.

Danesi reside desde 2021 nos Estados Unidos e todos os seus três títulos no circuito juvenil da ITF foram conquistados na América Central. Ele também está na final de duplas, ao lado de Lucca Acioly. Os brasileiros enfrentam o guatemalteco Javier Arreaga e o norte-americano Zachary Whittington.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE