PLACAR

Bia reencontra Linette na manhã desta 4ª pelas oitavas em Abu Dhabi

Foto: Mubadala Abu Dhabi Open

Abu Dhabi (Emirados Árabes) – Depois de ter vencido suas partidas de estreia em simples e duplas no WTA 500 de Abu Dhabi, Beatriz Haddad Maia volta à quadra na manhã desta quarta-feira pelas oitavas na disputa individual. A número 1 do Brasil e 13ª do mundo atua por volta das 7h30 (de Brasília) contra a polonesa Magda Linette, 55ª do ranking. Se vencer, Bia chegará à sua 100ª vitória em chaves principais de WTA.

Bia venceu o único duelo anterior contra Linette, disputado no saibro de Roma no ano passado. Na ocasião, foram dois sets apertados, 7/5 e 6/4, em um dia com condições de quadra mais pesadas por conta da chuva intermitente na capital italiana na semana do torneio.

Adversária da brasileira nas oitavas, Linette esta com 31 anos e foi semifinalista do Australian Open no ano passado, chegando ao 19º lugar do ranking. No entanto, a polonesa não passou da primeira rodada deste ano, abandonando a partida contra Caroline Wozniacki por lesão na coxa esquerda. A polonesa também caiu na estreia em Hua Hin, mas se recuperou em Abu Dhabi e superou na estreia a convidada filipina de 18 anos Alexandra Eala por 7/6 (7-4) e 6/1.

Jabeur e Raducanu encerram a rodada

Quem passar entre Bia e Linette enfrenta nas oitavas de final a vencedora da partida entre a tunisiana Ons Jabeur, cabeça 2 do torneio e número 6 do mundo, e a convidada britânica Emma Raducanu, ex-top 10 e que recebeu convite depois de ter passado por três cirurgias no ano passado. A partida começa por volta das 11h30, encerrando a programação.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

Dois confrontos do mesmo lado da chave acontecem nesta quarta-feira. Logo às 6h (de Brasília), a russa Daria Kasatkina enfrenta a norte-americana vinda do quali Ashlyn Krueger. E às 10h, a romena Sorana Cirstea enfrenta a grega Maria Sakkari.

Bia foi semifinalista em Abu Dhabi no ano passado, e por isso tem 185 pontos a defender nesta semana. A paulistana de 27 anos já está mantendo 60 pontos por ter vencido a chinesa Xiyu Wang na estreia. Se chegar às quartas, somará 108 pontos.

Leia mais:

Bia a Luisa estreiam em Abu Dhabi com vitória de virada

10 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Antônio Luiz Júnior
Antônio Luiz Júnior
4 meses atrás

Bia precisa recuperar a confiança e ser muito mais agressiva. Precisa também melhorar muito o saque, mas vamos torcer muito por ela !

Adalberto
Adalberto
4 meses atrás
Responder para  Antônio Luiz Júnior

Acho que tá focada em melhor o saque… O Meligeni, da ESPN, andou comentando que seria um divisor de águas…
Prá fechar o 2ºSet ela mandou a bolinha a 192km/h
Então, temos esperança…
VQV BIA!

Leonardo
Leonardo
4 meses atrás

Fato curioso. Ontem Bia ganhou de X. Wang, e hoje outra X. Wand perdeu da espanhola Carolina Bucsa. A Bia ganhou de Wang Xiyu e a outa é Wang Xinyu. Ambas chinesas ambas nasceram em 2001. Até pensei que eram irmãs, mas não tem nada a ver uma con a outra. O que tem é muito “Wang” na China… kkkkkk

F.F.
F.F.
4 meses atrás
Responder para  Leonardo

Ótimo comentário
Parabéns
Genial

Adalberto
Adalberto
4 meses atrás

“- Atenção senhores haters, chorem!”
A Bia manda dizer que vai ganhar Simples e Duplas, kkk…
Brincadeiras à parte, está um ótimo torneio para chegar às finais!
Basta jogar como jogou no Elite Trophy! Simples assim! kkk…

Rockton
Rockton
4 meses atrás
Responder para  Adalberto

Não vejo ninguém sendo hater da Bia. O que vejo é torcedor pensando que a Bia joga muito mais do que efetivamente joga. A Bia é uma boa jogadora, mas não é nem nunca será um Guga de saias.

Vanessa
Vanessa
4 meses atrás
Responder para  Rockton

Mas isso é óbvio. Principalmente, porque a Bia é a Bia e o Guga é o Guga que além do gênero ser diferente jogam tênis em épocas totalmente distintas… Como sempre temos que ler comentários sem sentido por aqui…

Leonel
Leonel
4 meses atrás
Responder para  Adalberto

A Bia tem feito muitos torneios com irregularidades(oscilações). Ano passado ela foi bem no Roland Garros e no final do ano no Trophy. Nos dólares não pode reclamar. Esse ano acho que vai fazer melhor ainda. Bia precisa de frieza/consistência pra jogar muitas partidas num padrão alto. Não vai ser perfeita mas não pode vascilar e perder pras meninas juvenis ou ranking alto.

F.F.
F.F.
4 meses atrás

Ótimo comentário
Genial
Parabéns

Ubiratan (Black)
4 meses atrás

Já vimos que a chave de Bia é a melhor. E desde ontem que estava observando e, se não houve uma mudança grande de posicionamento após desistências, a Ostapenko também estava na outra chave que seria, então, ainda mais forte.
A Bronzetti substituiu a Badosa contra a Kalinina. Foi direto.
Já a outra LL, Sorribes, devido a saída de Ostapenko, foi jogar com a Noskova, mas esta estava para jogar com a Kudermetova, que foi trocada para jogar com Watson. Esta última deve ter agradecido quando sua adversária mudou de Ostapenko para Kudermetova, e deu certo pois a venceu hoje.
Ostapenko fez o certo, pois depois de mais um título e outros bons torneios nesse início de temporada, tinha mais é que dar um tempinho para recuperar o corpo antes dos torneios de 1000, já na próxima semana, com todo mundo em quadra.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Alcaraz e Murray: treino entre campeões em Queen's

Os melhores lances da campeã Boulter na grama de Nottingham

PUBLICIDADE