PLACAR

Bia deixa vantagem escapar e sofre virada na estreia

Foto: Dubai Duty Free Tennis Championships

Dubai (Emirados Árabes) – Assim como havia acontecido na semana passada em Doha, Beatriz Haddad Maia também não passou da rodada de estreia do segundo WTA 1000 da temporada, desta vez em Dubai. A número 1 do Brasil e 14ª do mundo foi eliminada pela italiana Jasmine Paolini, 24ª do ranking, que marcou as parciais de 4/6, 6/4 e 6/0 em 2h de partida neste domingo. Bia chegou a liderar o segundo set por 4/2 e teve dois break-points que a deixariam muito perto da vitória, mas não aproveitou as chances e permitiu a virada à rival.

Em doze jogos na temporada, Bia tem agora seis vitórias e seis derrotas. Ela havia iniciado a série de três semanas torneios pelo Oriente Médio com uma boa campanha até a semifinal do WTA 500 de Abu Dhabi, mas sofreu duas eliminações precoces nos torneios mais importantes. A paulistana de 27 anos agora segue para os Estados Unidos, joga o WTA 500 de San Diego e depois os 1000 de Indian Wells e Miami em março.

Bia segue sem vencer Paolini no circuito, em três jogos entre elas. Um dos duelos foi ainda em 2016 e o outro em outubro do ano passado em Pequim, em seu primeiro jogo depois de ter sofrido um acidente na mão em Guadalajara e teve pouco tempo de preparação. A italiana agora espera a vencedora entre a canadense Leylah Fernandez, 38ª do ranking, ou a norte-americana Bernarda Pera, 83ª colocada e vinda do quali.

Como também havia perdido na primeira rodada do ano passado em Dubai, Bia não tem pontos a defender na próxima semana. É certo que ela vai ganhar a posição da tcheca Barbora Krejcikova no ranking de 26 de fevereiro, já que a atual campeã não joga este ano por lesão nas costas e vai perder 900 pontos. No entanto, as demais jogadoras dessa faixa de ranking podem ultrapassá-la dependendo dos resultados na semana.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

Bia teve um primeiro set muito consistente e ainda conseguiu uma quebra logo no game de abertura, em que Paolini fez duas duplas faltas. A brasileira não enfrentou break-points no primeiro set e cedeu apenas cinco pontos em seus games de serviço. E com boa movimentação do fundo de quadra, comandava os pontos com o forehand. Ela fez 11 a 7 nos winners da parcial e cometeu apenas dois erros não-forçados contra 9 da italiana.

Logo no início do segundo set, Bia voltou a quebrar. E depois, confirmou dois games de zero para abrir 3/1 no placar. Em vantagem, continuou sacando bem e manteve a solidez nos ralis de fundo. Paolini escapou de um 15-40 quando perdia por 4/2 e iniciou sua incrível reação. Ela devolveu a quebra no game seguinte, logo no primeiro break-point que teve, aplicando uma passada. Dois games mais tarde, voltou a quebrar após dois erros e uma dupla falta da brasileira. Ela fez 9 a 8 nos winners e cometeu apenas sete erros na parcial contra 9 de Bia.

O bom momento de Paolini no jogo continuou no terceiro set e ela logo conseguiu uma quebra acima. Bia já não era tão consistente em comparação com o começo do jogo, colocava poucos primeiros serviços em quadra, cometia mais erros não-forçados e permitia que a rival jogasse mais perto da linha de base e atacasse seu revés. A italiana voltou a quebrar com dois winners de devolução e fez 4/0 para continuar dominando a partida. Ela aplicou um ‘pneu’ e terminou o jogo vencendo dez games seguidos. Bia fez um winner a mais, 21 a 20, e cometeu 17 erros contra 16, mas aproveitou só um dos seis break-points que teve e sofreu cinco quebras.

92 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Marlon
Marlon
2 meses atrás

Jogo na mão e consegue a proeza de perder 10 games seguidos, sinal de alerta ligado!

Paulo A.
Paulo A.
2 meses atrás
Responder para  Marlon

Muito decepcionante. A Bia é agora freguesa de uma pequenina de 1,60m que não é nenhuma jogadora excepcional mas corre muito e tem muita garra. Eis a diferença…

João José Fernandes
João José Fernandes
2 meses atrás
Responder para  Marlon

Se ela n.criar um fato novo vai cair n ranking..ela perde jogos para o emocional e ansiedade…

Luigi
Luigi
2 meses atrás

Depois de Roland Garros a conta chega, questão de tempo

Leandro meneoli
Leandro meneoli
2 meses atrás
Responder para  Luigi

Senao reagir, termina o ano fora do top 100 facil.

Albert
Albert
2 meses atrás

Eu liguei a TV, estar 6/4, 4/2. Me animei. Perdeu um break point, começou mal o game seguinte, desliguei, pq nao sou bobo. Perdeu todos os games. Eu pergunto o q houve? Se machucou, amarelou, ou deu tilt? Depois o povo me dá thumbs down e ninguem sabe pq… Parabéns, Decamps.

NFdS
NFdS
2 meses atrás
Responder para  Albert

Hoje foi mesmo terrível, amigo.
Acho que algo aconteceu depois da derrota pra Kasatkina. Ela não tinha sentido as costas?
Se não foi físico, está precisando de um coach psicológico urgente!
Força, Bia, volta pra casa agora, repensa tudo e vai renovada pra IW.
Vqv!

Flaviane
Flaviane
2 meses atrás

Impressionante como tem campanhas pífias e ridículas nos atp 1000

Eduardo
Eduardo
2 meses atrás

Eu já disse várias vezes, essa moça é muito fraca tecnicamente, o jogo dela se resume a dar pancada na bola, sinceramente ela estar no ranking que ela está, é uma obra divina, não merecia essa colocação, embora que se tratando de tenis feminino, sabemos muito bem como essas tenistas são irregulares, já passou da hora de trocar o ventríloquo por um treinador de verdade se quiser aprender técnicas que não sejam apenas pancadas na bola, se só sabe dar pancada então chame o John Isner para treina-la.

Fernando Ferreira
Fernando Ferreira
2 meses atrás
Responder para  Eduardo

E você é quem? Fraca tecnicamente baseado em que irmão? Você é tão pífio que esquece que é 14° DO MUNDO.

Alexandre De Souza
Alexandre De Souza
2 meses atrás
Responder para  Eduardo

Finalista de W1000 , semi de Major , oitavas de Major, 3 títulos, é, realmente ela é fraca……..melhor ler isso que ser cego…

Andre Borges
Andre Borges
2 meses atrás
Responder para  Eduardo

Não merecia estar nesse ranking? Hummm acontece tipo o que? A WTA bonifica ela com 500 pontos por mês mesmo sem jogar só por ser brasileira? Tipo isso? A WTA paga pras adversárias tipo Jabeur, Iga, etc perder de propósito dela pra ela avançar na chave? Tipo isso? Quero entender seu conceito de merecimento.

Alexandre de Magalhães
Alexandre de Magalhães
2 meses atrás

A Bia perdeu 10 games seguidos. Pode ter sido uma baixa mental e física que a adversária aproveitou. Esperemos que seja só isso. Que a Bia retome em breve o caminho das vitórias.

Guilherme
Guilherme
2 meses atrás

Que apagão foi esse?
Perdeu 10 games seguidos em um jogo que estava controlado.

RODRIGO
RODRIGO
2 meses atrás

Só está com o ranking atual porque a WTA atualmente é muito , mas muito fraca. Tirando as quatro primeiras do ranking , não sobra nada!

Claudio Marçal
Claudio Marçal
2 meses atrás

O tênis é um esporte onde as oportunidades devem ser aproveitadas! Bia tinha tudo pra fazer 5/2 no segundo set pra sacar e fechar o jogo com os dois break points que tinha em mãos! Perdeu o set e no terceiro parece que o mental foi embora tb…infelizmente

Luiz Fabriciano
Luiz Fabriciano
2 meses atrás
Responder para  Claudio Marçal

O ser humano se processa assim: quando se está em movimento, a mente fica processando um evento, tentando entende-lo, enquanto o corpo segue no automático. Provavelmente, ela ficou pensando na quebra do 4×2 e só se deu conta, quando o juiz cantou game, set, match.
Os diferentes isola o evento negativo e segue em frente, buscando a compensação.

Jorge Luiz
2 meses atrás

Que coisa, difícil explicar

Marcelo
Marcelo
2 meses atrás

Impressionante a falta de concentração!! Não é normal uma jogadora desse nível sair totalmente do jogo e perder 10 games seguidos!! Inacreditável..

Eduardo
Eduardo
2 meses atrás

Para os passadores de pano que adoram elogiar essa Bia, não esqueçam que vcs disseram que ela havia perdido no Catar, pq estava cansada da semi do torneio anterior. Quero lembrar a essas pessoas que a Rybakyna além de vencer o torneio fez a final com a Iga em Doha, então passadores de pano arrumem outra desculpa para as derrotas dessa moça, que tem uma técica de jogo fraquissima e vive de dar pancadas na bola e é logico que erra demais pois a brutalidade elimina a técnica.

Leonel
Leonel
2 meses atrás
Responder para  Eduardo

Eduardo. Entendo sua frustração e também a da Bia. Frustração não vai acabar se ficarmos com desculpismos. Sabemos das oscilações dela e não é coincidência que ela jogue muito mais jogos em 3 sets que as outras top. Isso coloca ela mental e fisicamente mais cansada. Deverá corrigir essa sequência de tantos sets a mais num só torneio. Não dá pra reclamar da Bia pq é a única no país nosso tão carente ou mal administrado nesse esporte. É única pra levar essa bandeira. No masculino também temos que valorizar o que temos quandonl ficamos reclamando do Monteiro. Agora é o Wild e a realidade é crua. só teremos ele pra nível ATP e bons jogos contra os tops.

Marcia
Marcia
2 meses atrás
Responder para  Eduardo

Um comentário positivo seria mais eficiente.

Andre
Andre
2 meses atrás

Sou torcedor assíduo, não perco um jogo mas confesso que está ficando cada vez mais difícil assistir um jogo dela . Se for mental está na hora de contratar uma psicóloga para ajudar essa parte, não é possível ! Como costumam dizer por aqui, desse jeito é ladeira abaixo,.

Luciano
Luciano
2 meses atrás

Ladeira abaixo Bia perdeu 10 games seguidos!! E tava ganhando 6/4 E 4/2 3 vez seguida que perde pra essa italiana fora que segunda eliminação seguida em 1 rodada.. muito mal

Wagner Jobson
Wagner Jobson
2 meses atrás

Que surra a Bia levou, 10 (dez) games seguidos. Depois do 2º set ela desapareceu.

Gisele Matias
Gisele Matias
2 meses atrás

Vamos Bia pra próxima! é isso aí

Thiago
Thiago
2 meses atrás

Amarelou. Uma vergonha, simples assim. Hoje não dá pra passar pano. É chorar no hotel e esquecer que esse dia existiu.

Fez o mesmo que o Meligeni na Q3 de RG ano passado. Igualzinho. Só que este é #150. Ela, top 15.

Wagner Jobson
Wagner Jobson
2 meses atrás

Sumiu depois de estar ganhando por 4×2 no 2⁰ set.

Alexandre
Alexandre
2 meses atrás

Inacreditável

Eduardo
Eduardo
2 meses atrás

Eu já disse várias vezes, essa moça é muito fraca tecnicamente, o jogo dela se resume a dar pancada na bola, sinceramente ela estar no ranking que ela está, é uma obra divina, não merecia essa colocação, embora que se tratando de tenis feminino, sabemos muito bem como essas tenistas são irregulares, já passou da hora de trocar o ventríloquo por um treinador de verdade se quiser aprender técnicas que não sejam apenas pancadas na bola, se só sabe dar pancada então chame o John Isner para treina-la. Digam agora que ela perdeu por estar cansada, só não esqueçam que a Rybakyna foi campeã e no Catar foi a final com a Iga

Haroldo Guimaraes
Haroldo Guimaraes
2 meses atrás
Responder para  Eduardo

Eu discordo totalmente de vc. Ela perde tecnicamente somente pra top five. Entre as top 6 ao 20 ela tem o mesmo nivel, vide que esta aí pelo 2o ano consecutivo. Onde ela perde, que eu vejo, é no mental algumas vezes, se fosse sempre, nao ficava no top 20. Só que de repente as outras começaram a ver isso nela e aí eh um perigo. Tá parecendo o Wild nessas horas. Nao adianta ela entrar na mania brasileira do já ganhou…. não adianta ficar com raiva dela mesmo quando erra
.. ou muda esse mental … ou vamos ter altos e baixos= montanha russa, mas quando chegar nos 30/ 35 anos vai ladeira abaixo. A bia ainda vai dar muitas alegrias… mas algumas decepções tb.

Matheus
Matheus
2 meses atrás

É… de cinco torneios, em 3 perdeu na R1. Tá triste

Rodrigo
Rodrigo
2 meses atrás

Precisa trocar seu técnico e sua comissão.
Seu psicólogo.
Rever seu saque, pq ela é uma atleta de 1,85 e a italiana parecia ter mais força nos golpes e no saque.
E se eu fosse seu técnico dava uma pausa e voltava só em março.
Precisa ver oq esta acontecendo com o seu jogo, uma jogadora que chegou ao top 10, habilidade, técnica e capacidade eu sei que tem e muita.
Mas precisa rever alguns pontos.

Davi Silva
2 meses atrás
Responder para  Rodrigo

Comcordo mano, mas no feminino é isso aí, quam é a jogadora que arrasa no saque? Não tem nenhuma

Adalberto
Adalberto
2 meses atrás
Responder para  Rodrigo

Sabalenka sacou a 211km/h e é mais baixa que a Bia! Uma jogadora dessa altura tem que fazer no mínimo 1 ‘ave’ por game, em média! Ace gera empoderamento, que melhora o mental. VQV Bia!

Antônio Luiz Júnior
Antônio Luiz Júnior
2 meses atrás

Com todo respeito e admiração que eu tenho pela BIA, foi uma derrota vergonhosa. Começou muito bem o jogo, e fechou o primeiro set por 6/4 sem quebras, Começou o segundo set quebrando o saque da italiana, e ia jogando bem até fazer 4/2, depois inexplicavelmente saiu completamente do jogo e perdeu o set com duas quebras seguidas por 6 x 4 . No terceiro set não entrou em quadra e levou um pneu vergonhoso. Virou definitivamente, freguesa da italiana , 3 x 0 em confrontos diretos. Momento de repensar muitas coisas, não pode oscilar desta forma, e ser eliminada duas vezes seguidas na primeira rodada. Inexplicável…

Andrade
Andrade
2 meses atrás
Responder para  Antônio Luiz Júnior

Acho que o mais preocupante não foi perder na primeira rodada de um WTA 1000, mas ser derrotada
perdendo 10 games seguidos, terrível! Faltou concentração, foco, etc. Aparentemente não houve problema físico, acredito que tenha sido a parte mental que falhou.

Reginaldo Rabelo
Reginaldo Rabelo
2 meses atrás

Se não cuidar da cabeça vai descer a ladeira

Tenistarj
Tenistarj
2 meses atrás

Desanimador! Ganhando de 6/4 e 4/2 e tomou 10 games seguidos! Ninguém questiona o nivel dela, mas não dá para passar pano.

Viviane
Viviane
2 meses atrás

Não assisti ao jogo, estava acompanhando em tempo real pelo site do torneio. Quando vi que a italiana havia igualado os games no segundo set, desanimei. Até pensei que seria mais uma dura vitória em 3 sets, mas foi pior que isso, infelizmente. Precisa melhorar alguns pontos para conseguir ir bem nos próximos torneios.

Fernando Venezian
Fernando Venezian
2 meses atrás

A adversária é muito boa, mas o mental da brasileira não anda legal! E na minha humilde opinião, esse é o lado mais forte dela! Ou seja, a situação é preocupante

Ari
Ari
2 meses atrás

É inexplicável, queda de rendimento durante um jogo, todo jogador tem, mas a Bia não é de Hoje, que parece que no meio do jogo, da um Tilt, basta a adversária forçar um pouco que ela simplesmente apaga. Com certeza ela precisa de melhorar equipe técnica dela, tá falhando muito.

Matheus Ferreira
Matheus Ferreira
2 meses atrás

Xiii…deu ruim!!!

Fernando r
Fernando r
2 meses atrás

Não adianta exigir da Haddad Maia mais do que ela pode entregar. As limitacoes técnicas, fisicas e mentais dela são flagrantes. Só não enxerga quem não quer. Daí as 3 derrotas para mais uma baixinha com ranking muito pior que o dela. Perder 10 games seguidos para a paolini é demais! Virada até o Djokovic toma. Mas as viradas contra ela são chocsntes. Ela já está com 26 anos e acho dificil um trabalho tecnico ou psicológico que possa muda-la em quadra. Mas temos que reconhecer e aplaudir a permanência no top 20 por tanto tempo. Como ela consegue essa proeza, com esse nível instável de jogo é difícil entender. Mas a torcida continua, mesmo com baixa na esperança de sucesso.

Nataly Matias
2 meses atrás

Sem explicação, Jogo na mão e me perde 10 games seguidos

Odir Cunha
Odir Cunha
2 meses atrás

Acompanhei o jogo e as estatísticas. Bia sacava bem, segura, e tinha vencido 100% dos pontos jogados com o segundo saque. Vencera o primeiro set por 6/4 e tinha 4/2 no segundo. Jasmine sacava com 15/40. Mais uma quebra e a brasileira teria 5/2 e saque, ou seja, mais de 80% da vitória nas mãos. O que eu temia, porém, ocorreu: Jasmine se recuperou no game e diminuiu para 3/4.
Nesse momento receei que a chance desperdiçada mexesse com a cabeça da brasileira. Não deu outra. Bia perdeu o serviço e o jogo ficou empatado em 4 a 4. Comentei com minha mulher que a partir dali, se não segurasse a cabeça, Bia perderia vários games seguidos (mas não imaginei que seriam dez! e que ela levaria um pneu no terceiro set).
Talvez tenha pesado também o fato de nunca ter vencido a pequena italiana (1,69m), 28 anos, com um ranking próximo do 30º lugar. Tudo isso pode influir em um jogo tão psicológico como o tênis. Mas não deveria, ao menos entre tenistas de alto nível.
Em momentos assim é hora de olhar para o lado cheio do copo: Bia ainda tem ao menos mais uma meia dúzia de anos no tênis, seu ranking lhe permitirá jogar grandes torneios e todos os Grand Slams de 2024 e quando está concentrada consegue ser páreo duro para qualquer adversária.
O que lhe falta? Inteligência tática e controle emocional, o que talvez só adquira com o auxílio de bons profissionais da área.

Gabriel
Gabriel
2 meses atrás

se nao mudar a comissão tecnica vai continuar em franca decadência. Pacciaroni foi importante para leva-la ao top-20, merece todos os elogios e agradecimentos. Posto isso, existe um abismo gigantesco entre o trabalho dele e o dos tecnicos top. Bia precisa de um treinador condizente com sua atual faixa de ranking e nivel de jogo, preferencialmente um europeu acostumado com grandes conquistas.

Álvaro Canto de Campos
Álvaro Canto de Campos
2 meses atrás

Vergonhosa derrota!!!

Sérgio
Sérgio
2 meses atrás

Bia Maia nunca será número 1 do mundo infelizmente, pois perde a consistência durante o jogo, incrível isso; toma umas viradas inacreditáveis……

Alexsander
Alexsander
2 meses atrás

Quem aqui conseguir rebater em quadra um saque da Bia, apenas um, ganharia o direito de criticá-la a ponto de descartar sua carreira. Menos fígado e mais bom senso gente, esporte de alto nível não é BBB.

Refaelov
Refaelov
2 meses atrás
Responder para  Alexsander

Ridículo esse comentário, então somente tenistas profissionais podem opinar sobre os jogos? Oras pois se o esporte somente movimenta os milhões q movimenta pelo interesse dos amadores e daqueles q jamais pegaram numa raquete.. quem n aguenta a pressão do julgamento alheio, q vá jogar interclasses nos clubes, pagando para jogar..

Sérgio
Sérgio
2 meses atrás

Posição enganosa no ranking, muito fraca para estar no top 15; as verdadeiras campeãs não sofrem esse tipo de virada.

Wtafan
Wtafan
2 meses atrás
Responder para  Sérgio

No feminino acontece o tempo todo. Aconteceu com a Gauff (campeã do último US Open), semana passada. Vencia por 4×0 da Siniakova, diferença de ranking muito maior, perdeu por 6×4.

Psiquiatra
Psiquiatra
2 meses atrás

Disse ontem que não passava e fui atacado
Ladeira abaixo com pedido de música

Haroldo Guimaraes
Haroldo Guimaraes
2 meses atrás

Eh uma pena que o machucado dela nao esta em alguma parte da cabeça pra baixo do corpo, esse mental tah pra lah de ruim. Eu voltaria soh em abril ou maio no saibro. Achei que ia fechar em 2×0 e apenas acompanhando , sem ver o jogo ao vivo…quando reparei tava iniciando o 3o set. Bia, sem desculpas esfarrapadas, vc tem jogo pra muito mais que isso, agora seu técnico tem que ver como tratar desse mental.

Leo, o realista
Leo, o realista
2 meses atrás
Responder para  Haroldo Guimaraes

Não acho que seja tão mental assim. O jogo dela tem limitações mesmo e falta de planos.
E no piso duro, a concorrência é bem maior que no saibro e grama.

Dilson Silveira
Dilson Silveira
2 meses atrás

Gostaria de saber a opinião dos “analistas de tênis” que a idolatraram há pouco tempo atrás. Alguns chegaram a dizer que podeira ganhar Slam e ser Top Five. Porque se omitem agora ?

Balbino Neto
Balbino Neto
2 meses atrás

Na verdade Paolini jogou um bolão e conseguiu impor uma terceira vitória de virada sobre a Bia Haddad. Também conseguimos perceber Bia meio sem ritmo a partir fo segundo set… Paolini percebeu e aproveitou.

Leo, o realista
Leo, o realista
2 meses atrás

Pneu de uma jogadora de 1,50m é complicado…
Mas piso duro é terrível pra Bia. Aconteceu uma magica ali naquele wta finals B. Que venha logo o saibro…

Fabio
Fabio
2 meses atrás
Responder para  Leo, o realista

Leo não estou levando isso a vc mas a Bia joga muito, mas acredito que o psicológico dela não estava tão bem, pois jogo ela tem e muito, mas se o mental não está bem prejudica demais, mas é algo para ela melhorar, mas como muitos falam que ela não tem jogo para uma top 10, agora me diz como ela já ganhou da Rubakina, da Swiatek, muitos comentários podem ser analisados, eu vejo muito a questão do psicológico, mas vejo que é algo que ela pode melhorar, pronto é isso…Muita gente precisa calar a boca aqui, julga no cru, um bando de infeliz que nem sabe jogar tênis, nojentos…

Moura Toglou
Moura Toglou
2 meses atrás

O último jogo que assisti dela foi contra a Kasatkina. Da maneira exausta como terminou o jogo ficou evidente que não ia conseguir fazer o jogo de duplas e dificilmente se recuperaria fisicamente para o torneio seguinte.
Ela é alta e pesada, não tem boa mobilidade lateral e tem muita dificuldade quando precisa chegar rápido à rede e, pra piorar, parece que perdeu muito do seu condicionamento físico neste início de ano. Por isso, tem que evitar trocas de bola muito longas e precisa vencer em dois sets.
Enquanto não recuperar a forma física, deixar os ralis se alongarem muito e levar o jogo pro terceiro set vai ser praticamente derrota garantida.

Marcelo
Marcelo
2 meses atrás

Logo ela volta para o ranking verdadeiro dela, por volta da posição 50.

Wander
Wander
2 meses atrás

Fraca não tem tênis para estar entre as 20 do mundo, realidade e 100 em diante.

Tikashi
Tikashi
2 meses atrás

A Bia precisa perceber duas coisas no tênis. Saber quando a adversária está gostando do jogo e , incomodando.

Marcelo Takahashi
Marcelo Takahashi
2 meses atrás

Com certeza não foi o resultado que a Beatriz esperava. Jogou bem abaixo do que pode, e nada funcionou. Nem o físico e tampouco o emocional
Com um calendário bem sacrificante, creio que seja o momento da Beatriz junto com a sua equipe em rever os métodos de preparação, mesmo que para isso ela tenha que abrir mão da participação em alguns torneios….

Neto
Neto
2 meses atrás

É. Essa foi demais… Precisa cacifar! Sei lá… Fico na torcida aqui, até porque a nós, pobres mortais, só resta isso mesmo.

Luiz
Luiz
2 meses atrás

A Bia é muito fraca. E câmbio de uma marcha . Não boleia, não tem slice, não tem plano B, o saque não ajuda e não tem touch. Enfim, jogadora para estar em 30 no ranking. Está Paulini é muito fraca.

Gustavo
Gustavo
2 meses atrás

Eu não consigo entender como uma
mulher de 1,85 não consegue se impor com serviço. Terceiro set com 69% de acertos e apenas 33% de ponto vencidos com o primeiro saque. Com o segundo serviço apenas 25%. Como não consegue se movimentar igual sua adversária, fica difícil. Tem que mudar algo…

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja como foi a espetacular vitória de Fonseca sobre Sonego

Nadal pode ter feito seu último jogo oficial em Barcelona

PUBLICIDADE