PLACAR

Swiatek volta a bater Sabalenka e consegue rara dobradinha

Foto: Giampiero Sposito/FITP

Roma (Itália) – Duas semanas após se enfrentarem na final de Madri, a polonesa Iga Swiatek e a bielorrussa Aryna Sabalenka voltaram e medir forças em uma decisão, desta vez no WTA 1000 de Roma. A número 1 do mundo mais uma vez derrotou a rival, conquistando o título no Foro itálico ao marcar parciais de 6/2 e 6/3 na decisão deste sábado, depois de 1h29 de confronto.

Este é o quarto título de Iga na temporada e o 21º na carreira, tendo levantado a taça também em Madri, Indian Wells e Doha. Com a conquista em Roma, ela consegue uma rara dobradinha nos dois principais torneios de saibro na preparação para Roland Garros, algo que apenas a russa Dinara Safina (2009) e a norte-americana Serena Williams (2013) haviam conseguido antes.

Tricampeã no saibro romano, a polonesa vai se aproximando da norte-americana Chris Evert, recordista de títulos no torneio com cinco (1974, 1975, 1980, 1981 e 1982). A atual líder do ranking agora tem tricampeonatos em três torneios. Além de Roma, ela venceu três vezes em Doha in (2022, 2023 e 2024) e Roland Garros (2020, 2022 e 2023).

Swiatek ampliou sua vantagem no retrospecto com Sabalenka, somando sua oitava vitória em 11 partidas, todas elas disputadas desde 2021. No saibro, a polonesa lidera o histórico por 5 a 1, tendo vencido a bielorrussa em Roma pela segunda vez, repetindo a semifinal de 2022.

Domínio da polonesa no 1º set

Depois de sofrer para bater  Sabalenka na final de Madri, a polonesa começou com tudo neste sábado na final de Roma e foi praticamente impecável no primeiro set. Ela cometeu apenas cinco erros não forçados contra 12 da bielorrussa, que não conseguiu se encontrar em quadra e foi presa fácil para a número 1 do mundo, que pressionou bastante nas devoluções, venceu 57% dos pontos e conseguiu duas quebras.

O primeiro break veio já no terceiro game e de forma contundente, batendo o saque da bielorrussa de zero. Sabalenka voltou a enfrentar um break-point no quinto game, mas desta vez se salvou. Porém, no sétimo game, Swiatek teve mais uma chance de quebra e não deixou escapar, abriu 5/2 no marcador e confirmou na sequência para fechar a parcial.

Sabalenka evolui, mas não evita derrota

Na segunda parcial, a vice-líder do ranking conseguiu elevar o nível e pressionou Iga no começo, conseguindo cinco break-poins no segundo game e mais dois no quarto. Só que Sabalenka não aproveitou as oportunidades e acabou pagando caro na reta final. A polonesa cresceu de novo depois do 3/3, conseguiu duas quebras consecutivas e venceu os últimos quatro games do jogo para garantir a vitória.

Swiatek mostrou enorme consistência no decorrer da partida, tanto que anotou 20 erros não forçados a menos do que a adversária (8 a 28). As 18 bolas vencedoras de Sabalenka não compensaram, uma vez que a polonesa teve 11. O saque também fez a diferença com aproveitamento de 68% para a tricampeã de Roma e apenas 50% para a vice.

97 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
DENNIS SILVA
DENNIS SILVA
1 mês atrás

Iga continua quase que imbatível. Tá em outro patamar. Vai ganhar quase tudo. Jogo sólido. Não tem ponto fraco. Essa veio para fazer história

Rogerio Silva
Rogerio Silva
1 mês atrás
Responder para  DENNIS SILVA

Veio no vácuo da Barty

Ricardo
Ricardo
1 mês atrás
Responder para  DENNIS SILVA

Quero ver ela ganhar na grama jogando só assim, pois sem técnica não dar pra ganhar WIMBLEDOM.. kkkkkkkkkkk

Renato
Renato
1 mês atrás
Responder para  Ricardo

Sem técnica? ? ?

Sérgio Ribeiro
Sérgio Ribeiro
1 mês atrás
Responder para  Ricardo

Não tens noção da bobagem que repetes sem parar , parceiro. Iga Swiatek venceu WIMBLEDON 2018 Junior, cedendo apenas um Set. O segredo na Grama Sagrada é conseguir se agachar pelo baixo KICK da bolinha, e ter boa cobertura de quadra. A N 1 é excepcional neste quesito. O Serviço realmente precisava melhorar para esta superfície. Iga está no momento com o melhor aproveitamento no percentual de primeiro e segundo Serviço do Circuito , sacando colocado com inteligência. A única FINAL que fez contra Rybakina venceu em Sets diretos em Doha 2024 . Em 2019 ganhou a jogada do ano com um Drop Shot executado da linha de base. Vamos no mínimo pesquisar antes de postar …rs. Abs!

Luis Ricardo
Luis Ricardo
1 mês atrás
Responder para  Ricardo

Ivan Lendl legenda viva do tenis “NUNCA’ ganhou Wimbledon, assim como nosso GUGA , e nem por isso deixam de serem considerados grandes jogadores e entre os maiores do mundo na sua época . Vc é tão retrogrado que trocou ate seu nome pra tentar enganar , né FLÁVIO …….

Ricardo
Ricardo
1 mês atrás
Responder para  Luis Ricardo

Cara você citou Lendy e Guga que foram bem e não os vi jogar e não sei se você os viu, já lembro um pouco do Guga, no caso do Guga ele mesmo disse que gostaria de ganhar Wimbledon porque sabe que é o maior torneio de tênis do mundo que infelizmente não teve sorte lá

Luis Ricardo
Luis Ricardo
1 mês atrás
Responder para  Ricardo

GRANDES LENDAS do tenis ,não consigueram ganhar lá, e isso não é demérito nenhum , nem deixaram de ser grandes nomes por conta disso, então se a Iga não ganhar lá , não deixara de ser o grande nome do tenis feminino atual.

Marcelo Reis
Marcelo Reis
1 mês atrás
Responder para  Ricardo

Amigo, peço com respeito que pare para pensar antes de falar/escrever. A Iga é top 1 faz mais de 100 semanas, e agora a distância dela para a top 2 é de mais de 3 mil pontos! Ela vem vencendo torneio atrás do outro. Como ela não tem técnica? A menina tem pouquíssimos ENFs em cada jogo, tá jogando um absurdo e tem técnica apuradíssima. Eu hein …

Lucas
Lucas
1 mês atrás

Não tem jeito, é a melhor do mundo!!!

Fernando Venezian
Fernando Venezian
1 mês atrás

Reverenciem a rainha do saibro!!! E os torcedoristas ops rs….quer dizer, os comentaristas da ESPN tentando disfarçar a torcida pra Sabalenka?kkkkkkk….sensacional

Alex Lopes
Alex Lopes
1 mês atrás
Responder para  Fernando Venezian

Fernando não cara, não é isso porque ninguém aguenta mais ver o jogo feio e limitado da Iga prevalecer e o público ficou entediado com a vitória dela e a Ribakina fez falta, pois é a única que pode vencê-la no saibro, espero que a mulher de gelo volte bem, que se voltar, leva Wimbledom.

fbm
fbm
1 mês atrás
Responder para  Alex Lopes

Jogo limitado da número 1 do mundo há dezenas de semanas. Isso aí, Alex.

Fernando Venezian
Fernando Venezian
1 mês atrás
Responder para  fbm

Muitos ainda se negam a aceitar o óbvio! Nenhum atleta limitado fica no topo por tanto tempo! Nenhum atleta limitado empilha tantos títulos!

Fernando Venezian
Fernando Venezian
1 mês atrás
Responder para  fbm

Alguns ainda se negam a aceitar o óbvio! Uma jogadora limitada jamais fica no topo por tanto tempo! Uma jogadora limitada jamais empilha tantos troféus!

Alex Lopes
Alex Lopes
1 mês atrás
Responder para  Fernando Venezian

cara vc não entendeu o que eu disse, eu não estou desmerecendo ela e sim que o jogo dela é limitado porque não tem nenhuma variação técnica acho que vc não quer ver, ok 100 semanas como número 1 parabéns para ela, mas do jeito que ela joga é feio demais e assim vai afastar o público e estou vendo, nesse momento, a final masculina com Jerry e quadra lotada e superior a de ontem se divertindo, então mostra que o jogo da polonesa afasta o público, se discorda eu respeito mas é minha opinião.

Andrade
Andrade
1 mês atrás
Responder para  Alex Lopes

A “limitada” vai ser a maior de todos os tempos, aceita que dói menos…kkkkkkk

Alex Lopes
Alex Lopes
1 mês atrás
Responder para  Andrade

Maior de todos os tempos kkkkkkkkkkkkkk, acorda meu filho será que vc sabe quem foi Serena, que ganhou 23 slam, e Steffi Grafi que ganhou 22 slam e um Golden Slam? Então cai na real rapaz a Iga não deve ganhar mais do que 10 Slam, acorda filho. kkkk

Luis Ricardo
Luis Ricardo
1 mês atrás
Responder para  Alex Lopes

mais de 100 semanas como #1 e com mais de 3000 pontos na frente , tadinha dela , é muito “limitada” …. é muita presunção sua, querer falar por “todos” , apenas um imbecil faz isso. Eu como miles de outros e outras amamos ver a Iga jogar.

Alex Lopes
Alex Lopes
1 mês atrás
Responder para  Luis Ricardo

Não interessa cara, se tem 100 semanas ok parabéns para ela, mas que o jogo dela não é técnico isso não é não, porque o jogo dela é feio demais igual o samba de uma nota só como disse o comentário de alguém aí e a maioria já nota isso, agora ela não vai ganhar mais que 10 slam pode anotar aí.

Luis Ricardo
Luis Ricardo
1 mês atrás
Responder para  Alex Lopes

e 10 slams é pouco ??? que garota do tennis atual pode ganhar mais do que 10 ???

Renato
Renato
1 mês atrás
Responder para  Fernando Venezian

Torcer pra Sabalenka eu tb torço, normal…maluquice é não reconhecer que a Iga é a melhor do mundo e querer tachar de limitada

Viviane
Viviane
1 mês atrás

A Iga tem um mental muito estável. Mesmo com tantos breaks contra, não foi quebrada nenhuma vez. Logo no início do jogo, Sabalenka já demonstrava instabilidade e isso se refletiu no placar: 6×2 no primeiro set. Se for analisar, a Iga nem jogou tudo isso, como comentado na transmissão, Iga jogou pra não errar e quando errou, não foi suficiente para comprometer seu jogo. Pensei q a Sabalenka fosse abusar das curtinhas, mas não foi o q aconteceu. Enfim, Iga chega forte para RG, mas sinceramente, acho que não leva, apesar de ser uma das favoritas.

Ricardo
Ricardo
1 mês atrás
Responder para  Viviane

Viviane se a Ribakina tiver na chave dela e tiver bem a polonesa pode cair para ela, pois ela é o fantasma da polonesa porque é fria e tranquila. Agora RG a polonesa é favorita, mas na grama o seu jogo feio contra boas adversárias não flui a não ser que ela enfrenta a pipoca, Sabalenka, aí ganha.

Viviane
Viviane
1 mês atrás
Responder para  Ricardo

Flávio, é vc? Brincadeiras a parte, Iga já foi campeã junior de Wimbledon em 2018, quem sabe um dia ela reencontre seu jogo na grama? Ela mesma reconhece que seu jogo na grama é bem ruim. Mas tudo pode mudar.

Ricardo
Ricardo
1 mês atrás
Responder para  Viviane

Ora mais uma uma kkkkk, que Flávio o que que ideia, ele deu uma sumida e eu concordo e discordo de alguns comentários dele quando dialogamos aqui, mas ão tenho nada a ver com ele ,portanto não sei de onde tiram isso porque meu nome é Ricardo de Almeida Matos viu kkk, ata sobre a grama isso depende dela ,basta criar outras amas porque na grama quem é bom sacador e tem variação consegue se dar bem, Viviana já vi um vídeo de Wimbledon que a Serena conseguiu muitos pontos na grama só sacando bem e ela não tinha muita variação.

Rogério
Rogério
1 mês atrás

Parabéns pra Iga! Só uma contusão ou o sobrenatural de almeida tiram RG dela

Ricardo
Ricardo
1 mês atrás

É o seguinte hoje comprovou que a Sabalenka não vai ganhar mais nunca da polonesa, de jogo grosso, acho que não ganha nem na grama porque ela já entrou no seu mental fora a pipocada da final de Madri porque ali o jogo da Sabalenka funciona melhor, mas tremeu com matchpoint a favor e lembro que ela tinha um 15×40 e 5×6 no terceiro set e a pipoqueira Sabalenka não conseguiu quebrar o saque pra vencer devido o seu metal e o tiebreak já sabemos o resultado, quando a polonesa tem a chance não perde, então hoje a Sabalenka teve 7 match point só que não conseguiu quebrar nenhum porque o seu metal é inferior ao da IGA e mereceu perder por ter perdido chances, agora se fosse a Ostapenko ou Ribakina, principalmente, eu não tenho dúvida que tinha quebrado o saque da polonesa. Agora para RG acho que só a Ribakina ou um pouco a Ostapenko que assusta a polonesa, pois as outras não creio que tem chances contra ela no saibro, mas na grama sagrada aí é outra história, pois o jogo feio da polonesa dificilmente flui. Agora caso ocorra outro confronto Sabalenka x Iga acho melhor a Sabalenka entregar por WO , né. kkkkkkkkkkkkk

Luis Ricardo
Luis Ricardo
1 mês atrás
Responder para  Ricardo

me explica uma coisa , vc diz que “hoje” a sabalenka teve 7 match point , como assim ?? a Iga já tinha vencido o primer set venceu tbm o segundo , como que a “gritolenka” teve 7macht point ?’

Ricardo
Ricardo
1 mês atrás
Responder para  Luis Ricardo

É verdade Luiz Ricardo eu cometi um erro mesmo, o certo era ter escrevido 7 chances de quebra, valeu cara.

Michael Sousa
Michael Sousa
1 mês atrás
Responder para  Luis Ricardo

Gritolenka, excelente! Detesto essas tenistas com gritaria, se grito ganhasse jogo Sharapova tinha 40 GS!

Rodrigo Soares
Rodrigo Soares
1 mês atrás

Só Rybakina para parar a lenda.

Luiz Álvaro
Luiz Álvaro
1 mês atrás
Responder para  Rodrigo Soares

Cara eu acho também e a Ostapenko pode atrapalhá-la também porque ela bate mais forte a bolinha, mas na grama tem várias porque o jogo limitado da polonesa não funciona, agora a Sabalenka senti ou tem muito medo da polonesa porque ela fica muito instável emocionalmente quando a enfrenta, eu concordo que a final de Madrid ela pipocou para a polonesa que a Ribakina não perderia os matchpoint, mas hoje não e sim que não conseguiu jogar.

Marcelo Reis
Marcelo Reis
1 mês atrás

Já já aparece o …. esquece! :D

A Iga abrindo milhas de distância para as suas adversárias. Sem condições, está em excelente forma!

Última edição 1 mês atrás by Marcelo Reis
Luis Ricardo
Luis Ricardo
1 mês atrás
Responder para  Marcelo Reis

kkkkkkk, eu sei quem é “o” , grosseiro rsrs

Carlos Alberto Ribeiro da Silva
Carlos Alberto Ribeiro da Silva
1 mês atrás

Parabéns Iga Swiatek. Grande vitória. Ganhou com autoridade de uma grande jogadora como a Aryna Sabalenka. Olhando o jogo desta final, dá pra concluir, sem medo de errar, que quem acha que a Iga Swiatek tem um jogo limitado e não tem técnica, é porque tem uma capacidade limitada de análise e não consegue enxergar a grande técnica que a Iga possui que permite a ela imprimir potência, precisão e eficiência em seu jogo, de modo que consegue dominar a grande maioria de suas adversárias, independentemente do ranking que estas possuem.

Alex Lopes
Alex Lopes
1 mês atrás

Me fala onde que está a técnica da polonesa Carlos Alberto Ribeiro da Silva? kkkk Acorda rapaz e não me venha dizer que jogo de fundo de quadra é técnico porque não é, entre a opinião do Meligene e a sua prefiro ficar com a opinião do ex-tenista porque ele sabe muito, agora a Iga tecnicamente ela é ruim sim, mas fisicamente ela sobra sendo muito eficiente, acho que RG só a Ribakina a assusta porque é tranquila e tem histórico melhor, pois Sabalenka é pipoca e a Coco é instável o saibro, espero que o sorteio não privilegie a polonesa e equilibre as chaves. RG a Iga tem favoritismo e Wmbledom se a Ribakina, caso esteja bem, é favorita na grama.

Carlos Alberto Ribeiro da Silva
Carlos Alberto Ribeiro da Silva
1 mês atrás
Responder para  Alex Lopes

Leia o Blog da Patricia Medrado aqui no Portal Tenisbrasil Uol: “A nova rainha do tênis”. https://tenisbrasil.uol.com.br/a-nova-rainha-do-tenis.html
Acho que a Iga tem técnica sim. Uma coisa é ter capacidade atlética pra chegar na bola. Isso a Iga e outras jogadoras têm. Outra coisa é chegar na bola, bater nela, tanto na cruzada quanto na paralela, e conseguir fazer essa bola passar por cima da rede e cair na quadra adversária, fora do alcance da oponente. Isso a Iga consegue na maioria das vezes e algumas outras, de vez em quando. Pra fazer isso precisa ter habilidade no movimento do pulso/punho e isso se chama técnica. Se você quer me fazer mudar de opinião, apresente um outro argumento que esses que apresentou não me convenceram. Além disso, você está demonstrando que é um adepto da Teoria da Conspiração em que, pra justificar as suas opiniões, você desmerece muitas jogadoras de boa qualidade, resiste em reconhecer o grande valor da Swiatek, e dá a entender que jogar contra a nº 1 do ranking é uma tarefa fácil. Não consegue perceber que os erros das adversárias da Iga ocorrem principalmente pelo fato destas adversárias sentirem a pressão de ter que arriscar e buscar os seus melhores golpes para conseguirem superar a polonesa.

Alex Lopes
Alex Lopes
1 mês atrás

Cara vc não respondeu a minha pergunta, onde esta a técnica da polonesa se ela não sabe usar nenhum drop shot e nem voleio e nem smash ? Estou esperando sua resposta. rsrs.

José Nilton Dalcim
Admin
1 mês atrás
Responder para  Alex Lopes

Claro, Flávio… então não existe técnica para bater uma paralela cheia de spin por fora da quadra? Não existe técnica para bater um backhand cruzado angulado? Não existe técnica num saque quique aberto na esquerda? Não existe técnica no contragolpe na corrida? Caia na real, por favor.

Luis Ricardo
Luis Ricardo
1 mês atrás
Responder para  Alex Lopes

quem sabe mais vc ou a Paty Medrado ??? se vc acha que ser agressivo e preciso do fundo da quadra , não requer técnica então, é VC que não sabe nada de tenis , voleio , smash , são golpes OCASIONAIS vc usa ocasionalmente e se precisar. Fundo de quadra é 80% ou mais do jogo e nisso ela é quase perfeita .
Drop shot ???? a Onz Jabur é a rainha dos drop shot e , o que ela ganhou ???

Alex Lopes
Alex Lopes
1 mês atrás
Responder para  Luis Ricardo

Respeito a opinião dela,só que discordo e também respeito a opinião do Meligene, ou não pode?

Carlos Alberto Ribeiro da Silva
Carlos Alberto Ribeiro da Silva
1 mês atrás
Responder para  Alex Lopes

Quem disse que ela não sabe usar? O fato dela não usar não quer dizer que não saiba fazer. Ela já usou várias vezes drop shot, voleios e smashs. É só você prestar atenção nos jogos que, uma vez ou outra, ela usa. Mas esses golpes não estão entre os principais pelo seu estilo de jogo. E na característica principal dela de golpes potentes, precisos e angulados, ela coloca muita técnica sim, porque tem um índice de acerto muito grande. Você consegue perceber isso ou não? Você acha que técnica é só saber executar os drop shots, voleios e smashs, é? Se você fosse o técnico e o seu pupilo executasse um drop shot e permitisse ao adversário chegar na bola e marcar o ponto, você estaria satisfeito? Da mesma forma, se o seu comandado executasse um voleio ou smash e perdesse o ponto, você estaria satisfeito com a técnica que ele mostrou? O mais importante é mostrar um jogo técnico ou ganhar o ponto? Se eu fosse tenista profissional com certeza não te contrataria como técnico. Simplesmente por causa da sua filosofia ingênua e fantasiosa de ver um jogo. O jogo de tênis, como toda modalidade esportiva, é uma competição. Ganha quem consegue fazer mais pontos e não quem mostra mais técnica. Aliás, na minha opinião, quem não consegue enxergar técnica no jogo da Iga, tem uma deficiência de percepção. Sem técnica ela não teria o índice de acerto de golpes tão alto como tem.

DENNIS SILVA
DENNIS SILVA
1 mês atrás

Exatamente. Tem gente que fala tanto da Serena como a melhor de todas, e que de fato foi uma jogadora extraordinária, mas esquece que que ela não dava slice, Drop shot. Serena ganhava muitos pontos livres em virtude de ter um saque muito rápido em relação às demais jogadoras. Saque igual a muitos caras do circuito.

Carlos Alberto Ribeiro da Silva
Carlos Alberto Ribeiro da Silva
1 mês atrás
Responder para  DENNIS SILVA

Perfeito. Cada jogadora tem uma característica e tem que aproveitar o que tem de melhor nessas características pra conseguir os resultados. A questão de buscar ou usar outros fundamentos depende da necessidade. Se as adversárias começarem a neutralizar o jogo da Iga e conseguirem vencê-la com mais frequência, com certeza ela será obrigada a buscar outras alternativas pra retomar o caminho das vitórias. Enquanto isso não acontece, ela vai jogando o seu jogo agressivo sem tanta variação, vai conquistando vitórias e torneios, e assim escrevendo o seu nome na história.

Ricardo
Ricardo
1 mês atrás
Responder para  DENNIS SILVA

Dennis você se esquece que a Serena era uma grande sacadora e isso é um diferencial, por isso não era só pancadaria agora eu nunca vi a Steffi Grafi jogar porque não era da minha época, mas aí fui dar uma pesquisada sobre ela, meu Deus ela tem números assustadores e jogava com backrand de uma mão isso é genialidade demais e vi que ela ganhou um Golden Slam que nem Djokovic conseguiu, então cara além de 22 slam ,107 títulos no total, que ganhou a Steffi foi maior do que a Serena que teve 23 slam.

José Nilton Dalcim
Admin
1 mês atrás
Responder para  Ricardo

Flávio, pelo amor de deus, Serena não era só pancadaria? Que tênis você andou assistindo?

Marcelo Reis
Marcelo Reis
1 mês atrás
Responder para  José Nilton Dalcim

Um momento, um momento!

*pausa para risos*

O Alex Lopes e o Ricardo são pseudônimos do mesmo Flávio? Não é possível isso rsrsrs. Quero acreditar que não são a mesma pessoa.

YAN
YAN
1 mês atrás
Responder para  Marcelo Reis

Pior que é verdade, Marcelo. Eu já desconfiava disso pelo jeito de escrever e as idéias que os fakes defendem, mas não quis falar nada pra não criar polêmica mas achei muito bom o Dalcim fazer essa revelação porque o Flavio já tá ficando chato e repetitivo quando o assunto é Iga Swiatek, tanto é verdade que ele mesmo sabe disso, e vem usando nomes falsos pra fazer seus comentarios, lamentavel esse tipo de situação, já não é mais engraçado faz tempo, pelo contrario.

Marcelo Reis
Marcelo Reis
1 mês atrás
Responder para  YAN

Rapaz, se ele foi capaz de criar nomes falsos só para poder postar aqui sem sofrer “críticas”, deu muito errado – e tudo é possível rsrs. Que medo é esse? Vá entender …

Última edição 1 mês atrás by Marcelo Reis
Patricia
Patricia
1 mês atrás
Responder para  Marcelo Reis

E além desses 2 , detectei tb o
” Luis Álvaro ” …é fácil, longos discursos com a palavras ” limitada, paspalha, incompetente, pipocou ” é dito cujo
Começou logo depois da vitória da Iga em Madri

Fred Magalhães
Fred Magalhães
1 mês atrás

Líder e melhor jogadora da WTA. incontestável. Iga está pelo menos um degrau acima das demais. Aqui, do conforto do meu sofá, vejo pouquíssimas brechas em seu jogo, talvez o segundo saque. De resto vai caminhando a passos largos para se tornar uma das maiores de todos os tempos no tênis feminino em termos de números e títulos, ainda que não tenha um jogo empolgante, sua eficiência impressiona.

Luiz Álvaro
Luiz Álvaro
1 mês atrás
Responder para  Fred Magalhães

Na grama o jogo feio dela não prevalece FRED , agora não é por nada não mas o tênis feminino esta limitado porque fora da grama só a Ribakina consegue ganhar da polonesa. Agora cadê as opiniões do Flávio, que até acho bom os comentários dele mas ele tem um tempo que não vem cá, parece que o jogo feio da Iga esta o afastando daqui, volta logo cara. kkkkk

Luis Ricardo
Luis Ricardo
1 mês atrás
Responder para  Luiz Álvaro

jogo da grama ?? quantos torneios importantes existem na grama ??só um né …..
e dai se ela não vai bem na grama , ainda assim ela é no momento, a melhor jogadora do circuito e não é apenas no saibro ,,veja os torneios que ela já ganhou em outras superficies. y por se vc não sabe lendas do tenis como Ivan Lendl e o Guga nunca ganharam Wimbledon…

DENNIS SILVA
DENNIS SILVA
1 mês atrás
Responder para  Fred Magalhães

Concordo plenamente

Rockton
Rockton
1 mês atrás

Iga parece o Demônio da Tasmânia do desenho animado. Vai para cima devorando tudo que vê pela frente. Nível de intensidade absurdo, abaixadinha o tempo todo, centro de gravidade baixo e aí se movimenta muito rápido. Sem contar o mental inabalável.
Só vai parar quando se machucar, pois é difícil se manter saudável com esse nível de intensidade.

Alex Lopes
Alex Lopes
1 mês atrás
Responder para  Rockton

Rockton no saibro acho só a Ribakina ou Ostapenko para ganhar dela, mesmo assim é difícil porque ela é mais adaptada ao saibro, mas na grama a história é outra porque ali boas sacadoras e boa variação de jogo consegue inibir a pancadaria.

José Nilton Dalcim
Admin
1 mês atrás
Responder para  Alex Lopes

A grama tem variação de jogo maior que o saibro? Definitivamente você anda vendo outro jogo de tênis.

Neri Malheiros
Neri Malheiros
1 mês atrás

E novamente o mental de Iga Swiatek prevaleceu nos momentos decisivos. Isso fica claro no desperdício de todas as mesmas chances de quebra por parte de Aryna Sabalenka e no abuso de ENFs, quase sempre por afobação. Qualquer vacilo contra a polonesa costuma custar muito caro.

Iga tem sido acompanhada de perto pela psicóloga Daria Abramowicz desde que despontou no circuito e não tenho dúvida do quanto isso deve influenciar na sua postura em quadra.

Bem que Aryna e Bia podiam seguir o exemplo de Iga e ter um acompanhamento sistemático de um(a) profissional que cuide da mente durante os confrontos. Se as duas não tiverem grana suficiente para isso, poderiam repartir as custas (risos). O único complicador seria em um enfrentamento direto, mas dá para fazer acordos de equivalência.

Carlos Alberto Ribeiro da Silva
Carlos Alberto Ribeiro da Silva
1 mês atrás

Apenas para lembrar para aqueles que colocam em dúvida e ironizam sobre as chances da Iga ganhar o Torneio de Wimbledon/2024, lembro que a polonesa foi campeã juvenil de Wimbledon em 2018 e em 2023 chegou até às quartas de final, quando perdeu pra Elina Svitolina. Ou seja, ela pode não estar entre as grandes favoritas ao título, mas terá boas chances na grama sagrada de Wimbledon/2024.

Luciana
Luciana
1 mês atrás

Comentário perfeito, Carlos. Eles falam como se ela não tivesse passado da 1ª rodada.

Alex Lopes
Alex Lopes
1 mês atrás
Responder para  Luciana

O Carlos Alberto vem justificar ao mencionar torneio juvenil o amigão esta viajando pra que piada kkkk

Ricardo
Ricardo
1 mês atrás

Carlos Alberto Riberio da Silva só se enfrentar a pipoca, Sabalenka, na final, ou facilitarem a chave para ela aí concordo contigo. kkkkkkkkkkkkkk

Carlos Alberto Ribeiro da Silva
Carlos Alberto Ribeiro da Silva
1 mês atrás
Responder para  Ricardo

Olá, Flavio, quer dizer, Ricardo. O seu estilo de comentário te entrega. O seu comportamento é típico de hater. A Sabalenka chegou a duas finais seguidas de WTA 1000 e você vem desmerecê-la, chamá-la de pipoca, como se fosse fácil ganhar a final, apenas para não reconhecer o grande valor da campeã dos WTAs 1000 de Madri e Roma/2024. Isso é uma enorme apelação. Quanto às chances da Iga ganhar Wimbledon/2024, acho que são boas. Ela já ganhou no juvenil em 2018, então não seria uma novidade total pra ela. E. Roland Garros, apesar de ser a maior favorita, precisará manter o ritmo pra conseguir confirmar o favoritismo. Ninguém ganha de véspera.

Cristiana
Cristiana
1 mês atrás

Esperando aqueles chatos, ops, comentaristas virem dizer que o tenista feminino é inconstante, oscila demais, nível muito fraco blá-blá-blá
Em um torneio que o Djoko caiu cedo, aliás …

Alex Lopes
Alex Lopes
1 mês atrás
Responder para  Cristiana

Oscila sim Cristiana e o tênis feminino atual esta limitado, embora teve bons jogos como Svitolina x Sabalenka, a semi e a final de Madrid que a Sabalenka entregou para Iga, só que o tênis masculino tem muitos jogos bons agora vc citou o Djoko que caiu cedo porque ele e o Nadal estão quase no fim de carreira, mas não dar para comparar o nível deles com o tênis feminino ,pois eles são lendas vivas do tênis e o atual tênis feminino ainda não tem nenhuma lenda a última foi a Serena.

Carlos Alberto Ribeiro da Silva
Carlos Alberto Ribeiro da Silva
1 mês atrás
Responder para  Cristiana

O estádio estava cheio hoje na final feminina.

Mitzi
Mitzi
1 mês atrás

Em Abril/2024: “Não sou de assistir muito tênis, prefiro assistir tênis masculino do que feminino, sinto que há mais estratégia e é mais interessante de assistir (risos)”, disse Sabalenka.”

Tá ceeeeeerta, gosto é gosto ! Amanha vai assistir a final masculina com sua bandejona de vice ao lado !kkkkk

Ricardo
Ricardo
1 mês atrás
Responder para  Mitzi

Cara ela falou isso? kkkk Tudo bem que o tênis masculino é melhor porque o nível lá é outro, agora ela falando isso acho que não é legal pra ela e acho que depois do atropelo que levou hoje deveria procurar um bom exorcista para espantar a Iga da sua mente porque ela acabou com seu mental, desde a pipocada de Madrid. kkkk

Francisco Farias de Menezes
Francisco Farias de Menezes
1 mês atrás

A polonesa é espetacular, da-lhe Iga!

zeke
zeke
1 mês atrás

Iga me lembra muito o Agassi no auge.

Luiz
Luiz
1 mês atrás

É o samba de uma nota só

Francisco Bráulio
Francisco Bráulio
1 mês atrás

Não entendo: jogo tênis não permite menor barulho platéia; entretanto permite jogadora aos berros cada jogada. Isso não desestabiliza adversária? atitude deveria ser revista.

Carlos Alberto Ribeiro da Silva
Carlos Alberto Ribeiro da Silva
1 mês atrás
Responder para  Francisco Bráulio

Os gritos que os jogadores e jogadoras dão durante os jogos acredito que seja pelo esforço que fazem quando vão bater na bola pra mandar para o outro lado da rede. Esses gritos acredito que sejam a regra, uma situação normal de jogo. Um jogador ou jogadora que joga em silêncio penso que é a exceção.

Luciana
Luciana
1 mês atrás

Excelente campanha, jogou consistente todo o torneio, assim como Madri e o resultado não poderia ser diverso. O que poderia ser diverso são os comentários, afinal, toda vez que Iga predomina e demonstra uma vez mais o quão boa consegue ser no saibro e nas quadras duras, há comentários do tipo: “Ah mas em Wimbledon…”, “Se a Rybakina…”, “Se a Ostapenko”. Talvez fosse necessário menos paixão e mais senso de realidade para reconhecer de fato o domínio da polonesa. Se as demais fossem mais consistentes, certamente estariam a mais de 100 semanas como nº1, teriam vencido 4 WTA1000 no ano, assim como chegariam em mais semifinais.
Iga não é imune a falhas, tem um serviço que pode e deve ser melhorado, todavia, há méritos também, Doha, Indian Wells, Madrid e Roma que o digam. Por enquanto, segue sendo uma das melhores, junto à Sabalenka e Rybakina.

Alex Lopes
Alex Lopes
1 mês atrás
Responder para  Luciana

Em Madrid a Sabalenka amarelou, hoje não porque foi completamente dominada por isso não se esqueça disso Luciana. Agora a Iga se mantendo no topo jogando só assim não é legal para o tênis feminino não.

Luciana
Luciana
1 mês atrás
Responder para  Alex Lopes

Olá Alex/Flávio. Sabalenka amarelou em Madrid? O que seria bom para o tênis feminino? Consistência não é bom?

Última edição 1 mês atrás by Luciana
Alex Lopes
Alex Lopes
1 mês atrás
Responder para  Luciana

Que Flávio oq eu garota, eu hein que ideia, agora acho que consistência é bom sim.

Carlos Alberto Ribeiro da Silva
Carlos Alberto Ribeiro da Silva
1 mês atrás
Responder para  Luciana

Conforme a Iga for conquistando títulos, os críticos vão ficando mais raros. Quando aparecerem, ficarão constrangidos e sem argumentos objetivos, apenas subjetivos. Os críticos incoerentes sempre usam o “se” pra justificar algumas projeções subjetivas. “Se a Rybakina”. A Rybakina jogou o WTA 1000 de Madri e não enfrentou a Iga porque perdeu na semifinal para a Sabalenka. Ou seja, nâo fez a sua parte. “Se a Ostapenko”. A Ostapenko estava no WTA 1000 de Roma e perdeu pra Sabalenka nas quartas de final, A letã também não fez a sua parte. E é sempre assim, os resultados, que são objetivos, sempre prevalecem sobre as suposições, que são subjetivas.

Luciana
Luciana
1 mês atrás

Completamente de acordo com seu comentário, Carlos. Não há problema algum em reconhecer o mérito de um tenista quando o merece. Perceba que se a Iga perde, ela é superestimada, apenas recebeu o espólio da Barty, se porventura vença, é somente porque não está jogando na grama ou contra as rebatedoras que mais lhe causam danos. Cansativo, no mais, 1GA é gigante.

Sidney
Sidney
1 mês atrás

hIGAmonia.
Essa aí é uma máquina de vitórias

jmqueiroz88
jmqueiroz88
1 mês atrás

A bielorussa está virando a freguêzenka da Iga. A polonesa tem tudo pra implementar uma dinastia.

Andre
Andre
1 mês atrás

Bem que a Iga poderia emprestar um pouco a psicóloga dela para nossa Bia Haddad, não é ? Iria ajudar um bocado.

João Sawao ando
João Sawao ando
1 mês atrás
Responder para  Andre

A Bia já tem psicóloga do cob

Luis Ricardo
Luis Ricardo
1 mês atrás
Responder para  João Sawao ando

mas parece que não é muito bom não….rsrs

PRGF
PRGF
1 mês atrás

A Iga em uma hora e meia passou por cima só da número dois do mundo…

E esses dias muita gente detonando a Bia por ter perdido para a Iga no 3o set… Chegaram até a sugerir que ela focasse nas duplas…

Iga e Sabalenka fazem parte de um grupo de “gigantes” e a Bia conquistou o direito de fazer parte desse mundo… Mesmo que seja muito criticada onde mais deveria ter apoio…

Luis Ricardo
Luis Ricardo
1 mês atrás
Responder para  PRGF

disculpa migão …. a Bia esta “muito longe” de fazer parte desse grupo de gigantes,,,

trackback

[…] semanas atrás, neste sábado ela levantou a taça do WTA 1000 de Roma pela terceira vez, de novo superando a bielorrussa Aryna Sabalenka na decisão com o placar final de 6/2 e […]

Kario
Kario
1 mês atrás

Os desafetos dão como certeza uma derrota da Iga em Wimbledon. Não é nem q seja o provável, já q ela tem o jogo “limitado” – é a verdade absoluta. Mas qual era a opinião da galera sobre a possibilidade de algum dia o Nadal vencer Wimbledon? Vencer Wimbledon duas vezes? Vencer o Australian em 2022? Será q não se pode garantir nada com relação aos melhores, já q eles sao os melhores justamente pq se superam?

Kario
Kario
1 mês atrás
Responder para  Kario

Será q eles não percebem q nao se pode garantir nada com relação aos melhores…. (editando)

Carlos Alberto Ribeiro da Silva
Carlos Alberto Ribeiro da Silva
1 mês atrás
Responder para  Kario

Se conseguir se manter saudável, aposto na Iga ganhando Wimbledon e Austrália Open até 2026 que é quando completará 25 anos.

Milton
Milton
1 mês atrás

Para bater Iga só uma tenista. O nome dela é Bia Hadad.

Luis Ricardo
Luis Ricardo
1 mês atrás
Responder para  Milton

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk boa !!!

Luis Ricardo
Luis Ricardo
1 mês atrás

GENTE !!! o Flávio admirador incondicional da maquina IGA , mudou seu nome , agora entra como “Ricardo”…… pq será ??? rsrs

Patricia
Patricia
1 mês atrás
Responder para  Luis Ricardo

” Ricardo ” , ” Alex Lopes ” , ” Luis Álvaro “

Ricardo
Ricardo
1 mês atrás
Responder para  Luis Ricardo

Cara vc é estranho, quer dizer que se aparecer pessoas que pensam diferente é igual ao outro, realmente parece que vc esta estranho, cuidado cara.

trackback

[…] o tetra, depois de fazer uma excelente temporada de preparação na terra batida europeia, com títulos em Madri e Roma, além de uma semi em Stuttgart. Sua principal ameaça segue sendo a bielorrussa Aryna Sabalenka, […]

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Alcaraz e Murray: treino entre campeões em Queen's

Os melhores lances da campeã Boulter na grama de Nottingham

PUBLICIDADE