PLACAR

Shelbayh derruba Medjedovic e está mais perto de jogar o 1º Slam

Abdullah Shelbayh (Foto: Hamish Blair/Tennis Australia)

Melbourne (Austrália) – No encontro entre dois nomes da nova geração do circuito, o jordaniano Abdullah Shelbayh levou a melhor sobre o sérvio Hamad Medjedovic e chegou à rodada final do quali do Australian Open, vencendo a partida desta quinta-feira por 6/7 (2-7), 7/6 (7-5) e 6/2.

A vitória em Melbourne serviu como uma revanche para Shelbayh, que havia perdido do sérvio no ano passado durante o Next Gen ATP Finals. Em comum entre esses dois jogadores também está o fato de serem acompanhados de perto por lendas do esporte, já que o jordaniano treina na academia de Rafael Nadal, enquanto o sérvio é um pupilo de Novak Djokovic desde o juvenil.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

Canhoto de 20 anos e atual 193º do ranking, Shelbayh pode se tornar o primeiro jordaniano a disputar uma chave principal de Grand Slam. Para isso terá que vencer o australiano Omar Jasika, que bateu o norte-americano Zachary Svajda por 7/5, 4/6 e 6/2.

Outro representante da nova geração a avançar foi o croata Dino Prizmic, que bateu o compatriota Duje Ajdukovic por 7/5 e 6/0. Ele agora enfrenta o tunisiano Aziz Dougaz. Também de 18 anos, o tcheco Jakub Mensik venceu o italiano Federico Gaio por 6/4, 3/6 e 6/3. Seu próximo rival é o francês Harold Mayot, algoz do boliviano Hugo Dellien por 6/0 e 6/3.

A rodada, aliás, foi boa para os franceses. Giovanni Perricard, de apenas 20 anos, passou pelo suíço Marc-Andrea Huesler por 7/6 (7-3), 3/6 e 7/5. Seu próximo rival é o compatriota Hugo Grenier, que bateu o norte-americano Maxime Cressy por 4/6, 6/2 e 6/3. Também avançaram Hugo Gaston e Terence Atmane. Já Kyrian Jacquet perdeu por 7/5 e 6/4 do sul-africano Lloyd Harris.

Goffin mais perto da chave

O ex-número 7 do mundo David Goffin conseguiu sua segunda vitória. O belga superou o britânico Billy Harris por 3/6, 6/3 e 6/2. Seu último rival no quali é o canadense Gabriel Diallo, que bateu o francês Pierre-Hugues Herbert por 4/6, 6/4 e 7/6 (10-8). Aos 33 anos, Goffin tenta chegar à chave principal de Melbourne pela 10ª vez na carreira.

Os argentinos Camilo Ugo Carabelli e Santiago Taverna são os únicos argentinos na rodada final do quali. Carabelli venceu o italiano Riccardo Bonadio por 6/1 e 6/4 e vai enfrentar o holandês Jesper de Jong, algoz de Felipe Meligeni. Já Taverna venceu o húngaro Zsombor Piros por 6/2, 3/6 e 7/6 (10-8) e desafia o italiano Flavio Cobolli, cabeça 2 do quali.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE