PLACAR

Sakkari volta às quartas, Yuan vence 9ª seguida

Foto: BNP Paribas Open

Indian Wells (EUA) – Com ótimo retrospecto recente no WTA 1000 de Indian Wells, Maria Sakkari chega pelo terceiro ano seguido às quartas. Vice-campeã em 2022 e semifinalista no ano passado, a grega avançou na competição depois de vencer nesta quarta-feira a jovem francesa de 21 anos Diane Parry, 61ª do ranking, por 6/2, 3/6 e 6/3 em 2h11 de partida.

“Eu digo a cada partida que amo muito esse lugar. Acho que jogo melhor aqui que em qualquer outro torneio, apenas porque quero ficar aqui o máximo que puder”, disse Sakkari, bastante emocionada na entrevista em quadra. “Coisas boas estão acontecendo. Tenho que aproveitar o ambiente e a torcida. Obviamente, terei um jogo duro amanhã e espero seguir até o final do torneio”.

Depois de ter dominado o primeiro set, mas perdido a segunda parcial com apenas uma quebra, a grega precisou mostrar poder de reação no terceiro. Parry, que executa o backhand com apenas uma mão e utilizava muito bem os slices, chegou a liderar o último set por 3/2 com quebra acima. Mas Sakkari, com seu jogo de muita potência nos golpes, mas sendo um pouco mais paciente nos ralis, buscou a virada e fez cinco games seguidos. Ela fez 21 a 13 nos winners e cometeu 34 erros contra 37 da francesa.

“Tenho um pouco de experiência nesse tipo de jogo, não é a primeira vez que estava com uma quebra abaixo no terceiro set. Fui corajosa e controlei bem as emoções e consegui devolver a quebra e virar o jogo”, explica a grega de 29 anos, que começou a treinar com David Witt, ex-técnico de Jessica Pegula. “Preciso dar crédito a ela, é uma grande jogadora e fez uma partida incrível. Foi a primeira vez que nos enfrentamos”.

A adversária de Sakkari nas quartas de final será a norte-americana Emma Navarro, 23ª colocada e algoz da vice-líder do ranking Aryna Sabalenka. Elas já se enfrentaram duas vezes, com uma vitória para cada lado. Navarro venceu no ano passado em San Diego, mas a grega deu o troco há três semanas, em Dubai. O reencontro será nesta quinta-feira às 22h (de Brasília) no Estádio 2.

Yuan derruba Kasatkina e desafia Gauff
A última jogadora a se classificar para as quartas foi a chinesa Yue Yuan, 49ª do ranking, que conseguiu uma grande virada sobre a russa Daria Kasatkina, número 12 do mundo e finalista em 2018, com parciais de 6/4, 3/6 e 6/3 em partida com 2h30 de partida. Esta foi a nona vitória seguida de Yuan, que há dez dias conquistou seu primeiro WTA em Austin.

A chinesa de 25 anos estava perdendo por 6/4 e 3/1, quando salvou quatro break-points. Ela igualou o segundo set, mas voltou a ter o serviço quebrado. Kasatkina esteve a dois games da vitória em sets diretos e não conseguiu fechar. No terceiro set, a chinesa conseguiu três novas quebras e virou o jogo. “Estou muito emocionada agora. Antes da partida, tentei não pensar no ranking dela e apenas dar o meu melhor. Eu tinha que dar 100% em quadra e não dar pontos de graça. Estou muito feliz por ter conseguido”, disse Yuan, que fez 29 a 21 nos winners e cometeu 46 erros contra 41.

A próxima adversária de Yuan é a norte-americana Coco Gauff, número 3 do mundo, em jogo marcado para às 19h desta quinta-feira. A chinesa busca sua segunda vitória contra top 10, depois de já ter eliminado a compatriota Qinwen Zheng. “Sei que ela é uma jogadora muito famosa e campeã de Grand Slam, mas não tenho nada a perder”.

2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Ramiro Cora
Ramiro Cora
1 mês atrás

A Yue Yuan tava no 49º colocação… agora já deve rondar o 37º do ranking… E, se ganhar da Gauf… quem sabe.
Nesta semana ela Já bateu em 2 top-11 (Q. Zhen e Kasatkina);
Como eu ja afirmei no início deste ano: as tenistas chinesas crescem lenta mas inexoravelmente

João Sawao ando
João Sawao ando
1 mês atrás

Torcendo pela yuan e pela emma

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja como foi a espetacular vitória de Fonseca sobre Sonego

Nadal pode ter feito seu último jogo oficial em Barcelona

PUBLICIDADE