PLACAR

Rune consegue revanche, Hurkacz ainda mira o Finals

Foto: Antonio Vasquez/Swiss Indoors Basel

Basileia (Suíça) – Principal cabeça de chave do ATP 500 da Basileia, Holger Rune estreou com vitória no torneio suíço em quadras duras e cobertas. O jovem dinamarquês de 20 anos e número 6 do mundo conseguiu uma importante virada contra o sérvio Miomir Kecmanovic, 55º do ranking, com parciais de 1/6, 7/6 e 6/3 em exatas 2h de partida.

Essa vitória representou uma revanche para Rune, que havia sido derrotado por Kecmanovic na semana passada em Estocolmo. Além disso, ele marca apenas segunda vitória nos últimos oito torneios que disputou. Finalista na edição passada do torneio, Rune enfrenta nas oitavas de final o argentino Sebastian Baez, 29º do ranking. O histórico de confrontos está empatado por 1 a 1.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

O polonês Hubert Hurkacz, número 11 do mundo e que recentemente conquistou o Masters 1000 de Xangai, estreou vencendo o sérvio Dusan Lajovic por 7/6 (7-2) e 6/3. Hurkacz disparou 18 aces na partida desta terça-feira continua firme na busca por uma vaga no ATP Finals em Turim. Seu próximo rival será o alemão Jan-Lennard Struff, 27º do ranking e vencedor dos dois duelos anteriores entre eles.

Outros dois cabeças de chave estrearam com vitória. O australiano Alex de Minaur venceu o argentino Diego Schwartzman com um sólido duplo 6/4. Seu próximo rival é o holandês Tallon Griekspoor, algoz de Thiago Wild, atual número 1 do Brasil na ATP. Já o chileno Nicolas Jarry venceu uma intensa partida de 3h14 contra o francês Adrian Mannarino por 7/6 (8-6), 6/7 (2-7) e 6/4. Ele pode enfrentar o também francês Ugo Humbert ou o norte-americano Marcos Giron.

Suíços têm rumos opostos na rodada

A rodada desta terça-feira na Basileia trouxe rumos opostos para os dois tenistas suíços em quadra. Dominic Stricker, um jovem talento de apenas 21 anos e que recebeu um convite dos organizadores, fez valer a oportunidade ao derrotar Benjamin Hassan, do Líbano, com um sólido 7/6 (7-2) e 6/2. Stricker pode enfrentar o norueguês Casper Ruud, segundo cabeça de chave do torneio, ou o cazaque Alexander Bublik, campeão na Antuérpia no último domingo.

Por outro lado, o experiente Stan Wawrinka, aos 38 anos, foi eliminado pelo russo vindo do quali Alexander Shevchenko, em sets diretos com parciais de 6/3 e 7/6 (10-8). Shevchenko pode enfrentar o norte-americano Taylor Fritz ou o australiano Max Purcell. Já Wawrinka perde mais uma oportunidade de conquistar o título em seu torneio de casa. Ex-número 3 do mundo e vencedor de três Grand Slam, ele é o atual 45º do ranking e tem comom melhores campanhas na Basileia as semifinais de 2006 e 2011.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE