PLACAR

Queen’s pode ter chave feminina após 50 anos, diz jornal

Foto: Luke Walker/Getty Images (ATP Tour)

Londres (Reino Unido) – Prestigiado evento preparatório para Wimbledon, o torneio de Queen’s poderá retornar ao calendário feminino a partir de 2025, após pouco mais de 50 anos desde a última participação das mulheres. Segundo a BBC, há negociações avançadas para concretizar o acerto, mas por enquanto os planos ainda não foram aprovados.

Caso seja confirmado, especula-se que o torneio aconteça em junho, abrindo a temporada de grama logo após a disputa de Roland Garros. Além disso, o torneio de Eastbourne deverá ser rebaixado para a categoria 250, tornando assim o evento de Queen’s o único WTA 500 realizado no Reino Unido antes de Wimbledon. Atualmente, há outros dois torneios desse gabarito, em Berlim e Bad Homburg, ambos na Alemanha.

Por outro lado, o futuro dos torneios de Nottingham e Birmingham seguem incertos, já que não há espaço suficiente no calendário para tantos eventos. Nesse caso, pelo menos um dos dois sairia da programação, informa o jornal britânico.

De acordo com a Lawn Tennis Association, órgão regulador da modalidade no Reino Unido, a ideia surgiu após uma longa revisão do calendário, visando maximizar a curta temporada de grama e melhorar a experiência para torcedores e jogadores. “A LTA e o All England Club continuam discutindo o futuro calendário com a ATP e a WTA, no entanto, no momento nenhuma decisão final foi tomada”, afirmou a entidade em comunicado.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Realizado desde 1881, o torneio de Queen’s é ao lado do US Open o segundo evento mais antigo de tênis do mundo, atrás apenas de Wimbledon. No circuito masculino, a competição fez parte da categoria 250 entre 1990 e 2014, sendo promovida para o nível 500 em 2015.

Já entre as mulheres, o torneio começou sendo disputado em Fulham, também em Londres, onde ficou até 1889. No ano seguinte, a disputa migrou para o Queen’s e foi realizada até 1973. Desde então, nunca mais a chave feminina foi realizada na capital inglesa.

Ao longo dessa história quase centenária, a britânica Ethel Thomson Larcombe foi a maior vencedora da competição, com seis títulos. A última campeã foi a soviética Olga Morozova, que derrotou a australiana Evonne Goolagong na decisão.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Osvaldo
Osvaldo
1 mês atrás

amém ! abaixo o patriarcado !

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da decisão em Monte Carlo

Medvedev em outro ataque de fúria e desconta na raquete

PUBLICIDADE