PLACAR

Principais favoritas e atleta da casa vencem em Valinhos

Sofia Cimatti, de rosa. (@giuliano.foto)

Valinhos (SP) – Em um primeiro dia com grandes jogos, as principais favoritas avançaram às oitavas de final do Super Tour – Sand Series de Valinhos (SP), o último Grand Slam do ano do beach tennis, no CT Lucas Sousa Na Quadra. A competição tem premiação total de US$ 50 mil (R$ 270 mil) e 600 pontos no ranking mundial.

A pentacampeã mundial e número 1 do mundo Giulia Gasparri e a parceira italiana Sofia Cimatti, 5ª, derrotaram a dupla da brasileira Nicoli Casagrande e a espanhola Omaira Farias por 6/3 6/1.

“É difícil, é preciso acostumar com as condições diferentes, areia diferente. É sempre bom buscar encontrar as melhores sensações em quadra”, disse Gasparri, que tem 56 títulos na carreira. A parceira Cimatti está à frente com 58 títulos e vem voltando após uma lesão no punho. “Agora vamos descansar um pouco, fisioterapia, massagem e treino. Melhorou muito o punho, faz tempo que não jogava uma partida, então era preciso estar focada”. Suas adversárias serão as brasileiras Cindy Stedile e Camila Barros.

Atleta da casa, que treina no CT Lucas Sousa, Isabela Garrido venceu ao lado da tetracampeã mundial Joana Cortez. Elas tiveram jogo difícil, mas marcaram 6/4 6/3 sobre Flavia Deboni e Amanda Helminsky e enfrentarão Marie Bray, da França, e a brasileira Isabella Sella.

Atuais campeãs mundiais, a brasileira Rafaella Miiller e a venezuelana Patrícia Diaz superaram a pausa de mais de duas horas por conta da chuva e passaram pelas irmãs francesas Marie-Eve Hoarau e Mathilde Hoarau por 6/2 6/3. A dupla francesa chegou a salvar um match-point no oitavo game, após uma linda disputa com incríveis 46 trocas de bola. Rafa e Paty buscam a liderança do ranking, feito que pode ocorrer em caso de título em Valinhos. A dupla destacou o triunfo e o trabalho com o treinador Paolo Tazzari.

“Muito orgulhosa do trabalho que estamos fazendo, às vezes quero matar o Paolo, a Rafa também (risos). Não é fácil, pois ele nos desafia todos os dias, nos tira do conforto. Se juntou uma equipe exigente e está valendo”, disse Diaz.

“Temos que evoluir na parte técnica e emocional, eu principalmente preciso. Ainda estamos adaptando nosso jogo. Eu e a Paty temos mudado muita coisa, estamos longe do nosso melhor. Hoje foi uma primeira rodada muito difícil, parece que estamos no Tour da França, pontos durando muito”, completou Miiller. Nas oitavas, elas enfrentam Juliana Carvalho e Letícia Salgado.

Um dos duelos mais emocionantes do dia teve a vitória da atleta de Vinhedo (SP) Júlia Nogueira, 12ª, e a paranaense Marcela Vita, tricampeã mundial pelo Brasil, que derrotaram a italiana Giulia Trippa e a brasileira Lorena Melo por 6/7 (3/7), 6/2 e 12/10. A dupla brasileira salvou três match-points e vai encarar Graziela Silva e Natália Font. “Coloquei na minha cabeça que teríamos que mandar no jogo, pois nossa característica funciona melhor assim. Pensei nisso desde que voltamos da chuva, colocamos isso na cabeça e deu certo”, destacou Vita.

A jovem brasileira Vitória Marchezini, de 17 anos, 8ª do mundo, e a paulista Sophia Chow, 6ª, passaram pela dupla de Daniela Bozko e o Fernanda Maieto por 6/4 6/2 e medirão força contra Brunella Paiva e Antonia Thompson.

A primeira rodada segue com os jogos do masculino nesta quinta-feira. A sexta-feira será o dia das oitavas e quartas de final a partir das 10h e o sábado com as semis e finais.

O canal PlayBt comanda a transmissão das cinco quadras destinadas aos torneios do profissional de Dupla Masculina e Feminina. Ao todo são 66 jogos com transmissão ao vivo sendo 62 da chave principal e mais quatro do qualifying nos canais PlayBT e PlayBT 2 do Youtube a nos instagrams @programaplaybt, @juliasfont e @supertourbt.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE