PLACAR

Popyrin vence duelo australiano e vai desafiar Djokovic

Alexei Popyrin (Foto: Tennis Australia)

Melbourne (Austrália) – No duelo 100% australiano realizado na John Cain Arena, o atual 43 do mundo Alexei Popyrin levou a melhor sobre o convidado Marc Polmans, repetindo a vitória que havia conquistado na única vez em que se cruzaram, seis anos atrás no challenger de Tiburon, anotando parciais de 6/3, 7/6 (7-3) e 6/2 para se garantir na segunda rodada.

Depois de gastar 2h28 para eliminar o compatriota de 26 anos e atual 154 do mundo, Popyrin terá uma tarefa bem mais árdua pela frente contra o decacampeão do Australian Open, o sérvio Novak Djokovic. Será a segunda vez que eles medirão forças e o número 1 do mundo derrotou o australiano quando se enfrentaram no ATP 500 de Tóquio em 2019.

Popyrin e Polmans são dois dos 15 australianos na chave principal em Melbourne, o maior número desde 1998, quando 17 tenistas da casa estavam na chave masculina. Com a vitória desta segunda-feira, Popyrin quebrou uma sequência de quatro derrotas em Grand Slam. Ele nunca passou da terceira rodada em dos quatro maiores torneios do circuito, alcançando tal fase cinco vezes.

Seu próximo adversário, Djokovic tem um retrospecto excelente contra australianos, apesar da derrota recente para Alex de Minaur na United Cup, somando 28 vitórias em 32 jogos. O sérvio jamais perdeu para tenistas da casa no Melbourne Park, batendo os anfitriões nos três confrontos que teve, dois deles com Lleyton Hewitt (2008 e 2018) e um contra De Minaur (2023).

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE