PLACAR

Pigossi sofre virada e a Alemanha abre 2 a 0 na BJK Cup

Foto: Luiz Candido/CBT

São Paulo (SP) – O primeiro dia de confronto entre Brasil e Alemanha pela Billie Jean King Cup termina com duas vitórias do time alemão. Após a queda de Bia Haddad Maia diante de Laura Siegemund na abertura do confronto no Ginásio do Ibirapuera, Laura Pigossi teve a chance de igualar a disputa na capital paulista, mas sofreu uma virada. A número 2 do Brasil e 125ª do mundo foi superada pela experiente Tatjana Maria de 36 anos e 66ª do ranking, por 2/6, 6/4 e 6/4 em 2h29 de partida nesta sexta-feira.

Com o resultado, a Alemanha abre 2 a 0 e está a apenas uma vitória de se classificar para a fase final da competição em novembro. O confronto entre brasileiras e alemãs segue neste sábado às 15h (de Brasília) com a partida entre Bia Haddad Maia e Tatjana Maria. Na sequência as Lauras Pigossi e Siegemund se enfrentam. Mas os capitães das equipes podem fazer mudanças. Se necessário, a série será definida no jogo de duplas.

Pigossi buscava uma revanche contra Tatjana Maria, que repetiu o resultado da Billie Jean King Cup do ano passado, em Stuttgart. A alemã também havia vencido a brasileira na final do WTA de Bogotá em 2022. A paulistana de 29 anos também tentava sua oitava vitória contra uma tenista do top 100 na carreira e a segunda na temporada. Semana passada, em Bogotá, venceu a argentina Nadia Podoroska, então 67ª colocada. Já na BJK Cup, Pigossi tem agora cinco vitórias e seis derrotas em simples.

Pigossi contou com a torcida e esteve perto de fechar no 2º set

PODE CHAMAR A TORCIDA, LAURINHA!!! pic.twitter.com/MCHiK2pZ4q

— CBT (@cbtenis) April 13, 2024

Com uma quebra logo na abertura da partida e escapando de break-points em seus dois primeiros games de saque, Pigossi saiu vencendo por 3/1 e chamou a torcida. A brasileira manteve um ótimo índice de primeiro serviço na quadra, 80%, atacava o saque da alemã sempre que tinha a oportunidade e aguentava as longas trocas de bola, sem problemas para jogar a bola para cima quando precisava. Ela ainda voltou a quebrar no fim do primeiro set para vencer a parcial.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

Logo na abertura do segundo set, Pigossi voltou a quebrar e saiu vencendo por 2/1. Mas Maria igualou a disputa. A alemã contava com sua solidez do fundo de quadra tentava quebrar o ritmo da brasileira com seus slices de forehand e subidas à rede. Quando o placar estava empatado por 4/4, Maria escapou de dois break-points e confirmou o serviço. E no game seguinte, a alemã conseguiu uma nova quebra de serviço e igualou a partida.

O equilíbrio permanecia no início do terceiro set. Pigossi quebrou e fez 1/0, Maria virou para 3/1 e saque, depois de conseguir duas excelentes passadas com seu backhand de uma mão. Mas a brasileira devolveu a quebra jogando de forma agressiva e definindo o ponto após quatro smashs. Houve mais uma troca de quebras, com a alemã abrindo 4/2 e não sustentando a vantagem. Apesar do horário já avançado, após as 23h, e de o Ginásio Ibirapuera já não estar mais tão cheio quanto no início da rodada desta sexta-feira, a conexão entre Pigossi e a torcida era muito forte. Pigossi devolveu a quebra e depois confirmou o serviço saindo de 0-30 para fazer 4/4.

Maria confirmou seu último game de serviço e fez 5/4. Na sequência, Pigossi encarou um game longo no saque. No 30-iguais, arriscou até saque e voleio e teve sucesso. Mas a brasileira não conseguiu confirmar o saque no ponto seguinte e a alemã continuou utilizando muito bem seus slices para conseguir a quebra e conseguir a virada. Maria fez 30 a 27 nos winners e cometeu 26 erros contra 27 de Pigossi. Ao todo, o jogo teve 12 quebras de serviço, seis para cada lado, e 21 break-points disputados.

Leia mais:

“É uma questão mental comigo mesma”, diz Bia após derrota

Siegemund domina jogo com Bia e Alemanha faz 1 a 0

29 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Alexandre de Magalhães
Alexandre de Magalhães
1 mês atrás

Frustrante. Não gostaria de ter entradas para amanhã. Mas sejamos compreensivos. A Bia está em um momento ruim e a Laura lutou. As alemães foram mais sólidas, sabiam o que queriam e conseguiram.

Paulo A.
Paulo A.
1 mês atrás
Responder para  Alexandre de Magalhães

Corremos o sério risco de levar um sonoro 3X0, infelizmente… Mas eu jamais considerei o Brasil favorito nesse confronto, haja vista a má fase de nossa principal jogadora.

Jorge Luiz
1 mês atrás

Ficou muito difícil

DENNIS SILVA
DENNIS SILVA
1 mês atrás

Que jogo horrível tecnicamente. Parecia série C do brasileiro

Blumenau
Blumenau
1 mês atrás

Amanhã vai ser 4 X 0 pra Alemanha.

DENNIS SILVA
DENNIS SILVA
1 mês atrás

A diferença entre o primeiro e segundo jogo é um abismo em termos técnicos

Jorge Luiz
1 mês atrás

Na matéria que roubaram o relógio do Korda em Monte Carlo eu comentei que os ladrões só fizeram isso pra tomar uma cervejinha e barraram meu comentário, que coisa feia UOL

José Nilton Dalcim
Admin
1 mês atrás
Responder para  Jorge Luiz

Aqui não é o UOL e seu comentário foi bem inapropriado.

wilde jr
wilde jr
1 mês atrás
Responder para  José Nilton Dalcim

nao foi pra tomar uma cervejinha? que vacilao ne?

João Sawao ando
João Sawao ando
1 mês atrás

A Laura lutou. No final teve problemas físicos. Mas a alemã e muito melhor do que a Laura.semifinalista de Wimbledon parece.66 do mundo a alemã Maria

Ricardo
Ricardo
1 mês atrás

complicou muito, Bia pode até ganhar mas duvido que a Laura tenha condições físicas de jogar amanhã …

Ronalducho
Ronalducho
1 mês atrás

Laura Pirigosa quase chegou lá

Vanessa
Vanessa
1 mês atrás
Responder para  Ronalducho

É para isso que levaram a Carol, se uma delas não poder jogar ela substitui.

Marlon
Marlon
1 mês atrás

Partiu repescagem!

Thiago
Thiago
1 mês atrás

Achei que era festa junina de tanto balão de um lado para o outro. Sorte não ter conseguido comprar ingresso para ver esse jogo, nível w50.

Luis Patriota
Luis Patriota
1 mês atrás
Responder para  Thiago

Imagina amigo, paga esses valores absurdo no ingresso, para vê um show de horrores, Balões da Lauro, erros e mais erros da Bia .

Álvaro Canto de Campos
Álvaro Canto de Campos
1 mês atrás

A Laura fez o que pôde.
Ela é muito limitada!
Porém, lutou bastante e levantou a torcida.
Quase deu…
Já a Bia, essa sim foi frustrante.

F.F.
F.F.
1 mês atrás

Gol da Alemanha….

Guilherme Alcantara
Guilherme Alcantara
1 mês atrás

7×1 Alemanha mais uma vez.

Tenistarj
Tenistarj
1 mês atrás

Aguardar a nova geração daqui uns 4 anos, pq não dá para contar com pontos dessas duas. A Bia foi patética com 32 erros não forçados. Me cansa ver a comentarista passar pano e falar que a outra jogou muito bem. A Bia errava a cada três trocas de bola. Sobre a Pigossi é isso daí sempre, jogo ultrapassado e chato de assistir. Faz milagre em ficar entre as 120 do mundo.

DENNIS SILVA
DENNIS SILVA
1 mês atrás
Responder para  Tenistarj

Concordo

PFON
PFON
1 mês atrás

Lastimável o nível do tênis do Brasil no geral !!

Marcos Antonio Vargas Pereira
Marcos Antonio Vargas Pereira
1 mês atrás
Responder para  PFON

Tudo depende do angulo que se enxerga . Temos uma tenista TOP 20 há pelo menos dois anos na simples , nas duplas temos 3 tenistas no TOP 100. No masculino temos o numero 68 do mundo no ranking ,temos mais 3 tenistas no TOP 200 e mais 4 no TOP 300 , e na corrida este ano temos 3 TOP 100 e nas duplas temos 3 TOP 100. Se não é um cenario ótimo é pelo menos razoável e mostra uma evolução em relação há alguns anos anteriores. Gosto do trabalho da CBT e em alguns anos vamos colher o que está sendo plantado.

Gustavo Gomes Corrêa Silva
Gustavo Gomes Corrêa Silva
1 mês atrás

Muito melhor assistir o jogo da pigossi, muito mais vontade e muito menos erros não forçados. O problema tá na velocidade da bola. Se a Bia conseguir vencer hj , o problema será que a pigossi vai estar muito mais cansada que a adversária, ontem no fim já tinha caído a intensidade.

Arthur
Arthur
1 mês atrás

Pelo menos a pigossi ainda luta, já a bia…

PRGF
PRGF
1 mês atrás

Impressionante o quanto a Laura luta em quadra… De aplaudir de pé…

Haroldo Guimarães
Haroldo Guimarães
1 mês atrás

Sendo sincero, a Bia jogou como uma top 125 com fim de carreira e Laura jogou como uma top 13 com garra. O problema maior é que a número 2 da Alemanha parece melhor que a 1, então não vejo boas perspectivas pra Laura, considerando que Bia ganhe. Errei feio meu palpite, mas o modo de jogar da Bia está horrível, desaprendeu o básico. E sem garra nenhuma.

Luiz
Luiz
1 mês atrás

Quem diria, a Pigossi salvou um pouco a noite. Jogou bem e com garra. Já a Bia , foi lamentável e não tem nada de mental, o seu jogo é fraco mesmo

João
João
1 mês atrás

Não acho que por que as duas tenistas fogem do estilo que a grande maioria pratica hoje (ficar no fundo da quadra dando pancadas), tornou o jogo menos interessante. Achei muito bom, tanto no nível tático quanto emocional. Os “entendidos” que caíram de para quedas no esporte, estão cada dia piores.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE