PLACAR

Memorial reúne estrelas do tênis brasileiro no Paulistano

Thomaz Koch

São Paulo (SP) – O Memorial Tênis Brasileiro realiza neste sábado, a partir das 9h30, no Club Athletico Paulistano, o seu primeiro evento: a posse da diretoria e do conselho fiscal e a indicação e nomeação da diretoria do conselho consultivo superior e dos coordenadores dos comitês setoriais temáticos do Instituto. Os convidados serão recebidos por nomes de destaque na história do esporte, como Thomaz Koch – presidente de honra do Memorial -, Carlos Alberto Kirmayr, Luiz Mattar, Patrícia Medrado, Júlio Góes e Paulo Cleto.

O encontro será em um dos berços do tênis nacional, o Paulistano, histórico clube fundado em 1900, pioneiro na modalidade. Os dirigentes, liderados pelo presidente Eder do Lago Mendes Ferreira, o vice Caio Frizzo Salem e o diretor de esportes Mauricio Martinez Macedo, escolheram o local por entender que o evento tem muito a ver com a trajetória do Paulistano.

A centenária Federação Paulista também está integrada ao evento, com o presidente Luiz Fernando Balieiro e os vices Danilo Gaino e Geraldo Petit. Pelo Memorial, as presenças dos dirigentes Walmor Elias, José Nilton Dalcim, Patrícia Medrado, Ivo Simon, Gilmar Machado, Carlos Omaki, Roberto Carvalhaes, Ricardo Bernd e Suzana Procópio de Carvalho.

O Memorial foi idealizado e criado por Walmor Elias, ex presidente da Federação Gaúcha e da Confederação Brasileira, no dia 9 de junho de 2023, após 11 anos de estudos e pesquisas. Pesquisador e historiador, Walmor reuniu o maior acervo do esporte no país. “Alguns dos maiores nomes da história do tênis brasileiro estarão presentes no Paulistano. Eles apoiam, fazem parte e integram o Memorial Tênis Brasileiro, e acreditam estar se realizando um sonho”, afirma Walmor Elias.

Museu e Hall da Fama – Futuramente, o Memorial terá um museu, sob a curadoria do tenista, ex número 36 de simples e número 6 de duplas na ATP, o atual técnico Carlos Alberto Kirmayr, assim como uma biblioteca, tendo como curador o técnico e capitão semifinalista mundial da Copa Davis de 1992, Paulo Cleto. Haverá, também, o tão sonhado Hall da Fama do Tênis Brasileiro, sob a coordenação e curadoria do ex número 29 da ATP e hoje empresário Luiz Mattar. E o primeiro cônsul honorário internacional do Memorial será o árbitro Carlos Bernardes.

“Brevemente o Memorial escolherá e indicará os patronos, embaixadores, cônsules, padrinhos e madrinhas do Instituto e do projeto, homenageando os maiores nomes e ídolos deste esporte na nossa história”, explica o criador do Memorial.

8 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Ricardo Schwery
Ricardo Schwery
1 mês atrás

Deveriam convidar o tenista Eulicio Silva, também campeão brasileiro, e pai do Rogério e Daniel Silva e que foi adversário tanto do Koch, quanto do Kirmayr.

fabio henrique
fabio henrique
1 mês atrás
Responder para  Ricardo Schwery

infelizmente esses raramente sao lembrados

Ricardo
Ricardo
1 mês atrás

que legal, dá uma olhada na raquete da foto ! Acho que já tive uma dessas … grande Koch !!

Leandro Passos
Leandro Passos
1 mês atrás
Responder para  José Nilton Dalcim

Meu Deus!!! É mesmo!! Hahaha.

Daniel Ferreira
Daniel Ferreira
1 mês atrás
Responder para  José Nilton Dalcim

Dalcim, sou filho do Paulo Ferreira, e sobrinho do Júlio Góes. Joguei tênis universitário americano nos anos 90 e fui Diretor do Challenger de inauguração do complexo da Costa do Sauípe em maio de 2001, último torneio realizado pela Paulo Ferreira Promoções. Hoje assisto tênis ao vivo praticamente todos os dias.
O velho ficaria feliz em ver isto acontecendo! Sem dúvida, eu fiquei.
Parabéns à todos pela iniciativa!
Forte abraço e sucesso!

Paulo Prestes
Paulo Prestes
1 mês atrás

Icônica Wilson T2000 Connors e Thomas Koch fizeram história com ela.

Última edição 1 mês atrás by Paulo Prestes

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Nadal leva público italiano ao delírio com incrível reação

Conheça o que aconteceu nos bastidores do WTA 100 de Madri

PUBLICIDADE