PLACAR

Kenin frustra a torcida francesa e elimina a “freguesa” Garcia

Foto: Corinne Dubreuil/FFT

Paris (França) – Mais uma vez a francesa Caroline Garcia não conseguiu fazer bonito diante de sua torcida e pelo quarto ano consecutivo parou na segunda rodada de Roland Garros. Nesta quarta-feira, a tenista da casa foi superada pela vice-campeã de 2020, a norte-americana Sofia Kenin, que anotou duplo 6/3 para seguir adiante na competição.

Atual 56 do mundo, a norte-americana foi a primeira jogadora a chegar à terceira rodada em qualquer uma das chaves depois de derrubar Garcia em 1h25 de partida sob o teto fechado da quadra Philippe Chatrier, em mais um dia chuvoso em Paris. “Eu absolutamente amo esta quadra e sinto que tenho uma conexão com ela”, disse Kenin na entrevista após a partida.

Tentando chegar à segunda semana de um Grand Slam pela primeira vez desde Roland Garros 2021, quando foi às oitavas de final, a norte-americana de 25 anos espera agora pela vencedora do duelo entre a jovem dinamarquesa Clara Tauson e a letã Jelena Ostapenko, campeã do torneio em 2017.

Um dia após a emocionante partida final de Alizé Cornet, o palco principal do torneio francês recebeu Garcia em sua tentativa de avançar um pouco mais no torneio em que não costuma ir bem. Foi a 11ª vez que ela perdeu antes da terceira rodada em 14 participações. Com sua eliminação, restam apenas três francesas na chave feminina: Varvara Gracheva, Diane Parry e Chloe Paquet.

Além do histórico negativo em Roland Garros, a cabeça de chave 21 também tem um retrospecto ruim contra Kenin, que bateu a francesa pela terceira vez em três encontros, repetindo o que havia feito em Mallorca (2018) e em Hobart (2019). A norte-americana fez a diferença com o saque, vencendo 70% dos pontos contra 53% de Garcia.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Alcaraz e Murray: treino entre campeões em Queen's

Os melhores lances da campeã Boulter na grama de Nottingham

PUBLICIDADE