PLACAR

Kalinskaya elimina Gauff nas quartas e vence a 3ª top 10 no ano

Russa já derrotou Gauff e Ostapenko. Ela enfrenta Iga na semi (Foto: Dubai Duty Free Tennis Championships)

Dubai (Emirados Árabes) – A semana de Anna Kalinskaya no WTA 1000 de Dubai segue com vitórias importantes sobre cabeças de chave. Um dia depois de eliminar a nona do ranking Jelena Ostapenko nas oitavas, a russa de 25 anos e 40ª colocada também bateu a número 3 do mundo Coco Gauff por 2/6, 6/4 e 6/2 em 2h17 de partida para chegar à semifinal do torneio.

Esta é a sexta vitória contra top 10 na carreira de Kalinskaya e a terceira na temporada. Além das duas desta semana em Dubai, ela também havia vencido a tcheca Barbora Krejcikova em Adelaide. Outro bom resultado para a russa foi no Australian Open, onde ela chegou às quartas e só parou na vice-campeã Qinwen Zheng.

Vinda do quali em Dubai, Kalinskaya desafia a número 1 do mundo Iga Swiatek nesta sexta-feira ao meio-dia (de Brasília), em confronto inédito no circuito. Enquanto a russa de 25 anos ainda busca sua primeira final na elite do circuito, a polonesa de 22 anos já tem 18 conquistas e quatro vice-campeonatos. Em torneios WTA 1000, Iga tem sete títulos e dois vices, tendo vencido o mais recente em Doha, na semana passada.

“Estou muito feliz com meu nível de tênis. Coco é uma grande jogadora, uma lutadora. Eu pude sentir a tensão nos últimos pontos, então foi importante manter a calma e tentar ser agressiva”, disse Kalinskaya na entrevista em quadra. “Já joguei duplas contra a Iga há muito tempo. Mas nunca jogamos em simples. Estou super animada para amanhã e vou tentar me recuperar”.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

A primeira semifinal será às 10h entre a romena Sorana Cirstea, 22ª do ranking, e a italiana Jasmine Paolini, 26ª colocada. Paolini venceu os dois duelos anteriores e faz a melhor campanha da carreira em um WTA 1000 aos 28 anos. Já Cirstea, de 33 anos, tem um vice-campeonato em Toronto ainda em 2013, ano em que foi superada por Serena Williams na final.

Eliminada nas quartas em Dubai, Gauff começou a temporada com dois bons resultados, o título em Auckland e a semifinal do Australian Open. Mas na semana passada, em Doha, não passou da primeira fase. A jovem de 19 anos e atual campeã do US Open está com o melhor ranking da carreira.

Gauff dominou o primeiro set, conquistando três quebras e esteve o tempo todo à frente no placar. A norte-americana passou por oscilações nos games de saque no início do segundo set e sofreu duas quebras seguidas, permitindo que a russa abrisse 3/1. A russa voltou a quebrar e fez 5/2. Gauff chegou a devolver uma das quebras, mas não conseguiu igualar o set.

Já no último set, Kalinskaya conseguiu duas novas quebras e salvou break-points em quatro games distintos, incluindo um 15-40 quando sacava para o jogo. Nos últimos games da partida, era nítida a frustração de Gauff, que não encontrava soluções para o jogo versátil da russa e vinha cometendo muitos erros de execução. Além disso, custaram caro à norte-americana as oito duplas faltas na partida e o mau aproveitamento nos break-points, com apenas cinco quebras em 15 chances.

Leia mais:

Iga supera Zheng pela sexta vez e volta à semi em Dubai

Rybakina fica doente e desiste, Cirstea faz ‘milagre’ e vira

2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Marcelo F
Marcelo F
1 mês atrás

Anna Kalinskaya

Rodrigo
Rodrigo
1 mês atrás

Essa Russa joga muito.. logo estará com ranking melhor. Vamos ver como vai ser sair contra Iga.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da rápida final masculina de Miami

Collins segura os nervos e bate Rybakina: veja o melhor da final

PUBLICIDADE