PLACAR

Iga destaca consistência e atuação sólida na semifinal

Foto: Mutua Madrid Open

Madri (Espanha) – Finalista do WTA 1000 de Madri pelo segundo ano consecutivo, Iga Swiatek segue em busca de um título inédito nas quadras de saibro da capital espanhola. E a número 1 do mundo chega à decisão com apenas um set perdido no torneio, diante de Bia Haddad Maia nas quartas. Após a vitória sobre a norte-americana Madison Keys na semifinal desta quinta-feira, ela destacou a atuação sólida e a consistência apresentada ao longo da temporada.

“Foi um jogo muito sólido da minha parte. Estou feliz com tudo o que fiz hoje”, disse Swiatek após a vitória por 6/1 e 6/3 contra Keys. “Eu não estava pensando tanto no que aconteceu no ano passado, mas repetir esse resultado é ótimo e terei a chance de jogar mais uma boa partida no sábado. No geral, estou feliz com todo o torneio”.

Na temporada, Swiatek já conquistou os WTA 1000 de Doha e Indian Wells. Em seu torneio mais recente, há duas semanas, a polonesa foi semifinalista de Stuttgart. “Estou muito confiante. Tenho conseguido bons resultados em todos os torneios e fico feliz por continuar sendo consistente, sempre chegando às semifinais e finais, com algumas vitórias. É uma ótima posição para estar e mostra que o trabalho está dando resultado”.

“Meu foco é ser constante, porque em alguns dias você pode estar melhor ou pior, mas mesmo nesses dias mais difíceis você pode encontrar uma forma de vencer”, avaliou a polonesa de 22 anos. “Há muito mais para observar além dos placares. Eu não diria que foi fácil porque no começo do torneio eu precisei de tempo para me adaptar às condições, fui me habituando ao longo da semana. Joguei de forma eficiente e, felizmente, chegarei menos cansada para a final”.

Reencontro com Sabalenka na final de sábado

Vencedora de 19 títulos no circuito, incluindo oito WTA 1000, Swiatek enfrentará no próximo sábado às 13h30 (de Brasília) a bielorrussa Aryna Sabalenka, vice-líder do ranking e bicampeã em Madri, numa reedição da final do ano passado. A polonesa lidera o histórico de confrontos por 6 a 3.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Ela foi perguntada sobre as perspectivas para a final antes da semi em que Sabalenka derrotou Elena Rybakina, quarta colocada. “Fico feliz por poder jogar a final contra uma das melhores jogadoras do mundo. Isso mostra que nós três temos sido consistentes. Sei que será uma partida difícil e estarei pronta”.

Leia mais:

Em nova final de WTA 1000, Iga supera marca de Serena

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
João Sawao ando
João Sawao ando
22 dias atrás

A iga deve ganhar

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE