PLACAR

Em nova final de WTA 1000, Iga supera marca de Serena

Foto: Mutua Madrid Open

Madri (Espanha) – Pouco a pouco, a polonesa Iga Swiatek vai escrevendo seu nome na história do tênis. Vivendo sua 101ª semana como número 1 do mundo, a jovem de 22 anos alcançou mais duas marcas relevantes na vitória desta quinta-feira sobre a norte-americana Madison Keys, pela semifinal do WTA 1000 de Madri.

Além de registrar seu 70º triunfo no saibro, Swiatek disputará a 11ª final em 29 participações em eventos de nível 1000 na carreira, atingindo uma média de 37,9%. Assim, ela deixa para trás a antiga recordista, a norte-americana Serena Williams, com 18 decisões em 49 torneios (36,7%). Vale ressaltar que a WTA considera apenas os números a partir de 2009, quando o atual formato do circuito feminino entrou em vigor.

Top 5 de jogadoras com melhor índice de finais por participação em WTA 1000:

1. Iga Swiatek: 11 finais em 29 torneios – 37,9%
2. Serena Williams: 18 finais em 49 torneios – 36,7%
3. Maria Sharapova: 16 finais em 50 torneios – 32%
4. Ashleigh Barty: 6 finais em 25 torneios – 24%
5. Simona Halep: 18 finais em 86 torneios – 20,9%

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Polonesa lidera também a porcentagem de finais no saibro

Quando o assunto é sobre finais no saibro neste século, Iga Swiatek mais uma vez é a recordista. Garantida na decisão de Madri, ela disputará o título pela décima vez em 18 torneios sobre a terra batida, considerando todos os níveis de competição do circuito a partir da categoria 250. Além disso ela é a jogadora mais jovem a alcançar dez decisões de WTA no saibro desde Martina Hingis no torneio de Hamburgo em 2000.

Top 5 de jogadoras com melhor índice de finais no saibro no século 21:

1. Iga Swiatek: 10 finais em 18 torneios – 55,6%
2. Justine Henin: 48%
3. Amélie Mauresmo: 32%
4. Lindsay Davenport: 31%
5. Simona Halep: 30%

4 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Leonardo
Leonardo
17 dias atrás

Iga fazendo historia e tem gente aqui que diz que ela é limitada. Que não sabe fazer slice, curta, voleio. É certo que Iga é muito rapida e joga no ataque ou contra ataque. Ee como é extremamente eficiente fazendo isso, não precisa ficar usando slice que é um golpe mais defensivo que ofensivo. Mesmo assim eu já vi Iga usando slice e fazendo voleio curto, poucas vezes, é certo, mas já vi. Não usar com frequencia, é diferente de não saber fazer.
O que voce acha Dalcim? Com seu conhecimento do tenis, acha que a Swiatek é limitada?

José Nilton Dalcim
Admin
17 dias atrás
Responder para  Leonardo

Ela não usa um repertório dos mais variados, mas chamar de limitada é demais.

Carlos Alberto Ribeiro da Silva
Carlos Alberto Ribeiro da Silva
16 dias atrás

Chamar a Iga de limitada pra mim é um enorme contrassenso. Como pode uma jogadora limitada conseguir os resultados que a Iga já obteve na carreira até agora? Não faz sentido, não tem nexo, não tem lógica. Se a Iga é limitada e conseguiu todos os resultados que já sabemos na sua carreira, que adjetivo poderemos usar para qualificar as demais jogadoras do circuito?

ui
ui
16 dias atrás

Aqui tem um tal de Flavio, que presume de “esperto” em tenis e que só sabe criticar negativamente o jogo da Iga chamando -o de limitado e grosseiro ,porque ela não faz isso , não faz aquilo e (acho) que é porque a Iga não liga pra ele, pra pedir orientações ,rsrs , chega ao cúmulo de falar mal da Iga, en jogos masculinos é simplesmente hilário….

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Nadal leva público italiano ao delírio com incrível reação

Conheça o que aconteceu nos bastidores do WTA 100 de Madri

PUBLICIDADE