PLACAR

Fonseca estreia contra quali em challenger na grama inglesa

Foto: Daniel Kopatsch/ITF

Londres (Inglaterra) – Sem jogar desde a queda na segunda rodada do Masters 1000 de Madri, há pouco mais de um mês, o carioca João Fonseca voltará às competições na próxima semana, disputando o challenger de Surbiton, em quadras de grama em Londres. Ainda sem adversário definido, o brasileiro de 17 anos fará sua estreia diante de um jogador que virá do qualificatório. Fonseca entrou com a regra da ATP que permite aos melhores juvenis de 2023 pedirem vaga em challengers.

Numa eventual segunda rodada, ele poderá cruzar com o norte-americano Brandon Nakashima, sexto pré-inscrito do torneio, que abre campanha contra o alternate italiano Mattia Bellucci. A chave de Surbiton conta com uma série de tenistas do top e tem como principais favoritos o norte-americano Alex Michelsen (60º), o britânico Daniel Evans (62º), o finlandês Emil Ruusuvuori (67º) e o australiano Christopher O’Connell (68º).

Realizado desde 2015, o torneio de nível challenger 125 e com premiação total de 148,6 mil euros já teve como campeões nos últimos anos o próprio Evans (2019), o australiano Jordan Thompson (2022) e o ídolo local Andy Murray (2023).

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Mateus Alves joga quali na República Tcheca

Enquanto isso, no challenger de Prostejov, no saibro tcheco, o paulista Mateus Alves será o cabeça de chave 10 do qualificatório. Sua estreia será contra o alternate austríaco Neil Oberleitner, número 559 do ranking. Em caso de vitória, ele lutará por uma vaga na chave principal diante do vencedor da partida entre o egípcio Mohamed Safwat, quinto principal favorito da fase prévia, e o eslovaco Milos Karol.

Danielzinho tenta vaga na Alemanha

Também na terra batida, o paulista Daniel Dutra da Silva jogará o quali do challenger de Heilbronn e terá uma estreia complicada contra o suíço Remy Bertola, 310º do mundo e cabeça 4. Se avançar, o experiente canhoto enfrentará um tenista da casa que sairá do duelo entre o convidado Liam Gavrielides e o 11º favorito Tim Handel.

Muitos brasileiros em Santa Fé

Cinco brasileiros entraram diretamente na chave principal do challenger de Santa Fé, que começa nesta segunda-feira. Pedro Sakamoto é o único que será cabeça, o de número 8, e começa contra o local Lautaro Midon. É possível cruzar em seguida com Nicolas Zanellato, que pega o peruano Nicolas Alvarez. No mesmo quadrante está Pedro Boscardin, que aguarda um qualificado.

Mais dois tenistas nacional ficaram na parte de cima da chave. Wilson Leite terá a dura missão de encarar o cabeça 1, o boliviano Hugo Dellien, e Matheus Pucinelli jogará contra o argentino Hernan Casanova e também é candidato a pegar Dellien em seguida.

Já Rafael Tosetto e Igor Gimenez tentarão o quali. Gimenez é cabeça 4 e encara Aleksandr Lobanov e Tosetto entrou como cabeça 12 e encara o colombiano Juan Sebastian Osorio.

Fonseca pulará o saibro e foca na preparação para a grama

16 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Scott
Scott
16 dias atrás

João Fonseca ganhou convite? A matéria não menciona.

Danielzinho, o maior dos “inhos”, vai a luta novamente!

Scott
Scott
16 dias atrás
Responder para  Matheus Dalcim

Legal, não sabia. Obrigado!

Marcos J. C. Souza
Marcos J. C. Souza
16 dias atrás

Boa sorte para todos.

Luiz Neto
Luiz Neto
16 dias atrás

A qual Alves a reportagem de refere no challenger de Prostejov,, o Felipe Meligeni Alves ou o Mateus Alves.

José Nilton Dalcim
Admin
16 dias atrás
Responder para  Luiz Neto

Uai, está escrito muito claramente Mateus Alves, não?

Guilherme E.S. Ribeiro
Guilherme E.S. Ribeiro
16 dias atrás
Responder para  José Nilton Dalcim

Dalcim, quando a matéria saiu, só estava Alves. Depois corrigiram para Mateus Alves. Normal a pergunta do colega.

José Nilton Dalcim
Admin
16 dias atrás
Responder para  Guilherme E.S. Ribeiro

Ok.

Luiz Neto
Luiz Neto
15 dias atrás
Responder para  José Nilton Dalcim

Exatamente como o Guilherme Ribeiro disse. Foi editado depois com a devida correção.
Gostaria também de saber porque quando a gente dá um like num comentário ao invés do número aumentar acaba ficando menor. Dei like no comentário do Guilherme que estava em 2 e ao invés de ficar em 3 e caiu para 1.

José Nilton Dalcim
Admin
15 dias atrás
Responder para  Luiz Neto

Não deveria. Pediria para a técnica dar uma checada.

Guilherme E.S. Ribeiro
Guilherme E.S. Ribeiro
16 dias atrás

Oberleitner, rival do Mateus Alves, tem ranking 569 em simples, em duplas ele é 170. E temos Rafael Tosseto e Igor Gimenez no quali de Challenger na Argentina

João Sawao ando
João Sawao ando
16 dias atrás

Vamos ver se o Pedro Sakamoto como cabeça 8 ganha esse torneio…

Jorge Luiz
Jorge Luiz
16 dias atrás

Boa sorte Fonseca e todos os brasileiros.O Heide iria jogar Prostejov mais fez o que parece ser o que mais gosta de fazer,deu out, é incrível, vários tenistas que perderam no mesmo dia que ele em Roland Garros vão jogar, será que deu outro problema nos dentes?

Leonel
Leonel
15 dias atrás
Responder para  Jorge Luiz

Jorge. Alguém um dia falou que os atletas brasileiros demoram mais para amadurecer, isto é o mental e psicológico. Agora consigo ver bem que o Heide, o Wild e outros demonstram esse atraso na maturidade. gostei do que vi do Heide em Rolanga. Achei ele mais motivado, menos sonolento. Acredito que agora vai. Agora vamos ter que escolher quem assistir de tantos atletas indo pro top 100. Hoje da pra contar com crescimento do Heide/Fonseca/Meligeni/Wild e Monteiro. Grupo tá aumentando. Pra copa davis podemos surpreender.outra coisa também é que vamos ter toda semana “ótimos jogos” top 100 quando a pouco tempo vivíamos uma seca horrível de resultados.

Refaelov
Refaelov
15 dias atrás
Responder para  Jorge Luiz

Cuidado amigo, explanar o fato do Heide jogar pouquíssimos torneios por ano sem nenhum motivo aparente é motivo pra alguns aqui virem te taxar de hater

Diogo
Diogo
15 dias atrás

Alguma previsão de estreia do Fonseca? O nome dele não aparece em nenhum site no round de 32 do atp surbiton.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Alcaraz e Murray: treino entre campeões em Queen's

Os melhores lances da campeã Boulter na grama de Nottingham

PUBLICIDADE