PLACAR

EUA se classificam na Davis, Sérvia fica perto da derrota

Austin Krajicek e Rajeev Ram (Foto: Getty Images for ITF)

Vilnius (Lituânia) – A equipe norte-americana é a primeira classificada para a fase de grupos da Copa Davis através da fase qualificatória. Nesta sexta-feira, eles carimbaram a classificação com a vitória da dupla formada por Rajeev Ram e Austin Krajicek, que bateu os ucranianos Illya Beloborodko e Oleksii Krutykh com parciais de 6/3, 4/6 e 6/3.

O resultado fez os EUA abrirem 3 a 0 na série contra a Ucrânia, que está sendo disputada na Lituânia por causa dos ataques russos ao país. O confronto foi o único a começar mais cedo, na quinta-feira, porque a arena também receberá o duelo entre Lituânia e Geórgia pelo Grupo I no sábado e domingo.

No primeiro dia de jogos, os norte-americanos Sebastian Korda e Christopher Eubanks venceram suas respectivas partidas e deixaram os Estados Unidos bem perto da classificação, que acabou se confirmando logo na primeira partida desta sexta, com a vitória das duplas. Poupado no primeiro dia por lesão no quadril, Taylor Fritz venceu Vladyslav Orlov por 6/3 e 6/4, fechando o confronto por 4 a 0.

Sérvios perto da eliminação
Semifinalistas no ano passado, mesmo jogando em casa, os sérvios estão bem perto de sequer se classificar para a fase de grupos da Davis. Sem poder contar com Novak Djokovic, sua maior estrela, a equipe capitaneada por Viktor Troicki perdeu os dois jogos de simples do primeiro dia de confronto com a Eslováquia.

Abrindo o duelo, o atual 41 do mundo Miomir Kecmanovic foi superado pelo 142º colocado Lukas Klein em sets diretos, com o placar final de 7/6 (7-2) e 6/2. Em seguida, foi a vez do sérvio Dusan Lajovic (53º) sofrer uma dura virada do eslovaco Alex Molcan (122º), com parciais de 4/6, 6/2 e 6/2.

Empates em outras duas séries
Mesmo desfalcada de Stan Wawrinka e Dominic Stricker, a Suíça conseguiu empatar o primeiro dia contra a Holanda, que saiu na frente com a vitória de Tallon Griekspoor sobre Marc-Andrea Huesler, com duplo 7/6 (7-3). A igualdade veio com a surpreendente vitória de Leandro Riedl sobre Botic van de Zandschlup com parciais de 6/4 e 7/6 (7-3).

Igualdade também entre Hungria e Alemanha, que largou com a vitória de Dominik Koepfer sobre Fabian Marozsan por 2 sets a 0, com placar final de 6/2 e 7/6 (7-4). No segundo jogo do dia, o húngaro Marton Fucsovics levou a melhor sobre Jan-Lennard Struff também em sets diretos, marcando parciais de 6/3 e 7/5 para empatar a série.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE