PLACAR

Carol Meligeni estreia com vitória nas duplas em Buenos Aires

Carol Meligeni e Solana Sierra (Foto: IEB Argentina Open)

Buenos Aires (Argentina) – A quarta-feira foi de bons resultados para as brasileiras no WTA 125 de Buenos Aires. Pouco depois de Laura Pigossi garantir vaga nas quartas de final de simples, foi a vez de Carol Meligeni estrear com vitória na chave de duplas do torneio em quadras de saibro na capital argentina.

Carol joga nesta semana ao lado da jovem anfitriã de 19 anos Solana Sierra. Elas venceram as convidadas locais Martina Capurro Taborda e Julieta Estable por 4/6, 6/4 e 10-6 em 1h29. As adversárias nas quartas de final serão a francesa Selena Janicijevic e a espanhola Leyre Romero Gormaz. O jogo será no fim da rodada desta quinta-feira.

Depois uma primeira parcial com sete quebras de serviço, Carol e Sierra precisaram reagir na segunda parcial. Taborda e Estable tiveram quebra acima e chegaram a liderar por 3/2, mas a brasileira e sua parceria conseguiram duas quebras no fim do set e dominaram o match-tiebreak para consolidar a virada.

A vitória na estreia vale 29 pontos na WTA, com possibilidade de 57 pontos para as semifinalistas. Paulista de 27 anos, Carol Meligeni ocupa o 449º lugar no ranking de duplas da WTA e tem como recorde pessoal a 110ª posição, alcançada em julho do ano passado. Em simples, a campineira está na 306ª posição e tem como melhor marca da carreira o 165º lugar. Ela foi superada na estreia da chave individual e jogará em Mogi das Cruzes na semana que vem.

Parceira de Carol Meligeni em Buenos Aires, Solana Sierra é a 209ª do mundo terá uma rodada dupla nesta quinta-feira. Ela disputará ao meio-dia (de Brasília) as oitavas de final de simples contra a norte-americana Robin Montgomery, canhota de 19 anos e 224ª do mundo. A vencedora enfrentará Laura Pigossi nas quartas.

Leia mais:

Pigossi vence mais uma em Buenos Aires e faz quartas

Carol Meligeni lidera brasileiras em Mogi das Cruzes

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE