PLACAR

Bia segue no 13º lugar, Laura amarga dura queda

Miami (EUA) – Principal nome do país na WTA, Beatriz Haddad Maia segue firme na 13ª colocação no ranking, mesmo sem jogar desde a desistência em Wimbledon. Ela vem se recuperando em São Paulo para voltar nos torneios preparatório para o US Open, o último Grand Slam da temporada.

A também paulista Laura Pigossi, número 2 do Brasil no ranking feminino, começa a semana com uma má notícia. Ela perdeu 26 posições e deixou a faixa das 150 melhores, descendo para o 168º posto.

Depois de Pigossi, as mais bem colocadas do país são Carolina Meligeni Alves e Gabriela Cé, ambas com leves ascensões. A campineira ganhou três colocações e agora é a 261ª do mundo, um pouco à frente da gaúcha, que melhorou uma posição e ocupa o 290º posto nesta segunda.

Laura, Carol e Gabi disputam nesta semana o W60 de Feira de Santana e tentam aproveitar o torneio em casa para somar pontos no ranking. As três estão entre as oito principais favoritas da competição, Pigossi é a cabeça de chave 1, Meligeni é a quarta mais bem cotada e Cé é a quinta pré-classificada no torneio disputado no piso duro.

Veja o top 10 das brasileiras na WTA:

Beatriz Haddad Maia – 13ª
Laura Pigossi – 168ª (-26)
Carolina Meligeni Alves – 261ª (+3)
Gabriela Cé – 280ª (+1)
Thaísa Pedretti – 572ª (-2)
Ana Candiotto – 678ª
Julia Konishi – 820ª (-4)
Luana Plaza Araujo – 853ª
Georgia Gulin – 896ª
Rebeca Pereira – 992ª

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE