PLACAR

Bia reage no 2º set e vence na madrugada de Charleston

Foto: Credit One Charleston Open

Charleston (EUA) – Depois de uma demorada espera por conta da chuva, de jogos longos e de duas mudanças de quadra, Beatriz Haddad Maia enfim estreou no WTA 500 de Charleston, entrando em quadra já por volta das 23h pelo horário local. Em jogo que invadiu a madrugada de quinta-feira, a cabeça 5 do torneio e número 13 do mundo venceu a norte-americana Caroline Dolehide, 47ª do ranking, por 6/2 e 7/5 em 1h40 de partida.

Bia recebeu na semana passada um convite para jogar em Charleston, incluindo de última hora o torneio em quadras de har-tru (saibro verde) em seu calendário. Ela faz sua terceira participação no evento, depois ter caído na segunda rodada do quali em 2015 e ainda na estreia da chave principal em 2018. Na temporada, a paulistana de 27 anos tem agora nove vitórias e nove derrotas. A melhor campanha foi a semi no 500 de Abu Dhabi em fevereiro. Sua temporada de saibro ainda prevê o confronto entre Brasil e Alemanha na Billie Jean King Cup em São Paulo e os WTA 1000 de Madri e Roma.

Como é de costume nessa transição da quadra dura para o saibro, as quadras verdes de Charleston são um pouco mais rápidas que as dos torneios em pó de tijolo. Sendo assim, foi necessário jogar de forma agressiva e aproveitar a velocidade da bola, ao mesmo tempo tempo em que já é possível ver alguns movimentos específicos para o saibro, como de deslizar na quadra. Mas o jogo noturno, ainda mais depois de tanta chuva, deixou as condições da quadra muito pesadas.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

Bia fez um primeiro set bastante seguro, conquistando duas quebras sem enfrentar break-points. A brasileira disparou três aces na parcial e cedeu apenas oito pontos em seus games de serviço. Ela fez mais winners, 7 a 5, e cada jogadora cometeu sete erros.

O bom desempenho de Bia no saque não se repetiu no início do segundo set. Com apenas 50% de primeiros serviços em quadra, ela ficou mais vulnerável às devoluções de Dolehide, que conseguiu três quebras e chegou a abrir 5/2. No entanto, a norte-americana não aproveitou as duas chances que teve sacar para fechar e perdeu três set-points.

Depois de devolver a primeira das quebras, Bia recuperou confiança na partida e voltou a sacar melhor. Ela chegou a vencer quatro games seguidos e virou para 6/5. Passando a pressão para o lado da adversária, a brasileira quebrou de novo e definiu a disputa em dois sets, aproveitando seu primeiro match-point.

‘Não é fácil ter que esperar tanto’, disse em quadra
“Em primeiro lugar, muito obrigada a todos que ficaram até tão tarde, especialmente os brasileiros. É muito especial sentir a energia deles e agradeço muito a presença deles. Ela é uma adversária difícil, tem ótimo saque e forehand. No começo do segundo set eu não estava tão bem, mas fico feliz por ter lutado tanto e não ter desistido”, disse Bia, durante a entrevista em quadra. Superada pela brasileira, Dolehide foi finalista do WTA 1000 de Guadalajara no ano passado e tem como melhor ranking a 41ª posição.

“Não é fácil esperar tanto. As vezes você se prepara para jogar às 11h da manhã e só termina o jogo depois da meia-noite. Tive que me manter acordada e com energia. Mas isso faz parte de nossa vida, temos que nos adaptar a cada semana. Eu me sinto muito bem aqui em Charleston, amei a cidade e espero ficar no torneio o máximo possível”, acrescentou a paulistana.

Duelo com Kudermetova já nesta quinta-feira pelas oitavas
A próxima adversária de Bia será russa Veronika Kudermetova, 19ª do mundo, que venceu a convidada norte-americana Shelby Rogers, ex-top 30 e atual 325ª do ranking aos 30 anos, por 7/6 (7-5) e 6/4. Rogers passou por duas cirurgias no joelho e foi convidada pelos organizadores. A brasileira perdeu o único duelo anterior para Kudermetova, disputado em Tóquio em 2022. A partida acontece por volta das 16h30 (de Brasília) desta quinta-feira.

Townsend garante duelo com Azarenka nas oitavas
Em outro jogo no fim de noite, a norte-americana Taylor Townsend venceu a russa Ekaterina Alexandrova por 7/5 e 6/2, confirmando o duelo com a ex-número 1 do mundo Victoria Azarenka.

A quinta-feira terá rodada cheia das oitavas e também alguns jogos atrasados da segunda fase, entres eles o duelo Danielle Collins e Ons Jabeur. Elas se enfrentam ao meio-dia (de Brasília) e a vencedora joga às 20h contra Sloane Stephens ou Leylah Fernandez. Na mesma situação estão os confrontos de Elina Svitolina contra Daria Saville e de Varvara Gracheva contra Elise Mertens.

18 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Sidney
Sidney
17 dias atrás

Ufaaaa

Adalberto
Adalberto
17 dias atrás

Pronto! É assim que se faz!
Mostrou resiliência no 2ºSet, colocando à prova o mental.
A próxima é com a ‘irmã mais nova’, que é brigona! kk…
Bacana mas rilienta, kk..
E já apanhou dela…
Se nunca bateu em ‘irmã mais nova’, tá na hora! Rrss…

Adalberto
Adalberto
16 dias atrás
Responder para  Adalberto

As duas foram as últimas vencedoras da rodada de ontem e já duelam hoje!
Nada de alisar!
Lasca o porrete @biahaddadmaia ! Kk…

Nelson Freire
Nelson Freire
17 dias atrás

Montanha russa no 2o set onde a Dolehide melhorou um pouco e a Bia piorou bem. Bia continua com problemas na movimentação. Pelo porte dela não é coisa fácil de resolver. Mas da pra melhorar. E o saque teve muitos altos e baixos. Enfim, valeu pela vitória. A pedreira continua

Carlos Alberto Ribeiro da Silva
Carlos Alberto Ribeiro da Silva
17 dias atrás

A Bia quando joga um pouco mais agressiva e arriscando um pouco mais, geralmente consegue resultados melhores. Infelizmente, se não arriscar algumas vezes, fica mais difícil de conseguir os pontos. Vamos ver como ela se comporta contra a Kudermetova que deve ser uma adversária mais difícil de enfrentar.

Anderson Barbosa Paim
Anderson Barbosa Paim
17 dias atrás

A americana fez 5×2 e entregou o jogo.

Rodrigo
Rodrigo
17 dias atrás

Taylor Townsend em grande fase 0/ rs

Fernando Venezian
Fernando Venezian
16 dias atrás

Quadras mais lentas fazem bem pro jogo dela! E nem é saibro ainda, ou seja, no barro, vamos ver a melhor versão da Bia

Haroldo Guimarães
Haroldo Guimarães
16 dias atrás

Parabéns Bia, step-by-step. Um jogo de cada vez. Na torcida, precisa de uma 4as.

Luis Vanderley Santana
Luis Vanderley Santana
16 dias atrás

A Bia está sem movimentação e sem força,a bola dela não está incomodando as adversárias,tomara q tenha sido só omtem

Rocky Balboa
Rocky Balboa
16 dias atrás
Responder para  Luis Vanderley Santana

É bem isso, a bola não ta andando como ano passado…outra coisa é o segundo saque que ta terrível, as adversárias montam na devolução

JBG
JBG
16 dias atrás
Responder para  Luis Vanderley Santana

É bem isso mesmo, ela ultimamente tem feito um esforço muito grande pra colocar a bola em jogo. Parece que está sem energia, estranho. É outra Bia comparado a do ano anterior. Porque isso acontece? Essa queda tão grande de desempenho? Mas Bia conhece bem o jogo da amiga campeã de duplas, sabe o que tem fazer pra ganhar esse jogo, daqui a pouco.

Paulo Mala
Paulo Mala
16 dias atrás

Saibro ela se sai melhorzinha

Blumenau
Blumenau
16 dias atrás

Não assisti ao vivo, mas acabei de ver a reprise. Na minha opinião a Bia fez um 1º set irrepreensível, jogou bem principalmente com o saque com 3 aces. Já no 2º set não foi mais a mesma jogadora do set anterior, errando muito e sacando abaixo do horrível. Sorte que o espírito da Pigossi baixou na americana e ela conseguiu perder 5 games seguidos, mesmo tendo alguns set points. Precisa melhorar o mental e se manter focada no jogo, não pode deixar o espírito abandonar o corpo, senão vai voltar a perder como nos outros jogos anteriores em que fez um excelente 1º set e degringolou nos sets seguintes. A Kudermetova não perdoa!!!!

Blumenau
Blumenau
16 dias atrás
Responder para  Blumenau

Eu avisei.

Fabio Duarte
Fabio Duarte
16 dias atrás

Não dá pra alimentar grandes expectativas com o jogo da Bia, estagnou de vez,apesar da vitória tá fraquinha

Blumenau coleções
Blumenau coleções
16 dias atrás
Responder para  Fabio Duarte

Tem que trocar de técnico.

trackback

[…] (EUA) – Um dia depois de ter vencido sua partida de estreia no WTA 500 de Charleston, Beatriz Haddad Maia se despediu nas oitavas de final do torneio que abre […]

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja como foi a espetacular vitória de Fonseca sobre Sonego

Nadal pode ter feito seu último jogo oficial em Barcelona

PUBLICIDADE