PLACAR

Bia é superada por Kudermetova nas oitavas em Charleston

Foto: Credit One Charleston Open

Charleston (EUA) – Um dia depois de ter vencido sua partida de estreia no WTA 500 de Charleston, Beatriz Haddad Maia se despediu nas oitavas de final do torneio que abre a temporada de saibro no circuito. A número 1 do Brasil e 13ª do mundo foi superada nesta quinta-feira pela russa Veronika Kudermetova, 19ª do ranking, que marcou as parciais de 7/5 e 6/1 em 1h37 de partida.

Com nove vitórias e dez derrotas na temporada, Bia tem como melhor resultado do ano a semifinal do WTA 500 de Abu Dhabi, em fevereiro. Mas ela não vence duas seguidas num mesmo torneio desde então. A paulistana de 29 anos foi eliminada nas estreias de Doha, Dubai e San Diego e parou nas terceiras rodadas de Indian Wells, Miami e Charleston.

O próximo compromisso de Bia será em São Paulo. Ela disputa o confronto entre Brasil e Alemanha pela Billie Jean King Cup, nos dias 12 e 13 de abril, no Ginásio do Ibirapuera. E depois jogará os WTA 1000 de Madri e Roma antes de Roland Garros. Como não está inscrita para o 500 de Stuttgart, torneio que chegou às quartas no ano passado, recebe 60 pontos na próxima segunda-feira, mas perde 100 pontos no dia 22 de abril.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

Algoz de Bia nesta quinta-feira, Kudermetova marcou sua segunda vitória contra a brasileira, repetindo o resultado de 2022 em Tóquio. A russa de 26 anos já foi campeã de Charleston em 2021 e enfrentará a vencedora entre a australiana Astra Sharma e a grega Maria Sakkari. Ela tem apenas uma vitória em quatro jogos contra Sakkari. Já um confronto com Sharma seria inédito.

As quadras verdes de Charleston costumam ser um pouco mais rápidas que as dos demais torneios no saibro. Diferente do que havia acontecido na estreia, quando o piso estava mais pesado por causa da chuva constante, era possível jogar de forma mais agressiva e aproveitar a velocidade do piso. Kudermetova era quem tinha a maior iniciativa dos pontos na maior parte do jogo e colocou pressão constante nos games de saque da brasileira, com seis quebras em 11 break-points.

Bia chegou a liderar o set inicial por 4/2, depois de ter conseguido sua primeira quebra na partida. Mas na sequência, cometeu duas duplas faltas no mesmo game e permitiu o empate da russa. A canhota paulista seguia instável em seus games de serviço e permitiu duas novas quebras à russa, que definiu o primeiro set. Kudermetova também conseguiu quebrar no começo do segundo set e, após sair de um 0-40, ampliou a vantagem para 3/1. Ela ainda voltaria a quebrar em mais duas oportunidades para fechar o jogo.

88 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Eduardo
Eduardo
1 mês atrás

Já está na hora dessa senhora se aposentar, ela já atingiu o pico, e agora só faz perder, jogo dela é muito fraco ela apenas devolve bolas para as adversárias marcarem pontos. Não adianta cerrar punho e continuar com o mesmo joguinho, isso de cerrar punho é só um tic que ela adquiriu, não ajuda em nada

Andrade
Andrade
1 mês atrás
Responder para  Eduardo

#13 do mundo, 9 vitórias no ano, uma semifinal em 2024, várias R3 de torneios grandes, mas de acordo com sua análise “ela só faz perder”, tá certo então..kkkkk

JOAQUIM
JOAQUIM
1 mês atrás
Responder para  Eduardo

Eu sei que é difícil depois de perder uma aposta né? Nem vem chrorar aqui.

Juscelino Pinho
Juscelino Pinho
1 mês atrás
Responder para  Eduardo

Certas asneiras nem merece comentários.

Vitor
Vitor
1 mês atrás
Responder para  Eduardo

Concordo com a análise

Cabelão de Boneca 2024
Cabelão de Boneca 2024
1 mês atrás
Responder para  Eduardo

Acho que esta na hora do senhor se aposentar da internet kkkkkkk

mauro
mauro
1 mês atrás
Responder para  Eduardo

Eduardo, voce esta totalmente correto, ela so joga no erro da adversaria, so trocando bola , sem variação nenhuma, dificil acreditar que ela esta senhora esta no top 20..ou troca de tecnico ou bau bau..

Marcelo Calmon
Marcelo Calmon
1 mês atrás
Responder para  Eduardo

Que mania que as pessoas têm de aposentar outras pessoas. Ela ainda tem muita lenha pra queimar. E só ela pode decidir isso. Se ela ainda tem motivação e prazer, pq se aposentaria ? A fase é péssima, mas isso é problema dela.

Josué
Josué
1 mês atrás
Responder para  Eduardo

Como um sujeito destes pode postar tanta bobagem?? Francamente nem sei o que falar sobre o que foi dito.

Blumenau
Blumenau
1 mês atrás

Parece até que eu estava adivinhando. Foi trucidada, esfolada, humilhada, saiu chorando com o rabo entre as pernas. Só tem um jeito, trocar toda a comissão técnica, se continuar com o técnico escolar ano que vem veremos a Bia disputando ITF contra a Pigossi. Podem me xingar, hostilizar, me chamar de hater, tô nem aí, esta é a realidade, mas os torcedores furiosos não querem aceitar.

Última edição 1 mês atrás by Blumenau
Paulo Mala
Paulo Mala
1 mês atrás
Responder para  Blumenau

Acho que não troca de técnico.
Me parece que a relação deles é mais que profissional. E isso pode ser um problema

João Sawao ando
João Sawao ando
1 mês atrás
Responder para  Paulo Mala

Estava pensando justamente isso acho que o técnico é namorado dela então não há troca de técnico. Só se eles terminarem o relacionamento. Mas acho que o problema não é o técnico é sim a própria Bia.

Gustavo Bortoluzzi
Gustavo Bortoluzzi
1 mês atrás
Responder para  João Sawao ando

Também acho. Claro que a comissão técnica influencia a perfomance do atleta para cima e para baixo, mas no fim das contas o técnico não pega na raquete.

Blumenau coleções
Blumenau coleções
1 mês atrás
Responder para  Gustavo Bortoluzzi

Pode até não pegar na raquete, mas fica do lado de fora controlando as ações dizendo faz isso, faz aquilo, saca lá, saca ali. A Bia está totalmente dependente do técnico, não faz seu próprio jogo, está remotamente controlada. Se não mudar a comissão técnica e assumir suas ações pode crer que já era.

Luis Ricardo
Luis Ricardo
1 mês atrás
Responder para  Blumenau coleções

o tecnico da Bia,,,,,, “vai,,,vai,,,vai,,,,pega…pega,,,pega …vai que dá !!! só que NÃO DÁ ” …rs

Eduardo
Eduardo
1 mês atrás

precisa de um treinador de verdade, não apenas um que fique dizendo “vamo” e batendo palminha, isso é muito pouco,

Carlos Roberto Gomes
Carlos Roberto Gomes
1 mês atrás

A Bia é uma boa jogadora, mas deve trocar de técnico, para tentar alterar seu jogo que no momento está muito previsível!

JBG
JBG
1 mês atrás
Responder para  Carlos Roberto Gomes

Exemplo rápido Danielle Collins e Maria Sakkari viraram outra jogadoras. Fora outros etc

Refaelov
Refaelov
1 mês atrás

Sem novidades infelizmente, saque continua não condizente para a altura/envergadura da Bia, continua jogando de forma muito burocrática/previsível e sem a agressividade necessária para o jogo dela fluir..

Marcelo
Marcelo
1 mês atrás

Saque que não machuca ninguém e o mental fraquíssimo!! Assim tá cada vez mais difícil!!

Andre
Andre
1 mês atrás

Inacreditável a derrota da Bia, impressionante como consegue perder um jogo na mão e ainda tomar uma surra no segundo .Meligeni tem razão em dizer que a Bia será número 1 do mundo, mas não nessa encarnação. Sou otimista mas tá difícil de assistir jogo da Bia. Mudança de técnico seria uma alternativa? Goran parece estar disponível….

Álvaro Canto de Campos
Álvaro Canto de Campos
1 mês atrás

Outro jogo tenebroso da Bia.
Foi bem até ter 4/2 e saque no primeiro set. Depois, parou de jogar!
2024 promete…

Vitor
Vitor
1 mês atrás

Em 1 ano vai estar no máximo no top30, em dois anos top50, e olhe lá…

Cabelão de Boneca 2024
Cabelão de Boneca 2024
1 mês atrás
Responder para  Vitor

Nossa ser top 30-50 é uma tragédia né, afinal tem coisa mais facil que isso? Acho que até vc conseguiria isso.

Andrade
Andrade
1 mês atrás

A realidade é essa, # 13 do mundo, terceira rodada nos grandes torneios WTA 1000 e 500, isso já a coloca como sendo a segunda maior tenista brasileira de todos os tempos, somente perde pra Guga Kuerten, na Era Aberta (profissional). Ou seja, nosso Brasil é muito carente de tenistas nas posições de destaque, brigando por títulos WTA ou ATP. A culpa não é da Bia, ela já fez a parte dela com louvor, o que falta é um projeto para estimular os jovens tenistas, como a Itália fez muito bem.

Andre
Andre
1 mês atrás
Responder para  Andrade

Concordo, é o limite dela e temos que respeitar, as outras meninas que estão chegando que façam melhor que ela.

Roberto
Roberto
1 mês atrás
Responder para  Andrade

Para jovens tenistas, a Republica Tcheca está na vanguarda…

Thiago Silva
Thiago Silva
1 mês atrás

A Bia tá descendo a ladeira, acho que deve terminar o ano perto do top 50.

Marco
Marco
1 mês atrás
Responder para  Thiago Silva

250 no minimo

Jose Maria
Jose Maria
1 mês atrás
Responder para  Marco

Grande profeta

Jose Maria
Jose Maria
1 mês atrás
Responder para  Thiago Silva

Fala isso desde o ano passado , venha com novidades.

Andre
Andre
1 mês atrás

Inacreditável a derrota da Bia, jogo na mão, consegue perder e tomar uma surra no segundo set !!! Difícil, muito difícil de torcer. Troca de técnico seria uma alternativa? Goran parece estar disponível.

Nathan
Nathan
1 mês atrás

Kkkkkkkkkk, se essa mulher é jogadora de tênis, eu sou uma árvore

Rocha
Rocha
1 mês atrás
Responder para  Nathan

Nossa, sabia que árvore escrevesse…

Jose Maria
Jose Maria
1 mês atrás
Responder para  Nathan

Está entre as 20 do mundo sabia senhor Arvore

Paulo Mala
Paulo Mala
1 mês atrás

Deprimente… reabilitou a Kudermetova.
O saque está horrível , parece em câmera lenta

Adalberto
Adalberto
1 mês atrás

Preocupante…
Quero ver se ela terá coragem de jogar no BJK Cup…
Na frente de milhares de torcedores…
É muita pressão…
Acho que a própria organização deveria repensar…
Para preservá-la… Sei lá…

JBG
JBG
1 mês atrás
Responder para  Adalberto

Verdade e bem lembrado. A pressão será grande e começar chorar durante o jogo pode acontecer, por conta do momento ruim. Pode lembrar aquele choro do David Luiz na Copa do mundo 2014 no Brasil, estórico 10×1.

José Cardoso Jr
José Cardoso Jr
1 mês atrás

Sem comentários.

Neto
Neto
1 mês atrás

Eita. Que pena.
Então vamos ver o que acontece no saibro de verdade.

Thiago
Thiago
1 mês atrás

Receio, pela primeira vez, que a Bia esteja caindo para não mais voltar. Espero estar errado.

Andy Schmid
Andy Schmid
1 mês atrás
Responder para  Thiago

Quando caírem os pontos do ano passado, não volta mais.

Jose Maria
Jose Maria
1 mês atrás
Responder para  Andy Schmid

Voltou o cara, há 2 anos já dizia isso ao Lara , perdeu os algarismos romanos ?

PFON
PFON
1 mês atrás

Essa é fraca demais ! ladeira abaixo !

Fernando Romero
Fernando Romero
1 mês atrás

Um fenomeno a Haddad Maia. Ficar por mais de um ano entre as top 20 com esse saque é um negócio do outro mundo. E não adianta ficar cobrando dela o que ela não tem condições de entregar. Até que como está está bom demais.

Jorge Luiz
1 mês atrás

Que faaaase da Bia

Veronica
Veronica
1 mês atrás

o que acontece com essa moça? vai continuar insistindo com esse técnico e sempre sorrindo após cada nova derrota, dando a impressão que está “aliviada” por sair de quadra?

Marcelo Calmon
Marcelo Calmon
1 mês atrás

Fase péssima. Achar uma maneira de sair dela está difícil, mas uma troca de técnico é uma opção.

Luciano
Luciano
1 mês atrás

Conta a novidade!! Que ano horrível da Bia aff

Nathan
Nathan
1 mês atrás

Fraquinha demais, melhor são os comentários das pessoas defendendo ela kkkkk, cada desculpa esfarrapada que parece ser uma piada. O cara falou que vai ser número 1 ainda kkkkkkkkkkk, só espera chegar rolan garros e ela vai perder muitos pontos, assim vai descer o ranking e fora os outros torneios que tem de defender tb! Esse ano se a Bia fechar no top 50 é lucro

Fernando S P
Fernando S P
1 mês atrás
Responder para  Nathan

Ela está em 27º na Race. Normalmente, ela tem um desempenho melhor no saibro e na grama. Sendo assim, com o atual nível que ela vem apresentando, é improvável que ela saia do Top 30 neste ano.

Renato Dalessi
Renato Dalessi
1 mês atrás

Botafogo do tenis

Marcelo Ikeda
Marcelo Ikeda
1 mês atrás

de 4×2, a Bia levou de 5×7 e 1×6, ou seja, depois do 4×2 perdeu de 11×2… preocupante, pq a Kudermetova não vinha de boa fase…

JBG
JBG
1 mês atrás
Responder para  Marcelo Ikeda

Lembra seleção brasileira de futebol na Copa do mundo 2014, perdeu de 10×1 com direito baile e fora os ameaços e choro copioso do David Luiz, épico.

Sidney
Sidney
1 mês atrás

Nessa pegada vai chegar no top 40 depois de RG.
Mudar de técnico é uma opção pra não despencar…

Edson
Edson
1 mês atrás

Normal, sem novidades…

Andy Schmid
Andy Schmid
1 mês atrás

Essa Bia parou de jogar faz tempo Teimosa, quer disputar tudo que é torneio, por que não fala “não!” Vai treinar e ver o que tá pegando! Gosta de levar paulada uma atrás da outra! Final de filme que já parei de assistir!

Rodrigo
Rodrigo
1 mês atrás

Troca de Técnico Bia. Pelo amor de DEUS, inadmissível esse saque com essa altura. Agradecer pelos serviços prestados e trocar. Preocupante.

Alecsa
Alecsa
1 mês atrás

“Onde eu saco”? Eu entendi direito ou a Bia não tinha ideia do que fazer em quadra? Tenho sofrido na torcida, mas deve estar sendo mais doloroso para ela nesse momento. Uma jogadora do nível dela, que chegou no top 10… Que venceu, a número 1, a número 4, a número 6, a número 7, etc… com jogos em que elas não jogaram mal e sim jogos que a Bia destruiu… Jogando muito… Não pode estar em quadra e não saber o que fazer contra uma adversária teoricamente inferior. Não sei o acordo que ela tem com a equipe que a acompanha, mas no meu entendimento, leigo admito, de apreciadora desse esporte incrível, percebo que não há mais para onde ir. Ou se atreve a mudar… Ou vai ficar difícil. Muitos pontos a defender até Roland Garros. Torcendo muito para que a mudança venha. #forçaBia. #tamojunto…

Wagner Jobson
Wagner Jobson
1 mês atrás

Meu Deus. Só aguentou até o 4×2, depois sumiu,tomou um vareio daqueles da Kurdementova.

Joaz
Joaz
1 mês atrás

Com os resultados do final da temporada passada parecia que a Bia teria um ano bem regular em alto nível. Resta ficarmos na torcida p/ que ela se encontre e consiga emplacar bons resultados. Também concordo que deveria fazer alguma mudança na equipe técnica ou até incluir mais alguém.

Rodrigo.c.arruda@rcacc.com.br
Rodrigo.c.arruda@rcacc.com.br
1 mês atrás

Eh ! FATO ! ( “kd” o pessoal da ESPN??)… PUXANDO O “saco” da Bia !!!! Narradores… comentaristas … etc… FATO !!!!!

JBG
JBG
1 mês atrás

Eu torço muito pra Bia mas: 51,3% contra 72,4% Pontos ganhos no 1º serviço e sofrer 6 break points convertidos, há não! Aí fica difícil.
Não sei o que pode estar acontecendo a Bia está fazendo um esforço absurdo pra colocar a bolinha em jogo. Parece que está sofrendo pra sacar, é nítido a falta de força e energia. Uma queda de desempenho e o jeito de como jogar tênis impressionante. Infelizmente não queria dizer isso mas estou começando achar e isso é uma pena… Beatriz Haddad Maia realmente chegou no seu limite de tênis. Acabou aquela força, aquela energia positiva, aquela garra, aquela agressividade de querer ficar em todos os pontos, que inclusive era elogiada e respeitada por todas tenistas ganhando ou perdendo. Espero estar super equivocado e que seja somente uma fase ruim… Que a Bia volte. Realmente há verdade nos será apresentado em Roland Garros.
Me impressiona Danielle Collins com todos seus problemas de saúde, com um proteção no joelho e ganhou seu maior título da sua carreira M1000 Miami Open Itaú, depois encontrou uma força extra de outro mundo pra jogar Charleston, hoje ainda venceu duas partidas contra grandes tenistas e já está nas quartas de final, simplesmente incrível. Que me incomoda por gostar muito de tênis e que essa queda da Bia está muito estranha, não encaixa, não combina com a Bia, ela joga muito mais que isso. Tem uma coisa muito errada nessa estória. Tomara que seja apenas “Feitiço do Tempo” aquele clássico filme Cult 1993 com Bill Murray e Andie MacDowell.

Marco
Marco
1 mês atrás
Responder para  JBG

O problema da Bia eh tecnico e mental. Sua classificacao no ranking da WTA, nao condiz com suas atuacoes. Se ate Djokovic sendo numero 1 do ranking troca de tecnico, nao entendo como continua insistir com essa equipe tecnica.

Andy Schmid
Andy Schmid
1 mês atrás

Enfim, normal. Tem jogo pra ser coadjuvante de R1 e R2 de 1000 e 500. Tem jogo para semi de 250. O ano passado foi ponto fora da curva. Aproveitou a grana mais gorda que o ranking ilusório permitiu.

Albert
Albert
1 mês atrás

Os defensores incondicionais estão começando a sumir. Chega uma hora q a gente desiste.

Fernando Venezian
Fernando Venezian
1 mês atrás

Pô Bia! Assim tá ficando difícil te defender!!!

Xico Tripas
Xico Tripas
1 mês atrás

A tendência é que até o final do ano a Bia retorne ao seu “verdadeiro” ranking, algo entre 80 e 100, o que é muito bom. O que aconteceu com a Bia é normal no circuito: encaixa um bom período e consegue bons resultados em alguns torneios. Mas para ficar no topo do ranking tem de ter consistência, coisa que definitivamente a Bia não tem.
Ficando no top 100 já é muito bom, consegue entrar nos Grand Slans, ganhar uma boa grana e ir tentando encaixar uma novo bom período.

NFdS
NFdS
1 mês atrás

Sou muito fã da Bia, torço muito por ela, que conseguiu a proeza de ser 10 do mundo e se manter no top 15 há meses. Quando ela recomeçou a carreira depois da suspensão, imaginava que podia ser top 50, quiçá 40, mas ela superou, foi 10. Maravilha! Mas agora precisa de mudança radical, pq estagnou. Saque e mental precisam de atenção urgente. Talvez um treinador só de serviço e uma equipe de psicologia pra acompanhar. A dependência do técnico é também preocupante, toda hora olha pra ele pra saber o que fazer?

Blumenau
Blumenau
1 mês atrás
Responder para  NFdS

Deve ser mais do que técnico, daí a dependência.

Última edição 1 mês atrás by Blumenau
João
João
1 mês atrás

Não entendo pq as pessoas se frustram tanto com a Bia. Na verdade ela ter chegado tão perto do top 10 foi acima das expectativas, seu nível é claramente entre top 30 e 50. Acima disso é só lucro. Nitidamente tem limitações no mental e um jogo sem variação. Mas o pessoal, só pq ela chegou a uma final de 1000 e semi de Slam, fica idealizando que chegou a nova Maria Esther Bueno, e quando vê que a realidade não é bem essa, fica revoltado com a moça. Nem tanto ao mar, nem tanto a terra. O nível real da Bia é este que estamos vendo esse ano, não temos que tomar a exceção como regra. A regra é a Bia oscilante, com momentos de brilhantismo. As grandes semanas de Montreal e RG foram as exceções.

Dennis Silva
Dennis Silva
1 mês atrás
Responder para  João

Perfeito.

Hyrata Abe
Hyrata Abe
1 mês atrás

Não há discussão que a Bia está entre as melhores do mundo em termos de qualidade de tênis. Mas sabemos também que todo mundo aprendeu a bater na bola assim como entenderam que o nível físico tem que estar em dia, senão entra em outro patamar.
A minha questão quanto a Bia é técnica mesmo.
Ela já chegou ao seu ápice?; por que está tão fácil derrotá-la;? ela está mesmo num ranking virtual que não representa sua verdadeira posição?; dentre outras …

Tito
Tito
1 mês atrás

Mudanças geram crescimento, não é só o físico, é preciso pensar na saúde mental também

Beto_poa
Beto_poa
1 mês atrás

na vitoria contra a Dolehide, 18 comentarios; na derrota 65 !!! KKK

Blumenau coleções
Blumenau coleções
1 mês atrás
Responder para  Beto_poa

É porque nem mesmo os torcedores furiosos que chamam os realistas de haters estão aguentando esta série de derrotas e decepções e estão metendo o pau.

Fábio
Fábio
1 mês atrás

A coisa pode complicar se ela não conseguir defender a semi de RG-2023… aí pode cair muito

Marcelo
Marcelo
1 mês atrás

No jogo ela demonstra estar completamente presa, zero soltura nos golpes e na movimentação. O saque é simplesmente tenebroso. O buraco está crescendo, tem que promover alguma mudança se quiser sair dele.

Adôni
Adôni
1 mês atrás

Eu acho que a Bia poderia tentar trocar de técnico, pq ela parece não evoluir nunca, só fica no mesmo. Desse jeito não vai ganhar mais nada

Refaelov
Refaelov
1 mês atrás

Clr q tem a galera q passa do ponto na frustração e começa com previsões infundadas: “Bia vai sair do top 80 ao final do ano”, completamente improvável, msm só contando os resultados desse ano, ela ainda estaria no top 40..

Mas, igualmente equivocada é a galerinha q acha absurdo criticar pq “é de longe a nossa maior tenista desde a MEB”, oras, no dia q a Bia anunciar aposentadoria, vai ser tratada com toda a reverência por ter conquistado esse posto na história mas, enquanto ainda está na ativa, acho salutar q se aponte onde se veja equívocos e se opine onde se veja soluções.. tá bem óbvio há algum tempo q o buraco mais passível de correção no jogo dela é o saque pouco contundente e, tá óbvio tbm q o seu time atual n enxerga esse problema ou n tem a capacidade de trabalhar melhor esse fundamento, logo, se impõe ao menos a contratação de um profissional pra trabalhar esse fundamento específico.. ela está faturando como nunca no extra quadra, n penso q seja uma questão financeira a n contratação desse profissional.. se o técnico atual n aceita uma adição desse tipo ao time, dae sim, vai ter q se pensar em trocar o próprio técnico ..

Última edição 1 mês atrás by Refaelov
Jose Luiz
Jose Luiz
1 mês atrás

Ela é muito fraca. A NANA de 14 anos acho que ganha. Ela chegou a esse patamar porque jogou com jogadoras pior que ela.

Blumenau coleções
Blumenau coleções
1 mês atrás
Responder para  Jose Luiz

Não seria nenhuma novidade, a Bia perdeu ano passado para uma Juvenil.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE