PLACAR

Beach: tri mundial, Marcela Vita vence BT 10 em Toledo ao lado de jovem

Anabelle Rampazzo (à esquerda) e Marcela Vita (Foto: Tiago Lino @tiagolinophoto )

Toledo (PR) – Em uma final emocionante , a tricampeã mundial e paranaense de Curitiba, Marcela Vita, número 15 do mundo, foi campeã, na noite desta quarta-feira, do segundo torneio BT 10 realizado no Olinda Beach Tennis, em Toledo (PR), evento com pontos no ranking mundial da Federação Internacional de Tênis. E foi uma noite especial, em que atuou ao lado da jovem curitibana Anabelle Candiotto Rampazzo, de 14 anos, que ergueu seu primeiro troféu de campeã.

Em uma final superdisputada, Vita e Rampazzo derrotaram as brasileiras Ana Beatriz Roman e Ana Preisner por 6/7 (5/7), 7/5 e 10/8. “Foi muito emocionante conquistar essa vitória com a Belle. Importante nós, que estamos no circuito, temos experiência e podemos apoiar essa geração. Sei como é difícil começar no profissional. A gente perde mais do que ganha no começo. Estou muito feliz de poder ter ajudado a Anabelle nesses primeiros passos no profissional, isso não tem preço”, celebrou Vita. Rampazzo comemorou: “Foi inesquecível principalmente por estar ao lado da fenomena Marcela, e pela minha constância porque não foi um fácil”.

No masculino, o título ficou com o paranaense de Cianorte, Bruno Alcantara, de 16 anos, e o catarinense Vinicius Schurtz, da mesma idade, que derrotaram a dupla de Vinicius Pretti e Rickson Saoncela por 6/1 e 7/5. Alcântara ergue sua segunda taça enquanto que Schurtz ganhou troféu inédito.

Nesta quinta-feira, será disputado o qualificatório para a chave do principal torneio, o BT 200, com premiação de US$ 15 mil (mais de R$ 80 mil), definindo as últimas oito vagas no masculino e feminino do evento que começa na sexta-feira e vai até o domingo. Os jogos começam a partir das 9h.

A principal competição terá algumas das estrelas do esporte como o atual campeão mundial e número 1 do mundo, o italiano Mattia Spoto, que joga com o gaúcho Fabrício Neis, 19º colocado. Outro top 10 na disputa será o santista Allan Oliveira que atuará ao lado do paulista Leonardo Branco, 12º. Allan é o atual campeão mundial pelo Brasil. Giovanni Cariani, 18º, e Daniel Mola, 14º, formam a dupla cabeça de chave 3. O venezuelano Ramon Guedez, que há poucas semanas era top 10 e ocupa o 13º posto, jogará com o também top 20, o italiano Federico Galeazzi. Também campeão mundial por equipes pelo Brasil, Thales Santos é outra fera jogando com o catarinense Daniel Schmitt. O paranaense de Maringá, Miguel Peres, joga ao lado do ex-número 1 do mundo, o carioca Vinicius Font.

No feminino, a atleta da seleção brasileira Julia Nogueira será a principal favorita ao lado da paranaense Isadora Simões. Ex-número 1 do mundo, Samantha Barijan atuará com Julianna Martins. Outra paranaense na disputa será Isadora Trusz, em parceria com Isabella Sella. Campeã mundial pelo Brasil, a paranaense Marcela Vita, ex-top 10, jogará ao lado de Flavia Deboni.

A competição terá atletas de sete países: Brasil, Itália, Portugal, Venezuela, Argentina, Japão e Chile. A entrada ao público é feita mediante a doação de 1kg de alimento não-perecível, que será doado ao Embaixadores Solidários, instituição filantrópica da cidade.

Subscribe
Notificar
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Wimbledon seleciona os melhores backhands de 1 mão

Os históricos duelos entre Serena e Venus em Wimbledon

PUBLICIDADE