PLACAR

Zverev comemora o bi em Roma: “Agora posso sonhar de novo”

Foto: Internazionali BNL d'Italia

Roma (Itália) – Mais jovem campeão do Masters 1000 de Roma, vencendo o torneio em 2017 com apenas 20 anos, o alemão Alexander Zverev teve que esperar mais sete anos para voltar a levantar o troféu no Foro Italico. O bicampeonato veio neste domingo com uma firme vitória em sets diretos para cima do chileno Nicolas Jarry, marcando o placar final de 6/4 e 7/5 depois de 1h41 de confronto

“A primeira vitória é sempre a mais especial, quando era mais jovem me sentia mais confiante, sabia que mais cedo ou mais tarde isso aconteceria. Porém, depois da lesão não sei se voltaria para ganhar e por isso é uma vitória especial”, comemorou o germânico, lembrando da grave torção no tornozelo sofrida nas semifinais de Roland Garros em 2022, que o tirou de ação do circuito por um bom tempo.

“É a demonstração de que posso vencer estes torneios e estou de volta ao nível que queria estar. Agora posso sonhar de novo”, acrescentou Zverev, que com o título em Roma terá seu melhor ranking em quase 20 meses, será o número 4 do mundo na próxima segunda-feira e de quebra terá um sorteio mais favorável na chave de Roland Garros.

Confiança em alta para o Grand Slam francês

O título conquistado neste domingo deixa o alemão de 27 anos ainda mais confiante para buscar um grande resultado em Paris. Contudo, ele sabe que não pode relaxar e tem que manter o nível. “Quando não jogo bem posso perder para qualquer um, mas se jogar bem sei que posso vencer qualquer um”, afirmou Zverev.

“Em Paris joguei semifinais três vezes (2023, 2022 e 2021) e foi onde mostrei o melhor tenis da minha carreira. É o torneio que sempre marquei no meu calendário, aquele que queria ganhar, aquele que mais ansiava durante. Lá eu terei que me concentrar em mim mesmo e tentar encontrar o ritmo certo como fiz aqui em Roma”, acrescentou.

Zverev não prevê vida fácil em Roland Garros

Apesar das dúvidas sobre os principais nomes para a disputa do Slam francês, com o sérvio Novak Djokovic sem mostrar um grande tênis em 2024, com o espanhol Rafael Nadal longe da melhor forma e incerteza sobre a condição física do italiano Jannik Sinner e do espanhol Carlos Alcaraz, para Zverev o torneio será duro e os rivais jogarão bem

“Nole estará em grande forma, vocês verão. Rafa vai jogar muito melhor do que aqui e em Madrid. Não sei se o Sinner e o Alcaraz estarão fisicamente bem, isso não posso responder”, afirmou o alemão, que será o cabeça de chave 4 no torneio, evitando cruzar com Djokovic, Sinner e Alcaraz antes das semifinais.

Satisfação com o nível em Roma

O campeão no saibro italiano não escondeu a satisfação com seu desempenho no decorrer da competição, perdendo apenas um set em sua campanha. “Joguei bem durante toda a semana, desde o primeiro ponto do primeiro jogo até ao último jogo de hoje. Lutei um pouco nas meias-finais, mas consegui vencer”, disse Zverev, lembrando da virada sobre o chileno Alejandro Tabilo.

“Hoje (domingo) foi uma grande atuação. Nico jogou muito bem, venceu adversários muito fortes e demonstrou que estava em ótima forma, mas consegui neutralizá-lo com o saque”, observou o alemão, que teve 90% de aproveitamento em seus games de serviço, perdendo apenas cinco pontos com o saque em toda a partida.

Apesar do vice-campeonato, Jarry sai motivado com boa campanha

5 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
João Silva
João Silva
1 mês atrás

5 Sets ainda pesa para ele.. vamos aguardar…

Gilvan
Gilvan
1 mês atrás

Parabéns ao Dolgopolov. Voltou vivo da guerra da Ucrânia para faturar o M1000 de Roma.

Paulo H
Paulo H
30 dias atrás
Responder para  Gilvan

Nada a ver Zverev com Dolgopolov. Erro intencional ou de desconhecimento mesmo?

charlie
charlie
30 dias atrás
Responder para  Paulo H

Acho que ele comparou a aparência. Parece um pouco mesmo.

Gustavo Luis
Gustavo Luis
1 mês atrás

Pode sonhar mesmo.
Até porque há muitas dúvidas em relação a Djoko, Alcaraz e Sinner, respectivamente.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Alcaraz e Murray: treino entre campeões em Queen's

Os melhores lances da campeã Boulter na grama de Nottingham

PUBLICIDADE