PLACAR

Yastremska derruba algoz de Iga e quebra marca de 46 anos

Foto: Jimmie48/WTA

Melbourne (Austrália) – Responsável pela eliminação da polonesa Iga Swiatek na terceira rodada, a tcheca Linda Noskova, jogadora mais jovem entre todas as quadrifinalistas, não conseguiu seguir adiante no Australian Open e foi derrotada nesta quarta-feira pela ucraniana Dayana Yastremska , que fez um jogo muito firme e precisou de 1h18 para vencer com parciais de 6/3 e 6/4.

Yastremska é a primeira jogadora vinda do qualificatório a alcançar as semifinais em Melbourne desde Christine Dorey, em 1978. A ucraniana de 23 anos e atual 93 do mundo tenta agora repetir o feito da britânica Emma Raducanu, que em 2021 saiu do qualificatório para conquistar o título do US Open.

O próximo obstáculo no caminho de Yastremska será a vencedora da última partida de quartas de final, que de um lado terá a chinesa Qinwen Zhang, cabeça de chave 12, e do outro a russa Anna Kalinskaya. A ucraniana jamais cruzou com Zhang no circuito,mas já enfrentou Kalinskaya cinco vezes, perdeu três (Kharkiv 2016, Moscou 2021 e Roma 2023) e venceu duas (Trnava 2016 e Istambul 2017).

Com a campanha no Australian Open, disparada a sua melhor em Grand SLam, passando pela primeira vez das oitavas de final, algo que havia feito também só uma vez, em Wimbledon 2019, Yastremska dará um enorme salto de 64 posições no ranking e subirá para o 29º lugar, ainda abaixo do 21º que é o melhor da carreira, marca que só conseguirá superar se for campeã.

A ucraniana jogou melhor do que a rival, foi mais consistente e controlou a partida. Ela notou mais do que o triplo de bolas vencedoras (19 a 6) e cometeu apenas dois erros não forçados a mais (23 a 21). O saque de Yastremska também foi mais eficaz, com 66% de aproveitamento contra 57% de Noskova.

Contudo, foi a tcheca a primeira a conseguir uma quebra, já no terceiro game, mas que foi devolvida logo em seguida. Depois de salvar um break-point no sétimo, Yastremska bateu o saque da rival no oitavo e confirmou em seguida para fazer 1 a 0. A segunda parcial foi mais equilibrada e definida no detalhe, com a ucraniana conseguiu uma quebra solitária no sétimo game que lhe deu a vitória.

2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
SANDRO
SANDRO
1 mês atrás

Dayana Yastremska, muito agressiva, não tomou conhecimento da tcheca e está embaladíssima nesta campanha fenomenal…

Ubiratan (Black)
1 mês atrás

Parabéns! quanto a sua próxima adversária, sou Kalinskaya desde criancinha.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE