PLACAR

Wild vence só 2 games depois da chuva e cai em NY

Foto: Julien Crosnier / FFT

Nova York (EUA) – A paralisação por chuva foi um divisor de águas para o paranaense Thiago Wild, que acabou eliminado do quali do US Open na segunda rodada. Depois de começar muito bem, ele teve o jogo interrompido pelo tempo ruim e na volta não conseguiu se achar novamente em quadra e foi superado pelo tcheco Zdenek Kolar com parciais de 6/3 e 6/2.

Wild teve um firme começo de partida e logo de cara saiu quebrando, venceu os dois primeiros games e quase não fez mais, desperdiçando dois break-points no terceiro game. Só que logo após o 3/2, veio a chuva, a partida foi interrompida e na volta o número 1 do Brasil não mostrou o mesmo desempenho de antes e foi dominado pelo rival, que aproveitou a situação.

Errando demais, o paranaense sofreu no retorno e terminou a partida com 29 erros não forçados, quase o dobro e Kolar, que cometeu apenas 15. Nas bolas vencedoras, Wild também levou a pior, só que de forma bem mais apertada, com 20 para ele e 21 para o tcheco.

Logo no primeiro game após a volta, Kolar teve quatro break-points para devolver a desvantagem e aproveitou o último deles. bastante irregular, sem conseguir aprofundar as bolas, Wild perdeu o saque novamente no oitavo game e logo em seguida perdeu o primeiro set, deixando escapar um break-point antes do tcheco fechar a parcial.

Depois de perder quatro games seguidos desde o retorno, Wild voltou a confirmar o serviço na abertura do segundo set, mas não demorou para ser quebrado novamente, já no terceiro. Ele salvou dois break-points no quinto e no sétimo amargou a quarta e última quebra do jogo. Kolar, que só perdeu 4 pontos no saque durante o segundo set, foi ao serviço para fechar e selou a vitória no segundo match-point.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Nadal leva público italiano ao delírio com incrível reação

Conheça o que aconteceu nos bastidores do WTA 100 de Madri

PUBLICIDADE