PLACAR

Wild estreia com vitória tranquila no quali de Indian Wells

Foto: Tennis Australia

* Atualizado após a partida de Felipe Meligeni

Indian Wells (EUA) – A participação brasileira no quali do Masters 1000 de Indian Wells começou com uma tranquila vitória de Thiago Wild. O número 1 do país e 65º do mundo venceu o australiano Adam Walton, 150º do ranking, por 6/1 e 6/3 em apenas 1h14 de partida.

Aos 23 anos, Wild ocupa o melhor ranking da carreira. Cabeça 1 do quali, o paranaense tenta disputar uma chave principal de Masters 1000 pela segunda vez, repetindo o resultado de Miami em 2021, quando também furou o quali. O próximo adversário será o britânico Liam Broady, 128º do ranking, que venceu o australiano Marc Polmans, 168º colocado, por 6/3 e 6/2.

A vitória na estreia vale 10 pontos na ATP para Wild, que pode somar mais 10 se conseguir sua vaga na chave. No entanto, ele tem 129 pontos a defender nas próximas semanas, quando caem os resultados de um título e um vice-campeonato em challengers disputados no Chile em março do ano passado. O ranking da ATP só será atualizado de novo daqui a duas semanas.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

Wild teve bom desempenho no saque, com seis aces na partida e sem sofrer quebras, enfrentando apenas dois break-points. Durante o primeiro set, ele conseguiu três quebras. Já na segunda parcial, escapou de games longos em seu saque e aproveitou uma oportunidade de quebra já no penúltimo game da partida.

Felipe Meligeni cai na estreia do quali
Outro brasileiro que buscava vaga no primeiro Masters 1000 do ano é o paulista Felipe Meligeni, de 26 anos e 132º do ranking. Ele enfrentou o norte-americano Nicolas Moreno De Alboran, 166º colocado, e perdeu por 6/3 e 6/1. Daqui a duas semanas, Meligeni tenta o quali de Miami. Ano passado, ele passou pelas duas rodadas do qualificatório, mas caiu na estreia da chave principal, em seu primeiro Masters 1000 na carreira.

16 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
ADALBERTO SOUZA
ADALBERTO SOUZA
1 mês atrás

Não estão transmitindo o qualy?
Não consegui ver, nem pela plataforma de jogos…
Mas parece que o oponente esperneou no 2ºset…
Alguém acompanhou ao vivo?

Adalberto
Adalberto
1 mês atrás
Responder para  ADALBERTO SOUZA

A Star+ também não transmitiu…

Thiago
Thiago
1 mês atrás

Alguém sabe como assistir ao quali?? Bet365 não transmitiu. Teve ter havido algum bloqueio… outros torneios estavam com vídeo ao vivo normalmente.

Leonel
Leonel
1 mês atrás
Responder para  Thiago

Do Meligeni bet365 transmitiu .

Matheus Ferreira
Matheus Ferreira
1 mês atrás

Boa Wild,vamo pra cima!!

Jorge Luiz
1 mês atrás

Excelente

Refaelov
Refaelov
1 mês atrás

Estreia mais segura do Wild doq eu estava esperando, 1° com efetividade >80% qnd entrou em quadra e n sofreu nenhuma quebra..

Q2 teoricamente é ainda mais acessível, grandes chances de voltar a uma chave principal de Masters depois de quase 3 anos, bora pra cima!

Eduardo
Eduardo
1 mês atrás

Excelente e até surpreendente (pela facilidade) vitória. Como é o cabeça 1, mesmo perdendo a próxima, grande chance de entrar como lucky looser?

Bukele
Bukele
1 mês atrás
Responder para  Eduardo

da última vez q eu tinha visto, tinham mudado o critério antigo e agora os lucky losers são definidos por sorteio, ignorando se o sujeito é cabeça de chave ou não. Deve ser pra inibir o cabeça 1 de perder na última rodada de propósito sabendo q já estaria classificado. Portanto, o negócio é ganhar

José Nilton Dalcim
Admin
1 mês atrás
Responder para  Bukele

Não. Existe uma regra para quando o LL é por sorteio ou por ranking.

Refaelov
Refaelov
1 mês atrás

Será q o Meligeni n joga um CHL nos EUA entre IW e o Qualy de Miami n?

JONY MARCIO SANTOS
JONY MARCIO SANTOS
1 mês atrás
Responder para  Refaelov

Tá inscrito sim. Caso ele não avance muito em IW vai perder muitos pontos. Dia 18, próximo ranking a ser divulgado, caem os pontos de um título e um vice de Challenger que ele conseguiu ano passado. Cada rodada avançada já vai amenizando o prejuízo.

Bruno
Bruno
1 mês atrás
Responder para  JONY MARCIO SANTOS

O rapaz falou do Meligeni. Você do Wild.

JONY MARCIO SANTOS
JONY MARCIO SANTOS
1 mês atrás
Responder para  Bruno

Tem toda razão. Falha minha.

Guilherme ES Ribeiro
Guilherme ES Ribeiro
1 mês atrás

Boa vitória do Wild, com autoridade. Australiano vinha de bons resultados em Challengers. Segunda rodada também dá. Bora furar esse qualy. Meligeni decpecionou um pouco, não pela derrota, mas pela pouca resistência oferecida

Marcelo
Marcelo
1 mês atrás

O Meligeni precisa cair na real que a profissão dele vai ser outra.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da rápida final masculina de Miami

Collins segura os nervos e bate Rybakina: veja o melhor da final

PUBLICIDADE