PLACAR

Wawrinka deixa porta aberta para retorno ao Rio Open

Foto: Fotojump

Felipe Priante

Rio de Janeiro (RJ) – Apesar da eliminação logo na primeira rodada em sua estreia no Rio Open, caindo diante do embalado argentino Facundo Diaz Acosta, campeão em Buenos Aires na semana passada, o suíço Stan Wawrinka saiu com boas impressões do torneio e deixou aberta a porta para um eventual retorno no futuro.

“Tive uma recepção incrível aqui, muitos fãs e muito apoio, fico feliz por estar aqui. A cidade é incrível e com muita energia. Espero poder voltar. Foi incrível estar no Rio pela primeira vez, tive muito apoio e muita energia em quadra, tentei usar isso para dar a volta por cima, mas não encontrei soluções”, afirmou o suíço de 38 anos, que atualmente ocupa a 67ª colocação no ranking da ATP.

Wawrinka lamentou a queda de ritmo após um bom início, que acabou lhe custando a partida. “Comecei bem, ele estava um pouco lento e tive a chance de sacar para o primeiro set, mas diminui um pouco o ritmo e ele jogou melhor, me colocou mais pressão. Fico triste por ter perdido essa partida, tentei lutar no segundo set para pegar a energia de volta, tive uma chance de devolver a quebra e não consegui”.

Os oito games perdidos em sequência entre o final do primeiro set e o começo do segundo acabaram fazendo toda a diferença no resultado final. “Foi um misto de minha confiança caindo um pouco, maior excitação no que estava fazendo em quadra e ele também passou a jogar melhor, de forma mais agressiva a sem me dar muito tempo. Isso mudou tudo, tentei me recuperar e não consegui”, analisou Stan.

Feliz com seu retorno aos torneios sul-americanos, tendo disputado o ATP 250 de Buenos Aires na semana passada, Wawrinka disse que adoraria jogar em Santiago, mas precisa descansar e focar nos próximos eventos. “Adoraria jogar no Chile, amo a América do Sul, mas preciso voltar para casa para me preparar para Indian Wells”, finalizou.

2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
João Sawao ando
João Sawao ando
1 mês atrás

Será sempre bem vindo stans

Tadeu Schmidt
1 mês atrás

Acima dos 35 só há 4 tenistas no Top 100. Os múltiplos Campeões de Slam Djokovic, Murray e Wawrinka. E o Finalista Monfils. Só.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja como foi a espetacular vitória de Fonseca sobre Sonego

Nadal pode ter feito seu último jogo oficial em Barcelona

PUBLICIDADE