PLACAR

Vondrousova larga bem em Madri, Zheng abandona por lesão

Marketa Vondrousova (Foto: Mutua Madrid Open)

Madri (Espanha) – Em seu segundo torneio na temporada de saibro, Marketa Vondrousova tenta aproveitar o bom momento depois de ter alcançado a semifinal de Stuttgart e estreou com vitória no WTA 1000 de Madri. Atual número 7 do mundo, a tcheca superou a norte-americana Shelby Rogers por 6/1 e 6/3 em 1h17 de partida.

Esta foi apenas a nona vitória na temporada para Vondrousova, que se retirou de Indian Wells, em março, por razões pessoais, e só voltou a jogar na semana passada. A canhota de 24 anos é a atual campeã de Wimbledon e está apenas uma posição abaixo do melhor ranking da carreira, alcançado em setembro. Jogando no saibro, ela já foi vice de Roland Garros em 2019.

A adversária de Vondrousova na terceira rodada em Madri será a jovem russa de 16 anos Mirra Andreeva, 43ª do ranking, que evitou um duelo tcheco ao vencer Linda Noskova por 4/6, 6/3 e 6/3. O confronto é inédito no circuito e Andreeva tenta repetir a ótima campanha do ano passado em Madri, em que também chegou às oitavas.

Tchecas têm rumos opostos na rodada em Madri

Outra vitória tcheca na rodada veio com a canhota de 18 anos Sara Bejlek, atual 136ª do ranking, que derrotou a russa Anna Kalinskaya, 25ª do mundo, por 6/1 e 6/4. Depois de conseguir a maior vitória na carreira, Bejlek terá um duelo de jovens contra a norte-americana Ashlyn Krueger, de 19 anos e 70ª do ranking, que também conseguiu um resultado expressivo e derrotou a russa Ekaterina Alexandrova, 16ª colocada, por duplo 6/3.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Já a também tcheca Barbora Krejcikova, campeã de Roland Garros em 2021 e atual 27ª do ranking, sofreu uma virada na estreia da romena Jaqueline Cristian, 73ª colocada, que marcou as parciais de 2/6, 6/0 e 6/2. Cristian pode enfrentar a norte-americana Danielle Collins ou a sérvia Olga Danilovic, que fecham a rodada desta sexta-feira.

Lesão na coxa faz Zheng se retirar na estreia

O dia também marcou a despedida da chinesa Qinwen Zheng, número 8 do ranking e finalista do Australian Open. A jovem jogadora de 21 anos se retirou da partida contra a cazaque Yulia Putintseva, 50ª colocada, quando perdia por 7/5 e 2/0. Segundo a WTA, o motivo da desistência foi uma lesão na coxa direita.

Desde o vice-campeonato em Melbourne, Zheng venceu apenas mais cinco jogos e a única semana em que conseguiu duas vitórias seguidas foi em Dubai, onde chegou às quartas. A experiente Putintseva, de 29 anos, chega à sua 13ª vitória contra top 10 e agora enfrenta a norte-americana Caroline Dolehide, que bateu a ucraniana Anhelina Kalinina por 6/7 (6-8), 6/2 e 6/3.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
João Sawao ando
João Sawao ando
28 dias atrás

Torcendo pela collins

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE