PLACAR

Thiem revela novo problema no punho e tenta ir a Estoril

Foto: Reprodução/Instagram (Dominic Thiem)

Viena (Áustria) – Cerca de uma semana após ser eliminado nas oitavas de final do challenger de Zadar, na Croácia, e posteriormente desistir da disputa em Nápoles, o austríaco Dominic Thiem veio a público nesta quarta-feira para explicar os motivos que o levaram a renunciar sua participação no torneio italiano. Em vídeo publicado no Instagram, o ex-número 3 do mundo revelou um novo problema no punho direito, o mesmo com o qual sofreu nas últimas temporadas devido a uma lesão.

Segundo ele, há uma inflamação no local e foi preciso diminuir a intensidade dos treinamentos e abandonar a ideia de jogar na Itália para não agravar a situação. Apesar disso, ele segue confiante para se recuperar a tempo de disputar o ATP 250 de Estoril, que acontece na próxima semana, entre os dias 1 e 7 de abril.

Thiem também explicou que decidiu postar o vídeo para dar fim às especulações sobre o futuro de sua carreira. Depois de ele próprio mencionar em janeiro que estaria lhe dando uma última chance de recuperar a melhor forma e tentar voltar ao top 50, o atual número 90 do mundo ainda não conseguiu embalar na temporada e soma apenas oito jogos disputados em 2024, com quatro vitórias e quatro derrotas.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Confira na íntegra o comunicado de Dominic Thiem:

“Olá a todos. Gostaria de deixar uma mensagem a vocês, principalmente depois dos boatos que existiram nos últimos dias, e queria que fosse através das minhas redes sociais para que todos possam saber a verdade. Como todos sabem, eu comecei a trabalhar e treinar novamente depois do Aberto da Austrália. Queria voltar aos treinos que me tornaram um grande jogador. Começamos a treinar como eu fazia quando era mais jovem, com muita intensidade, muitos golpes e muitas horas seguidas em quadra.

Infelizmente, pouco antes do meu retorno em um challenger na Hungria, meu punho começou a apresentar alguns problemas. Comecei a ter novamente aqueles ‘cliques’, que me incomodavam bastante e eram parecidos com os que senti quando voltei da lesão, há três anos. Aquela sensação estranha voltou e se transformou em dor nas últimas semanas.

Há um pouco de inflamação e é por isso que me retirei do challenger em Nápoles. Neste momento a situação é a seguinte: baixei um pouco as rotações e a intensidade nos treinos, tornando-os um pouco mais curtos, porque há algum otimismo e boas hipóteses de poder regressar em Estoril. Quero jogar lá de novo, esse é o meu objetivo. Obrigado pelo seu apoio e até breve.”

4 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Thiago Silva
Thiago Silva
3 meses atrás

Infelizmente o Thiem já era, o diferencial dele era espancar a bolinha com o máximo de força, sem poder fazer isso o jogo dele não funciona, vai ficar penando igual o Murray.

João Sawao ando
João Sawao ando
3 meses atrás

Espero que volte .gostava do jogo do thiem

Hyrata Abe
3 meses atrás

Lamento demais por essa tragédia na carreira do Thiem!

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Wimbledon seleciona os melhores backhands de 1 mão

Os históricos duelos entre Serena e Venus em Wimbledon

PUBLICIDADE