PLACAR

Struff: “Passei meses sem pegar em uma raquete”

Foto: Huafa Properties Zhuhai Championships

Zhuhai (China) – De volta ao circuito após três meses sem competir, o alemão Jan-Lennard Struff estreou com vitória no ATP 250 de Zhuhai, batendo o chileno Cristian Garin em três sets na segunda rodada. Após sua vitória, ele lamentou ter perdido torneios importantes como Wimbledon e o US Open, além de não ter conseguido aproveitar a boa fase em que estava

“Tentei tomar uma infiltração para poder competir em Wimbledon, mas o médico me disse que se fizesse isso eu arruinaria minha carreira. Passei meses sem pegar em uma raquete, me dediquei a ficar com minha família e agora estou com vontade de voltar ao meu melhor nível”, contou o alemão de anos e atual 23 do mundo.

Struff vinha em ótimo momento antes da lesão, foi vice-campeão do Masters 1000 de Madri, saindo do qualificatório para a final, e depois também foi vice na grama do ATP 250 de Stuttgart. Eliminado nas oitavas em halle, ele não competiu mais desde então, retornando apenas agora em Zhuhai.

“Foi muito difícil de aceitar. Estava em uma boa fase e tive a sensação de que nesses torneios poderia jogar um bom tênis. Perder Wimbledon e o US Open foi muito difícil, pois seria cabeça de chave duas vezes, mas não pode disputá-los. Perder as oportunidades foi difícil e frustrante”, lamentou o alemão, que agora terá pela frente o japonês Yoshihito Nishioka.

Cabeça de chave 4 em Zhuhai, ele não só lamenta as chances perdidas, mas também consegue destacar o grande ano que teve em 2023. “Obviamente foi um ótimo ano até agora. Eu não poderia esperar isso, subindo tão rápido para o top 30, vindo de fora do top 150. Foi uma loucura o quão rápido foi. Foi um ano incrível”, finalizou Struff.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE