PLACAR

Stefani fica fora das duplas após lesão nas costas de Schuurs

Foto: Internationaux de Strasbourg

Paris (França) – A série de adiamentos do começo da disputa das chaves de duplas em Roland Garros não poderia ter sido pior para a paulista Luisa Stefani, que às vésperas de sua estreia na competição, marcada finalmente para esta sexta-feira, viu a parceira Demi Schuurs se lesionar e então acabou forçada a desistir do torneio.

Segundo informou a assessoria da duplista paulista, Schuurs travou as costas no treino de quinta-feira e não se recuperou para jogar no dia seguinte. Por isso, a dupla cabeça de chave número 3, formada pela brasileira e a holandesa, não vai competir no Grand Slam francês neste ano.

“Fizemos de tudo para estarmos prontas para jogar, mas infelizmente a Demi sentiu as costas no treino de ontem e não estava em condições de jogar. Muito triste, mas são coisas que acontecem”, disse Luisa.

Com isso, a carioca Ingrid Martins será a única representante brasileira na chave feminina de duplas. Luisa segue na competição nas duplas mistas, ao lado do gaúcho Rafael Matos. Sua parceira também se retirou das duplas mistas, em que jogaria ao lado do compatriota Wesley Koolhof, formando a terceira parceria mais bem cotada ao título.

Stefani e Schuurs foram substituídas na chave de duplas femininas pela japonesa Nao Hibino e pela polonesa Katarzyna Kawa, que mais tarde nesta sexta-feira enfrentarão a romena Irina-Camelia Begu e a argentina Nadia Podoroska pela primeira rodada.

12 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
o realista
o realista
12 dias atrás

Péssima parceria, além desse problema com lesão.
Melhor pedir desculpas pra Dabrowski e voltar com ela ou a Danilina.

Kario
Kario
12 dias atrás
Responder para  o realista

Ou até a Ingrid.

Fernando S P
Fernando S P
12 dias atrás
Responder para  o realista

Qual a tua explicação para ela manter um ranking tão bom em duplas por tanto tempo? Em 2018, ela atingiu o #7 e agora, em 2024, está em #12.

o realista
o realista
12 dias atrás
Responder para  Fernando S P

Sobre a holandesa, é muito difícil cair quando se tem um bom ranking pois está sempre pegando rodadas fáceis nas primeiras do chaveamento. Se lesionar e perder posições, não volta mais. Creio que figuraria em outro escalão do ranking

Bernardo Oliveira
Bernardo Oliveira
12 dias atrás
Responder para  o realista

péssima parceria que já rendeu título de WTA 1000, realmente não poderia ser pior

o realista
o realista
12 dias atrás
Responder para  Bernardo Oliveira

Aí depende de cada interpretação. A minha é que a Stefani poderia estar ganhando mais de 1 wta1000 e slams.

Bernardo Oliveira
Bernardo Oliveira
12 dias atrás
Responder para  o realista

claro, se é questão de interpretação tudo é possível, até afirmar que uma parceria que já rendeu um ATP 1000 é péssima.

Kario
Kario
12 dias atrás

Que fase….

trackback

[…] (França) – Se nas duplas femininas o Brasil sofreu um golpe duro com a desistência da paulista Luisa Stefani, por causa de uma lesão nas costas da parceria, a holandesa Demi Schuurs, na dupla masculina, a […]

Gustavo
Gustavo
12 dias atrás

Que bruxaria é essa, pelo amor, essa dupla era uma das grandes esperanças de título para o Brasil.
Sem contar que a Bia não vai jogar duplas dessa vez, não sei porque, vamos ficar sem ninguém nas duplas femininas

F.F.
F.F.
12 dias atrás

Duplas não é tênis
Segue o jogo

João Sawao ando
João Sawao ando
12 dias atrás

Não aqueceu direito a demi…

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Toda a comemoração de Alcaraz na conquista de Roland Garros

Jannik Sinner é o 29º homem a liderar o ranking profissional

PUBLICIDADE