PLACAR

Sorteio define rivais de Pigossi, Monteiro, Meligeni e Heide

Paris (França) – Os quatro brasileiros que furaram o quali de Roland Garros conheceram seus adversários na primeira rodada da chave principal nesta sexta-feira através de sorteio. A paulista Laura Pigossi foi se juntou à conterrânea Beatriz Haddad Maia na chave feminina e no masculino os paulistas Gustavo Heide e Felipe Meligeni e o cearense Thiago Monteiro estarão juntos com o paranaense Thiago Wild.

Monteiro foi o único que conseguiu escapar de um cabeça de chave na primeira rodada, medindo forças com o sérvio Miomir Kecmanovic, de 24 anos e atual 55 do mundo. Eles já se cruzaram três vezes pelo circuito profissional, o cearense perdeu os dois primeiros, no quali do Australian Open (2019) e no ATP 250 de Buenos Aires (2021), mas levou a melhor no mais recente, este ano no Masters 1000 de Roma.

Talvez o que tenha dado mais azar seja Meligeni, que fará seu primeiro jogo da carreira em Roland Garros contra o norueguês Casper Ruud, sétimo pré-classificado e vice-campeão do torneio nas duas últimas edições. Será a primeira vez que o paulista de Campinas enfrentará Ruud no circuito e apenas a segunda contra um top 10, superado em três sets pelo austríaco Dominic Thiem no Rio Open de 2020.

Heide também não terá jogo fácil pela frente e fará sua estreia em Grand Slam diante do argentino Sebastian Baez, 20º favorito na competição. O paulista de 22 anos jamais enfrentou um oponente tão bem colocado no ranking. Ele nunca encarou um top 50 e só teve quatro duelos contra top 100, perdeu os três primeiros, mas venceu o mais recente, na campanha para o título no challenger de Assunção.

Assim como Heide e Meligeni, Pigossi também vai desafiar uma rival do top 20, enfrentando a ucraniana Marta Kostyuk na primeira rodada, em duelo inédito. Enquanto a paulista vai para apenas seu terceiro jogo em Grand Slam, a atual número 20 do mundo vai para sua 17ª aparição. Ela fez quartas no Australian Open deste ano, mas em quatro aparições em Roland Garros caiu três vezes na estreia.

58 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Khalil
Khalil
21 dias atrás

Que dureza! Vai se criando um clima terrível!

Scott
Scott
20 dias atrás
Responder para  Khalil

Vai ser difícil alguém seguir. A leveza do qualy veio a contrapeso de um duro sorteio na chave principal.

Fernando S P
Fernando S P
20 dias atrás
Responder para  Scott

Todos os seis? Bia e Wild são favoritos. Monteiro é “moeda” (50% para cada). Os outros provavelmente vão perder. Uma zebraça seria capitalizar em cima do Casper Ruud que ainda está jogando na semana, o que não é o ideal para quem quer ir longe em um Grand Slam.

Em resumo, espero que dois ou três avancem para o R64.

Fernando S P
Fernando S P
20 dias atrás
Responder para  Scott

Acho que você se referiu aos quatro mencionados na matéria. Nesse caso, eu concordo.

Renato
Renato
20 dias atrás
Responder para  Khalil

Kkkkkkkkk… é desse jeito. Mas o que não falta no esporte é o “imprevisível”. Vai que…

Fabricio
Fabricio
21 dias atrás

Que azar, tinham vários nomes muito acessíveis pra enfrentar e caíram bem nos piores lugares.

Mas fazer o que, assim será! É acreditar e manter o foco, as zebras estão aí pra acontecer mesmo!

Rafaela
Rafaela
21 dias atrás
Responder para  Fabricio

Mas tiveram excelente sorte nos confrontos do quali. Não dá pra ser feliz o tempo todo. Talvez ano que vem o quali seja mais pegado…

DENNIS SILVA
DENNIS SILVA
20 dias atrás
Responder para  Rafaela

Disse tudo. Na mosca.

Haroldo Guimaraes
Haroldo Guimaraes
20 dias atrás
Responder para  Rafaela

ahhh tah eles ganharam na sorte, por causa do ranking dos tenistas…soh o Heide pegou dois cabeças de chave, o 12 e o 28, o Monteiro era cabeça 6, mas no Q2, teve que virar o jogo. O Meligeni pegou na ´´ultima que tava ganhando tudo em saibro e Pigossi nem precisa falar. Entao foi sorte………kkkkkkkkkkk,

Federer eterno GOAT
Federer eterno GOAT
21 dias atrás

Felipinho estreia “somente” contra o favoritaço do torneio… coitado

Marcos Souza
Marcos Souza
21 dias atrás
Responder para  Federer eterno GOAT

Ruud Favoritaço em um Slan?

Marcos Souza
Marcos Souza
20 dias atrás
Responder para  Marcos Souza

Poxa, mesmo nome que o meu.
Sobre o quê vc pergunta. Sim, Ruud é um dos favoritos sim.

Fernando S P
Fernando S P
20 dias atrás
Responder para  Marcos Souza

Ele não perguntou se era um dos favoritos. “Favoritaço” significa que é o principal candidato a ganhar em nossa língua materna.

Vanessa
Vanessa
20 dias atrás
Responder para  Marcos Souza

Bom, como a própria matéria disse, o Ruud foi finalista do torneio nos últimos dois anos. Além disso, seu piso favorito é o saibro, vem de uma boa temporada que antecedeu o RG. Então, sim, ele é favoritaço a levar o título com base em seu histórico.

Guilherme Alcantara
Guilherme Alcantara
21 dias atrás
Responder para  Federer eterno GOAT

Favoritaço eu não diria, mas sem dúvidas um dos. Vai brigar

Scott
Scott
20 dias atrás
Responder para  Federer eterno GOAT

Pensei nisso. Já era. Mas tem que ter ânimo, o cheque é bom. Experiência idem.

Leonel
Leonel
20 dias atrás
Responder para  Federer eterno GOAT

Acho que dá pro Felipe equilibrar. Sacar bem é o primeiro passo pra evitar ser quebrado e daí pra frente levar para o tiebreak. No Tiebreak um pouco de sorte ou um erro do favorito aí vem a surpresa. Vamos conferir.

Guilherme Alcantara
Guilherme Alcantara
21 dias atrás

Monteiro pra mim tem um leve favoritismo pelo que tem jogado. Felipe terá que fazer o jogo da vida, Ruud soh sabe jogar no saibro. E Heide, que azar, Baez eh chatissimo no saibro tbm. Porém, todos pegaram jogos interessantes, que permitem que eles joguem e que façam frente ainda. Diferente se fosse Alcaraz/Hurkacz.
Pig esquece. Valeu pelo quali

Guilherme Alcantara
Guilherme Alcantara
21 dias atrás
Responder para  Guilherme Alcantara

Acabei de conferir e Ruud vai enfrentar o Mensik e não o Meligeni. Alguém tem informações?

Guilherme Alcantara
Guilherme Alcantara
21 dias atrás
Responder para  Felipe Priante

Obrigado.
Então o Felipe realmente deu MUITO azar.

Glauco Antonio Lima
Glauco Antonio Lima
20 dias atrás
Responder para  Felipe Priante

Mas que azar do Felipe!

Blumenau
Blumenau
21 dias atrás
Responder para  Guilherme Alcantara

Espero que os profetas do caos se enganem e tenhamos pelo menos jogos disputadíssimos com possíveis vitórias brasileiras. A Pigossi pega a Marta que só joga na violência, se jogar como hoje pode se dar bem. Os demais jogaram bem e se repetirem a dose podem passar, infelizmente o Felipe vai bater de frente com um dos favoritos, mas se jogar com a cabeça e com um pouco de sorte, quem sabe? Torcendo sempre pelos brazucas.

Arajaribu
Arajaribu
21 dias atrás
Responder para  Guilherme Alcantara

Concordo plenamente! Monteiro passa, Meligeni com muita inspiração e cabeça no lugar pode passar! os demais valeu pelo quali e os “pila” na carteira…

Leonel
Leonel
20 dias atrás
Responder para  Guilherme Alcantara

Acho o Heide e a Pigossi os azarões. Tem que jogar muito e torcer por alguma lambança dos adversários mas pelo amor de Deus, se aparecerem chances , aproveitem. Meligeni pode equilibrar e surpreender. Monteiro já é vivido nesse nível. Se jogar o que jogou nos masters 1000 ele vai passar pelo sérvio. Tô ansioso pra assistir nossos atletas. Que venham logo esses jogos e por favor não caiam.nos.mesmos horários.,

Brunocc
Brunocc
21 dias atrás

O site da ATP dá a informação que Casper Ruud joga contra Jakub Mensik

Rockton
Rockton
21 dias atrás

Vixi!!!!!
Só pedreira.

NFdS
NFdS
21 dias atrás

Só bucha, meu, que coisa… Mas o Monteiro pode passar, é repetir Roma…Vamos em frente!

Marcos Antonio Vargas Pereira
Marcos Antonio Vargas Pereira
21 dias atrás

No minimo terão experiencias muito interessantes e só terão a ganhar mesmo se perderem. Tirando o Thiago que está acostumado com adversários tão duros , para os demais será uma forma a mais de aprendizado . Para terminar eles carregam consigo a experiencia de furar um quali de GS e quem sabe beliscar uma R2.

Porkuat
Porkuat
21 dias atrás

Grand Slam é isso, não tem como controlar o adversário. O que dá pra controlar é entrar em quadra e fazer o melhor possível. Por exemplo o Meligeni, pegou uma baita pedreira, mas ele tem que focar em sacar bem, usar muito bem o forehand e curtas, não baixar a intensidade e manter o mental lá em cima. Se ele fizer “””só isso”””” e ainda sim Casper ganhar, ele sai de cabeça erguida, parabeniza o adversário e segue a vida.

Geraldo
Geraldo
21 dias atrás

Uma pequena correção a Laura vai para seu terceiro jogo de GS,… Ela já esteve na chave principal de WB e AO.

Andre Borges
Andre Borges
21 dias atrás

Que m…. de sorteio pro Heide uma derrota certa num jogo que não agrega nada. Era mil vezes melhor pegar o Alcaraz

Andre Barbieri
Andre Barbieri
21 dias atrás

A sorte que sorriu tão linda no sorteio do Quali infelizmente virou as costas no sorteio da chave principal… tirando o Monteiro, é extremamente improvável algum deles vencer na R1… resta torcer por dias muito inspirados de cada um…

DENNIS SILVA
DENNIS SILVA
20 dias atrás

Só o Monteiro tem reais chances de passar. 50% de chance. O resto só uma zebra do tamanho de um elefante.

Geraldo
Geraldo
20 dias atrás

Quer jogar GS?? É isso, não tem moleza,… entrar sem pressão “com a faca nos dentes” e tentar crescer e amadurecer no tenis de alto nivel! Boa sorte a todos!

Marcos Roberto Veiga Cabral
Marcos Roberto Veiga Cabral
20 dias atrás

Coitado do iuguslavo
Deu azar no sorteio e vai ter que encarar nosso monteirao que está voando

Andressa
Andressa
20 dias atrás

boa

Marcos Roberto Veiga Cabral
Marcos Roberto Veiga Cabral
20 dias atrás

O Ruud vem de várias sequências em jogos pesados há muitos anos,
Não querendo gorar mas pode sofrer com lesões e aí nosso Felipe pode ser feliz

Marcos Roberto Veiga Cabral
Marcos Roberto Veiga Cabral
20 dias atrás

O mesmo pensamento serve pro Baez que também vem de vários torneios longos e talvez não deu o devido descanso ao seu corpo a ponto de poder jogar bem um slam

José Carlos
José Carlos
20 dias atrás

A real é que todos sabiam que seriam jogos duros, até pq se fossem favoritos teriam entrado na chave pelo ranking e não via quali. Mas estreia é um jogo atípico e zebras acontecem, basta lembrar do Wild ano passado.

scoreboard
scoreboard
20 dias atrás

realmente o MELIGENI vai ter uma missão quase impossível, é uma estreia com cara de final, mas como tudo tem a sua vantagem e desvantagem ,possivelmente terá a oportunidade de jogar na central Philippe Chatrier, e se for o caso vai servir de experiência e aprendizado ,o único que se safou de fato foi MONTEIRO quando a fase é boa até isso acontece , pegando um adversário que venceu no torneio passado , HEIDE também não será nada fácil porém pode endurecer o jogo ja que vem de uma boa fase e evoluindo no rankin,PIGOSSI com chances mínimas ….17 grand slams contra 3 sem mais …..WILD vai depender do seu estado…quando focado enfrenta qualquer jogador de igual para igual mas quando começa a se perder , fica displicente e afobado e outras coisas mais … HADDAD MAIA uma possível terceira rodada ja que até mesmo no ano passado teve a oportunidade de chagar a semi final contra a IGA …

Refaelov
Refaelov
20 dias atrás
Responder para  scoreboard

Tbm acho q o Heide tem chances se estiver num dia inspirado no saque, o argentino n supera o BR na potência..

Aryno Swionteko
Aryno Swionteko
20 dias atrás

Pior que isso só se a Pigossi pegasse a Swiontek e os meninos pegassem Alcaraz, Sinner, Djoko…

Maximo Troísi
Maximo Troísi
20 dias atrás
Responder para  Aryno Swionteko

Pois é um jogo que eu queria ver ; Pigossi x Swiatek, a baloeira sucessora da Gaby Cé, não ia ver a cor da bola, capaz até de acontecer um Golden set , igual tomou a Sara Errani, da já aposentada Yaroslava Shvedova.

Bricio Cunha Fagundes
Bricio Cunha Fagundes
20 dias atrás

Realmente duro o sorteio, mas o fato é que há a grande possibilidade de Bia e os Thiagos seguirem no torneio, o que já seria bem legal. Ficamos muito tempo dependendo de um único tenista (homem ou mulher), e às vezes até mesmo sem qualquer representante na chave de simples. Então o momento é de celebrar, e procurar ver o maior número de jogos possíveis de nossos compatriotas. Eu sigo na torcida

Refaelov
Refaelov
20 dias atrás
Responder para  Bricio Cunha Fagundes

Concordo, há quase 40 anos n tínhamos tantos representantes numa chave principal de GS, é curtir o momento e tentar ver o máximo de jogos possíveis.

Scott
Scott
20 dias atrás

Estréias impossíveis. É uma pena, pois os brasileiros se esforçaram muito no qualy. Vale a experiência e o cheque alto de um GS. Mas a verdade é que só passa 1, com muita sorte 2 pra segunda rodada.

Jorge Luiz
Jorge Luiz
20 dias atrás

Boa sorte guerreiros, sempre na torcida

Afonso Quintana
Afonso Quintana
20 dias atrás

Putz……

Renato
Renato
20 dias atrás

Só vou desanimar depois do último ponto. Esse ano só tem trazido boas surpresas com nossos tenistas. Quem tem a perder são os favoritos.

trackback

[…] principal e conquistar novos objetivos”, acrescentou a medalhista olímpica de duplas, que estreia na chave contra a ucraniana Marta Kostyuk, número 20 do […]

trackback

[…] neste ano em Barcelona, o maior de sua carreira até aqui. Vale lembrar ainda que ele será o primeiro adversário do paulista Felipe Meligeni Alves em Paris. Já Cobolli ainda segue em busca não apenas da primeira conquista como também de uma final […]

Carlos Alberto Ribeiro da Silva
Carlos Alberto Ribeiro da Silva
20 dias atrás

Em 2023, o Medvedev chegou em Roland Garros vindo do título do Master 1000 de Roma e aí o Thiago Wild, por sorteio, pegou o russo pela frente. A maioria do pessoal que comentou por aqui deu como certa a despedida do Wild na primeira rodada. E o que aconteceu? Então, acredito que o jeito é a gente torcer para que cada brasileiro e brasileira consiga jogar o seu melhor, assim cada um terá a sua chance e veremos o que vai acontecer.

Juscelino Pinho
Juscelino Pinho
20 dias atrás

Ao menos um passando pra segunda rodada, estaremos no lucro.
Complicado demais esses oponentes.

Juscelino Pinho
Juscelino Pinho
20 dias atrás

Lendo os comentários, como é interessante observar as mudanças de pensamento. Antes o Monteiro era taxado de tenista em fim de carreira. Agora, está em plena evolução. Como as coisas mudam kkkk. Parabéns, Monteiro.

PAULO CEZAR DE SOUZA
PAULO CEZAR DE SOUZA
19 dias atrás

Em Grand Slam não tem jogo fácil. É preciso dar o melhor de si.

Arthur
Arthur
19 dias atrás

Xiiii, complicou

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Toda a comemoração de Alcaraz na conquista de Roland Garros

Jannik Sinner é o 29º homem a liderar o ranking profissional

PUBLICIDADE